Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Questionario Unidade 3

Pré-visualização | Página 1 de 2

PERGUNTA 1
1. Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta.
O arquivo médico tem como finalidades coletar, armazenar, tabular e interpretar os dados obtidos no [____________]. Seu objetivo é facilitar a assistência ao paciente, promover uma comunicação efetiva entre os envolvidos na assistência, assegurar o fluxo contínuo do atendimento e dar suporte à área administrativa da instituição, nos aspectos legais e financeiros. O prontuário é [____________], ou seja, só tem um significado, uma interpretação, e único, pois serve como prova legal do ato do médico e da equipe de saúde; tem valor [____________], tanto como base legal quanto administrativo e financeiro, como auditoria, demonstrando os gastos no período de internação e/ou atendimento ao paciente.
	
	a.
	PEP; inequívoco; comprovativo.
	
	b.
	PEP; comprovativo; inequívoco.
	
	c.
	Registro; único; legal.
	
	d.
	Registro; inequívoco; comprovativo.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas.
0,25 pontos   
PERGUNTA 2
1. O Prontuário Médico é o documento único constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens registradas, geradas a partir de fatos, acontecimentos e situações sobre a saúde do paciente e a assistência a ele prestada, de caráter legal, sigiloso e científico, que possibilita a comunicação entre membros da equipe multiprofissional e a continuidade da assistência prestada ao indivíduo. Sobre a responsabilidade do Prontuário Médico, podemos afirmar que:
 
I. O PEP é um documento de grande valia para o paciente, para a instituição que o atende, para o médico, para o ensino, para pesquisas, para serviços de saúde pública, e por fim, e não menos importante, serve também como instrumento de defesa legal.
 
PORQUE
 
II. O PEP é um documento formal em que devem estar registradas todas as atividades executadas pela equipe de saúde para um determinado paciente durante a sua internação.
	
	a.
	A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
	
	b.
	As asserções I e II são proposições falsas.
	
	c.
	As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II não é uma justificativa correta da I.
	
	d.
	A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
	
	e.
	As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I.
0,25 pontos   
PERGUNTA 3
1. O Prontuário Médico é o documento único constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens registradas, geradas a partir de fatos, acontecimentos e situações sobre a saúde do paciente e a assistência a ele prestada, de caráter legal, sigiloso e científico, que possibilita a comunicação entre membros da equipe multiprofissional e a continuidade da assistência prestada ao indivíduo. Sobre a responsabilidade do Prontuário Médico, podemos afirmar que:
 
I. As facilidades proporcionadas pelo PEP incluem o entendimento da história clínica, terapêutica e evolução do paciente, no fornecimento de atestados, na confecção de relatórios e como insumo para pesquisas científicas.
 
PORQUE
 
II. Os dados do PEP são inseridos de forma a reunir as informações e fundi-las num todo coerente dos problemas atuais e/ou passados, são registrados em qualquer ordem e com o menor grau possível de abstenção. Devem ser registradas as informações obtidas do paciente, dos familiares e dos setores envolvidos.
	
	a.
	A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
	
	b.
	As asserções I e II são proposições falsas.
	
	c.
	As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II não é uma justificativa correta da I.
	
	d.
	A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
	
	e.
	As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I.
0,25 pontos   
PERGUNTA 4
1. Sobre os benefícios do PEP – Prontuário Eletrônico do Paciente, podemos afirmar que:
 
I. Apresenta diversas limitações, sendo ineficiente para o armazenamento e organização de grande volume de dados.
II. A informação do PEP está disponível somente a um profissional ao mesmo tempo, possui baixa mobilidade e está sujeito à ilegibilidade, ambiguidade, perda frequente da informação, multiplicidade de pastas, dificuldade de pesquisa coletiva, falta de padronização, dificuldade de acesso, fragilidade do papel e a sua guarda requer amplos espaços nos serviços de arquivamento.
III. Os dados são armazenados com maior legibilidade, acurácia e exatidão.
IV. O PEP é mais seguro, as informações podem ser compartilhadas automaticamente com outros profissionais e instituições que estão cuidando do paciente, possibilitando dessa forma a continuidade da atenção integral à saúde.
 
Assinale a única alternativa correta:
	
	a.
	Todas as afirmativas estão corretas.
	
	b.
	Somente as afirmativas I e III são corretas.
	
	c.
	Somente as afirmativas II e IV são corretas.
	
	d.
	Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
	
	e.
	Somente as afirmativas III e IV são corretas.
0,25 pontos   
PERGUNTA 5
1. O Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Sociedade Brasileira de Informática na Saúde (SBIS) estabeleceram um convênio desde 2002 com o intuito de criar um processo de certificação de sistemas de registro de saúde no sentido de estabelecer requisitos obrigatórios, acompanhar a legislação federal no tocante a documentos eletrônicos e reforçar a obrigatoriedade do uso de certificação digital para a validade ética e jurídica de um PEP. O embasamento legal se deu pela Resolução CFM n. 1.821/2007. Cabe aqui ressaltar a importância da Resolução 1.821/2007 e citar alguns aspectos pertinentes aos procedimentos e preceitos quanto à digitalização e uso de sistemas informatizados na área da saúde. Esta Resolução considera:
 
I. Que o médico tem o dever de elaborar um prontuário para cada paciente que assiste.
II. Que o prontuário e seus respectivos dados pertencem ao paciente e devem estar permanentemente disponíveis, de modo que, quando solicitado por ele ou seu representante legal, permita o fornecimento de cópias autênticas das informações pertinentes.
III. Que o Conselho Federal de Medicina (CFM) é a autoridade certificadora dos médicos do Brasil (AC) e distribuirá o CRM-Digital aos médicos interessados, que será um certificado padrão ICP-Brasil.
IV. Que o prontuário do paciente, em qualquer meio de armazenamento, é propriedade física da instituição onde o mesmo é assistido – independentemente de ser unidade de saúde ou consultório –, a quem cabe o dever da guarda do documento.
 
Assinale a única alternativa correta:
	
	a.
	Todas as afirmativas estão corretas.
	
	b.
	Somente as afirmativas I e III são corretas.
	
	c.
	Somente as afirmativas II e IV são corretas.
	
	d.
	Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
	
	e.
	Somente as afirmativas III e IV são corretas.
0,25 pontos   
PERGUNTA 6
1. A digitalização do prontuário em papel não é um PEP, o formato em papel pode e deve ser digitalizado e armazenado em um sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED), que permite indexar e armazenar os prontuários no sentido de facilitar o manuseio, acesso e dispor o formulário em papel. Para que um prontuário eletrônico tenha validade, é obrigatório o uso de certificação digital para a assinatura dos documentos. O uso de certificado digital tem incentivo do governo, como exemplo, nota fiscal eletrônica, o imposto de renda de pessoa jurídica, o setor bancário, entre outros. Podemos afirmar que:
 
I. A finalidade do certificado digital, entre outras, é a de garantir a comunicação segura entre dois sistemas, criptografar o acesso a diversos documentos digitais e comprovar o emitente e o receptor da mensagem na transmissão de documentos.
PORQUE
II. Diversas técnicas são empregadas na garantia para que o documento eletrônico que aplica a certificação seja totalmente seguro. O certificado digital funciona como uma identidade virtual que permite a identificação segura e inequívoca do autor de uma mensagem ou transação feita em meios eletrônicos.
	
	a.
	A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
Página12