Topografia  UTM
55 pág.

Topografia UTM


DisciplinaTopografia I8.168 materiais179.827 seguidores
Pré-visualização3 páginas
GeomGeomááticatica Aplicada Aplicada àà Engenharia CivilEngenharia Civil
FundamentosFundamentos TeTeóóricosricos e e PrPrááticosticos
Cartografia BCartografia Báásica sica 
Prof. Rodolfo Moreira de Castro JuniorProf. Rodolfo Moreira de Castro Junior
DIFERENDIFERENÇÇAS ENTRE PANTAAS ENTRE PANTA, CARTA E MAPA, CARTA E MAPA
1 1 -- IntroduIntroduççãoão
Carta: é a representação dos aspectos naturais e artificiais da 
Terra, destinada a fins práticos da atividade humana, permitindo a 
avaliação de distâncias, direções e a localização geográfica de 
pontos, áreas e detalhes. Escalas 1:10.000 (exclusive) até
1:1.000.000
Mapa: é a representação da Terra nos seus aspectos geográficos 
naturais ou artificiais que se destina a fins culturais ou ilustrativos. 
Escalas 1:10.000.000 ou menores.
Planta: é uma carta regular representando uma superfície de 
extensão suficientemente restrita para que sua curvatura possa 
ser desprezada e que, por isso, a escala possa ser considerada 
como constante. Escalas 1:10.000 ou maiores
Áreas Afins
Geodésia: estuda a forma, as dimensões e o campo de gravidade da Terra, 
estabelecendo referenciais adequados e contribuindo para a elaboração de 
mapas.
Topografia: ciência aplicada que determina a forma, dimensão e 
posicionamento de uma porção limitada da Terra.
Aerofotogrametria: tem por finalidade determinar as características e 
dimensões de um dado objeto através de fotografias aéreas. 
1 1 -- IntroduIntroduççãoão
Importância
Base Cartográfica: contém as 
características topográficas 
básicas de uma região: 
hidrografia, planimetria (sistema 
viário e localidades, altimetria
(curvas de nível e formas de 
relevo) e vegetação)
1 1 -- IntroduIntroduççãoão
Base Cartográfica (Plani-Altimétrica)
1 1 -- IntroduIntroduççãoão
Levantamentos Efetuados em Cartografia
\u2022 Conjunto de operações destinado à execução de medições 
necessárias à descrição da superfície terrestre e suas múltiplas 
características, incluindo a determinação da forma e dimensões do 
planeta e a obtenção da Base Cartográfica.
\u2022 Métodos de Levantamentos Cartográficos:
\u2013 Levantamentos Terrestres
\u2022 Geodésico
\u2022 Topográfico
\u2022 Cadastral
\u2013 Aerolevantamentos
\u2013 Sensoriamento Remoto Orbital
\u2013 Posicionamento Tridimensional por GPS
\u2013 Digitalização
2 2 \u2013\u2013 RepresentaRepresentaçção da Terraão da Terra
Levantamentos Geodésicos
\u2022 Posicionar geodesicamente um ponto é atribuir coordenadas num dado 
referencial, para que sua posição seja definida univocamente. 
\u2022 Métodos:
\u2013 Levantamento Planimétrico
\u2022 Triangulação
\u2022 Trilateração
\u2022 Poligonação
\u2013 Levantamento Altimétrico
\u2022 Nivelamento Geométrico
\u2022 Nivelamento Trigonométrico
\u2022 Nivelamento Barométrico
\u2013 Levantamento Gravimétrico
2 2 \u2013\u2013 RepresentaRepresentaçção da Terraão da Terra
Finalidade
Necessário para expressar a posição de pontos da superfície 
terrestre sobre outra superfície (elipsóide, esfera ou um plano);
Usado na descrição da origem, do sistema de projeção e das 
unidades de medidas que estão sendo usadas no mapa;
Descreve como a Terra é projetada para o plano e converte para 
um sistema de coordenadas cartesiano X e Y.
Arcabouço de Referência
Linha do Equador: 
hemisfério norte e sul
Meridiano Principal
(Greenwich): hemisfério 
ocidental e oriental
Sistema de Coordenadas Geodésicas
Meridiano: círculos máximos que cortam a Terra em duas 
partes iguais de pólo a pólo. Todos os meridianos se cruzam 
entre si, em ambos os pólos. O meridiano de origem é o de 
Greenwich (0°).
Paralelo: círculos que cruzam os meridianos perpendicularmente, 
isto é, em ângulos retos. Apenas um é um círculo máximo, o 
Equador (0°). Os outros, tanto no hemisfério Norte quanto no 
hemisfério Sul, vão diminuindo de tamanho à proporção que se 
afastam do Equador, até se transformarem em cada pólo, num 
ponto (90°).
3 3 \u2013\u2013 Sistemas de CoordenadasSistemas de Coordenadas
Coordenadas de Um Ponto
Latitude Geográfica (\u3d5): é o arco 
contado sobre o meridiano do 
lugar e que vai do Equador até
um ponto considerado na 
superfície da Terra, unido 
perpendicular ao centro do 
Planeta.
