Bronquiolite Viral Aguda_Novos Tratamentos
42 pág.

Bronquiolite Viral Aguda_Novos Tratamentos


DisciplinaFisiologia Humana I16.058 materiais660.328 seguidores
Pré-visualização5 páginas
to 0.00, P = 0.05).
Melhora dos Escores ClMelhora dos Escores Clíínicos. nicos. 
CONCLUSÃO: Evidências sugerem que inalaCONCLUSÃO: Evidências sugerem que inalaçção com NaCl3% diminue ão com NaCl3% diminue 
significativamente o nsignificativamente o núúmero de dias internados e melhora dos Escores mero de dias internados e melhora dos Escores 
ClClíínicos de Gravidade da BVA.nicos de Gravidade da BVA.
Zhang LZhang L,, MendozaMendoza--Sassi RASassi RA,, Wainwright CWainwright C,, Klassen TPKlassen TP..
AdrenalinaAdrenalina
Apresenta propriedades alfa e beta adrenApresenta propriedades alfa e beta adrenéérgicas. O seu efeito alfa rgicas. O seu efeito alfa 
adrenadrenéérgico leva a vasoconstrirgico leva a vasoconstriçção dos vasos pulmonares e reduão dos vasos pulmonares e reduçção ão 
do edema. Este efeito tem sido postulado como possdo edema. Este efeito tem sido postulado como possíível avel açção na ão na 
bronquiolitebronquiolite.(Numa AH et al.The effect of nebulized epinephrine mechanics an.(Numa AH et al.The effect of nebulized epinephrine mechanics and gas exchange in d gas exchange in 
bronchiolitis. Am J Respir Crit Care Med200;164:86bronchiolitis. Am J Respir Crit Care Med200;164:86--91.91.
A maioria dos estudos tem mostrado que A maioria dos estudos tem mostrado que éé seguro nebulizar seguro nebulizar 
adrenalina , embora exista a descriadrenalina , embora exista a descriçção de infarto agudo do ão de infarto agudo do 
miocmiocáárdio de uma crianrdio de uma criançça recebendo repetidas doses de inalaa recebendo repetidas doses de inalaçção ão 
de adrenalina para laringitede adrenalina para laringite.(Bueet MJ et al. Pediatric myocardial infarction after racemic .(Bueet MJ et al. Pediatric myocardial infarction after racemic 
epinefhrine administration . Pediatrics 1999;104:103epinefhrine administration . Pediatrics 1999;104:103--104)104)
A revisão sistemA revisão sistemáática da literatura tem mostrado beneftica da literatura tem mostrado benefíícios na cios na 
melhora da hipoxemia de pacientes em tratamento ambulatorial, melhora da hipoxemia de pacientes em tratamento ambulatorial, 
mas pouco benefmas pouco benefíícios , em pacientes mais graves que necessitaram cios , em pacientes mais graves que necessitaram 
de internamento.de internamento.
HHáá a necessidade de mais estudos multicêntricos randomisados e a necessidade de mais estudos multicêntricos randomisados e 
controlados para determinar o real papel da adrenalina no controlados para determinar o real papel da adrenalina no 
tratamento da bronquiolite.tratamento da bronquiolite.
Como os broncodilatadores, devem ser tentados.Como os broncodilatadores, devem ser tentados.
CorticCorticóóidesides
InalatInalatóório, oral ou endovenoso tem sido tentado rio, oral ou endovenoso tem sido tentado 
no tratamento.no tratamento.
Estudos clEstudos clíínicos não têm mostrado dados que nicos não têm mostrado dados que 
sustente o seu uso no tratamento da sustente o seu uso no tratamento da 
bronquiolite. Os corticosterbronquiolite. Os corticosteróóides não tem ides não tem 
influência sobre o influência sobre o ííndice de melhora clndice de melhora clíínica, o nica, o 
retorno das alteraretorno das alteraçções funcionais pulmonares ões funcionais pulmonares 
ao normal ou mesmo sobre a freqao normal ou mesmo sobre a freqüüência de ência de 
sibilância apsibilância apóós a bronquiolite, inclusive usando s a bronquiolite, inclusive usando 
corticcorticóóide por tempo prolongadoide por tempo prolongado.( Richter H et al. .( Richter H et al. Early Early 
nebulized budesonide in the treatment of bronchiolitis and the pnebulized budesonide in the treatment of bronchiolitis and the prevention of postbronchiolitis revention of postbronchiolitis 
wheezing.J Pediatr 1998;132:849wheezing.J Pediatr 1998;132:849--853)l(Bulow SM et al. Prednisolone treatment of respiratory 853)l(Bulow SM et al. Prednisolone treatment of respiratory 
syncicial virus infection: a randomized controlled trial of 147 syncicial virus infection: a randomized controlled trial of 147 infants.Pediatrics 1999;104(6): e77) infants.Pediatrics 1999;104(6): e77) 
(Roosvelt et al. Dexametasone in bronchiolitis: a randomized con(Roosvelt et al. Dexametasone in bronchiolitis: a randomized controlled trial.Lancet 1996;348;292trolled trial.Lancet 1996;348;292--
295.295.
