analise critica Jana e Roberto
3 pág.

analise critica Jana e Roberto

Disciplina:Operações Unitárias Farmacêuticas116 materiais440 seguidores
Pré-visualização1 página
Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Faculdade de Farmácia

Operações Unitárias Farmacêuticas

Análise Crítica

Janaína Lucas de Oliveira Salomón
Roberto Minozzo

Porto Alegre, julho de 2011.
( Título do artigo
A IMPORTÂNCIA DO APROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS DA

SEMENTE DE Citrus

( Autores
NUNES, P.M.P1; SMOLAREK, F.S.F1; KAMINSKI, G.A.T.2; FIN, M. T.2

ZANIN, S. M.W.3; MIGUEL, M. D.3; MIGUEL, O.G.3.

-Mestranda em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Paraná

2-Acadêmicos do curso de farmácia da Universidade Federal do Paraná

3-Docentes do curso de Farmácia da Universidade Federal do Paraná

1

( Periódico
Visão Acadêmica, Curitiba, v.10, n.1, Jan. - Jun./2009

( Assunto
Reaproveitamento de subprodutos obtidos da extração de frutas cítricas, como semente, casca e polpa.

( Palavras-chave

Citrus, resíduos, produção.

( Análise crítica:

Operação 1: Lavagem (se supõem)
- O artigo não comenta sobre o início da obtenção das sementes e cascas, que tipo de operações ultilizam para obter o óleo.

- Lavagem de resíduos (sementes, casca e polpa) retirar as impurezas que possam interferir no processo de extração,como resíduos de polpa da fruta.

- Equipamento:

*Fonte de água corrente.

Operação 2: Secagem
- Retirada a umidade do material vegetal, retirar o líquido do sólido.
- Equipamento: Estufa ordinária de recirculação como opção
* Para esta operação poderia ser utilizada estufa ordinária de recirculação para que se tenha um controle da temperatura, a qual deve ser mais amena (35 - 40ºC). Além disso, este equipamento proporciona economia de energia devido a recirculação.
- Parâmetros: temperatura, área superficial, tempo, teor de umidade.

Operação 3 - 1: Prensagem
- Compactação da matéria prima.
- Equipamento: Prensa de pratos como opção
- O artigo não especifica o equipamento, mas a mais adequada seria a Prensa de Pratos. Por ser industrial, e o volume da torta ser em grande quantidade, esse seria o equipamento mais adequado, por que controla a temperatura e do tempo de prensagem;
- Na prensagem há um menor rendimento.
-Parâmetros: pressão, tipo de material, constituintes da prensa, velocidade dos rolos, viscosidade do liquido, temperatura, volume da torta, densidade do líquido no sistema, volume específico no sistema baseado no teor de sólidos, material de fabricação do equipamento deve ser compatível com a substância a processar.
Operação 3 - 2: Extração

- Equipamento: soxhlet com solvente hexano
- Justificativa: para extração do óleo de sementes
- Critério de escolha do equipamento: quantidade reduzida de solvente e esgotamento da matéria-prima. A operação sugerida pelo artigo está correta. O artigo citou a justificativa da operação e o equipamento usado. Não foram mencionados o tempo de extração e a temperatura mas supõe-se que o tempo necessário é até o esgotamento da matéria-prima. O óleo extraído neste equipamento apresentou compostos voláteis tais como terpenos e álcoois graxos, ésteres e aldeídos.
- Há um maior rendimento na extração.
- Parâmetros: tempo necessário para executar a operação, temperatura e agitação.

Operação 3 - 3: Extração

- Equipamento: Equipamento: fluído supercrítico (dióxido de carbono)

- Justificativa: para extração do óleo de sementes
- Critério de escolha do equipamento: alto rendimento agregado à técnica, favorável ambientalmente e pureza do produto obtido

- Parâmetros: pressão, temperatura empregada, tamanho e formato das partículas de semente.

.

( Bibliografia

PONTE, C.I.R.V. Operações Unitárias Farmacêuticas. Porto Alegre, UFRGS, 2011.

LACHMAN, L. et al. Teoria e Prática na Indústria Farmacêutica. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2001, v.I e II.

PRISTA, L.N.; ALVES, A.C.; MORGADO, R. Tecnologia Farmacêutica, 4 ed. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1995, v.1.