Longitude Geográfica (\u3bb): é o 
arco contado sobre o Equador e 
que vai de Greenwich até o 
Meridiano do referido lugar. 
Negativa.
3 3 \u2013\u2013 Sistemas de CoordenadasSistemas de Coordenadas
Variação da Latitude Geográfica (\u3d5): 
\u2022 Latitude Norte ou Positiva: 0°à 90° N 
ou 0°à + 90°
\u2022 Latitude Sul ou Negativa: 0° à 90° S 
ou 0° à \u2013 90°
Variação da Longitude Geográfica (\u3bb):
\u2022 Longitude Oeste de Greenwich 
(negativa): 0° à 180° W Gr. ou 0° à \u2013
180°;
\u2022 Longitude Este de Greenwich (positiva): 
0° à 180° E Gr. ou 0° à + 180°.
3 3 \u2013\u2013 Sistemas de CoordenadasSistemas de Coordenadas
3 3 \u2013\u2013 Sistemas de CoordenadasSistemas de Coordenadas
\u2022 Elementos representados em uma carta/mapa:
\u2013 NATURAIS: elementos existentes na natureza como os rios, mares, lagos, 
montanhas, serras, etc.
\u2013 ARTIFICIAIS: elementos criados pelo homem como represas, estradas, pontes, 
edificações, etc.
Problemas inerentes à representação cartográfica:
(1°) Redução das proporções dos elementos à representar (ESCALA) . 
(2°) Determinados acidentes, dependendo da escala, não permitem uma redução 
acentuada, pois tomar-se-iam imperceptíveis. A solução é a utilização de 
SÍMBOLOS CARTOGRÁFICOS.
Escala
1 1 -- IntroduIntroduççãoão
\u2022 Tipos de Escala:
\u2013 Escala Gráfica
\u2013 Escala nominal ou equivalente
\u2013 Escala Numérica
1 1 -- IntroduIntroduççãoão
Conceito de Escala: relação ou proporção existente entre as distâncias 
lineares ou as medidas de um objeto existentes em um mapa (d), e aquelas 
representadas no terreno, ou seja, na superfície real (D), respectivamente.
E = d/DE = d/D
Precisão Gráfica: É a menor grandeza medida no terreno, capaz de ser 
representada em desenho na mencionada Escala.
Menor comprimento gráfico que se pode representar em um desenho: ~ 0,2 mm (erro 
admissível) 
Escolha da escala: função dos objetivos e do graus necessários para 
representar a informação espacial sob estudo. 
Escala Gráfica
Escala Nominal 
ou Equivalente
Escala Numérica
1 1 -- IntroduIntroduççãoão
Conceito
¾Projeção Cartográfica: designa o processo de 
transformar porções da superfície da Terra para 
que sejam representadas em uma superfície 
plana mantendo as relações espaciais. Este 
processo é obtido pelo uso de Geometria e, mais 
comumente, por meio de Funções Matemáticas. 
Para se obter essa correspondência são usados os 
Sistemas de Projeções Cartográficas.
Propriedades de uma carta/mapa ideal
ManutenManutençção da verdadeira forma das ão da verdadeira forma das ááreas reas 
(conformidade).(conformidade).
Inalterabilidade das Inalterabilidade das ááreas (equivalência).reas (equivalência).
Constância das relaConstância das relaçções entre as distâncias dos ões entre as distâncias dos 
pontos representados e as distâncias dos seus pontos representados e as distâncias dos seus 
correspondentes (eqcorrespondentes (eqüüidistância).idistância).
4 4 \u2013\u2013 ProjeProjeçção Cartogrão Cartográáficafica
4 4 \u2013\u2013 ProjeProjeçção Cartogrão Cartográáficafica
Conformidade
Equivalência
Equidistância
Mutuamente
Excludentes
Fórmula
de
Projeção
Tipos de ProjeTipos de Projeççõesões
Podem ser classificadas em função dos seguintes parâmetros:
Tipo de superfTipo de superfíície de projecie de projeççãoão
Quanto Quanto àà PosiPosiçção da Superfão da Superfíícies de Projecies de Projeççãoão
Contato entre as SuperfContato entre as Superfíícies de Projecies de Projeçção e Representaão e Representaççãoão
Propriedades/feiPropriedades/feiçções preservadas no processo de projeões preservadas no processo de projeççãoão
4 4 \u2013\u2013 ProjeProjeçção Cartogrão Cartográáficafica
Quanto ao tipo de superfQuanto ao tipo de superfíície de projecie de projeççãoão
Projeção Plana
Projeção Cônica
Projeção Cilíndrica
Projeções Poli-superficiais caracterizam pelo emprego de duas ou mais 
superfícies de projeção (do mesmo tipo) que, reunidas, formam um 
poliedro e servem para aumentar o contato com a superfície de 
referência