Entretanto nunca as evidências foram tão Entretanto nunca as evidências foram tão 
fortes contra o beneffortes contra o benefíício de usar cio de usar 
corticostercorticosteróóides por perides por perííodos curtos ou odos curtos ou 
longos.longos.
Fisioterapia RespiratFisioterapia Respiratóóriaria
AtAtéé o momento não ho momento não háá evidência de sua evidência de sua 
efetividade.efetividade.
O que sabemos O que sabemos éé que o manuseio mque o manuseio míínimo nimo 
éé importante no tratamento de pacientes importante no tratamento de pacientes 
com Bronquiolite. Como não hcom Bronquiolite. Como não háá evidência evidência 
de que a fisioterapia funcione, não deve de que a fisioterapia funcione, não deve 
fazer parte do tratamento de rotina.fazer parte do tratamento de rotina.
RibavarinaRibavarina
Revisões sistemRevisões sistemááticas têm falhado em mostrar ticas têm falhado em mostrar 
alguma melhora alguma melhora ..
( ( Randolph AG et al. Ribavarin for respiratory syncicial vRandolph AG et al. Ribavarin for respiratory syncicial víírus lower respiratory tract infection. Arch Pediatr Adolesc Med rus lower respiratory tract infection. Arch Pediatr Adolesc Med 
1996;150:9421996;150:942--947) (Smith DW et al. A controlled trial of aerolized ribavarin 947) (Smith DW et al. A controlled trial of aerolized ribavarin in infants reciving mechanical in infants reciving mechanical 
ventilation for severe respiratory syncicial virus infection. N ventilation for severe respiratory syncicial virus infection. N Engl J Med1991;325:24Engl J Med1991;325:24--29,29,
A ribavarina A ribavarina éé cara, difcara, difíícil de administrar e seu cil de administrar e seu 
uso uso éé restrito a pacientes grrestrito a pacientes graves. A ribavarina aves. A ribavarina éé
potencialmente tpotencialmente tóóxica, não sxica, não sóó para o paciente, para o paciente, 
mas tambmas tambéém para a equipe mm para a equipe méédica. dica. ÉÉ
teratogênica , e mulheres grteratogênica , e mulheres gráávidas não podem vidas não podem 
entrar em contato com pacientes recebendo a entrar em contato com pacientes recebendo a 
droga.droga.
ÉÉ um medicamento para ser usado em um medicamento para ser usado em 
pacientes com risco evidente de morte.pacientes com risco evidente de morte.
Imunoglobulinas anti VSRImunoglobulinas anti VSR
A imunoglobulina VSR A imunoglobulina VSR éé derivada de doadores adultos derivada de doadores adultos 
com altos tcom altos tíítulos anti tulos anti \u2013\u2013VSR. Apresenta baixo risco de VSR. Apresenta baixo risco de 
transmissão da doentransmissão da doençça pois a pois éé esterilizado.esterilizado.
Era usado para o tratamento e prevenEra usado para o tratamento e prevençção da doenão da doençça.a.
Não hNão háá evidências atevidências atéé o momento parao momento para o seu uso no o seu uso no 
tratamento . tratamento . 
PalivizumabPalivizumab
ÉÉ um anticorpo monoclonal humanizado produzido com um anticorpo monoclonal humanizado produzido com 
tecnologia de DNA recombinante e tem atividade similar tecnologia de DNA recombinante e tem atividade similar 
contra ambas cepas A e B do VSR. Não hcontra ambas cepas A e B do VSR. Não háá evidências evidências 
para o uso no tratamentopara o uso no tratamento agudo, mas sim na prevenagudo, mas sim na prevençção. ão. 
VentilaVentilaçção Assistidaão Assistida
CPAP tem sido usado com relativo CPAP tem sido usado com relativo 
sucessosucesso.(Soong et al. .(Soong et al. Continuous positive airway pressure by nasal prongs in bronchiolContinuous positive airway pressure by nasal prongs in bronchiolitis.Pediatric itis.Pediatric 
Pulmomol 1993;16:163Pulmomol 1993;16:163--6)6)