Criação Banco em Unix
62 pág.

Criação Banco em Unix

Disciplina:Bancos de Dados para Redes81 materiais667 seguidores
Pré-visualização1 página
Instalação do Oracle 9i no Red Hat Linux Advanced Server 2.1

by: Giroto
giroto@uol.com.br

Sobre o autor:
Marco Leandro Mendonça GIROTO, usuário LINUX desde 1997, tendo como principais distribuições, SlackWare (Desktop da empresa), FreeBSD (em casa), Red Hat Enterprise Server (Servidores da Empresa), Red Hat Linux e SlackWare (Clientes).
Administrador de Sistemas Linux/UNIX na Petrobrás, System/Network/Security Consulting pela ForX Security – Open Source Solutions, atualmente residente em São Paulo Capital, certificado pela Red Hat (RHCE – Red Hat Certified Engineer).
Esse artigo tem como função principal, mostrar um “step-by-step” da instalação do Oracle 9i em plataforma Linux.
A configuração do sistema para uma melhor performance do Linux com o Oracle vem de testes feitos pela própria Oracle e Red Hat em conjunto para a homologação do produto Oracle para a plataforma Red Hat Advanced Server 2.1.
O sistema operacional usado foi o Red Hat Linux Advanced Server 2.1 for Itanium-2 64 bits e Oracle 9i for Itanium-2 (IA64).
Nada impede dessa instalação ocorrer em outra distribuição Linux.
O procedimento de instalação do Oracle e do Patch do Oracle requer Interface Gráfica, como se trata de um servidor Oracle, com certeza temos processamento e memória suficiente para a instalação do Linux com interface gráfica.

Durante a instalação, criar uma partição /oracle com tamanho suficiente para a base de dados que você irá precisar.

Configuração do sistema para instalação do Oracle9i:

Criar um diretório para o oracle:

# mkdir /usr/local/app/
# mkdir /usr/local/app/oracle

Criar um grupo ao qual o usuário oracle irá pertencer:

# groupadd dba

Criar um usuário oracle apontando para o diretório dele:

# adduser -d /usr/local/app/oracle -g dba oracle

Definir uma senha:

# passwd oracle
New Password: *******
Re-type New Password: ********

Mudar o dono e grupo do diretório oracle para o mesmo:

# chown -R oracle.dba /usr/local/app/oracle

Mudar configurações do Kernel para uma melhor performance com o Banco de Dados:

#vi /etc/sysctl.conf

# Configuração de otimização para o Oracle
kernel.sem = 100 32000 100 100
kernel.shmmax = 4294967295

kernel.shmmi = 4096
kernel.shmall = 2097152
fs.file-max = 65536
net.ipv4.ip_local_port_range = 1024 65000

Na linha de comando:

#ulimit -n 65536
#ulimit -u 16384

# vi /etc/rc.d/rc.local

ulimit -n 65536
ulimit -u 16384

Dentro do diretório do oracle, /usr/local/app/oracle, renomear o arquivo “.bash_profile” para “.profile” e edita-lo da seguinte maneira:

Ps: Essas configurações foram feitas de acordo com o servidor em questão, ou seja, são configurações que podem ser mudadas de acordo com o que o DBA Oracle escolher.

#.bash_profile

# Get the aliases and functions
if [ -f ~/.bashrc ]; then
. ~/.bashrc
fi

# User specific environment and startup programs

PATH=$PATH:$HOME/bin

#export PATH
unset USERNAME

# Configuracoes especificas p/ Oracle
ORACLE_HOME=/usr/local/app/oracle/product/9.2.0
ORACLE_BASE=/usr/local/app/oracle
# ORACLE_SID=B348T
BASE_ORA_MOUNT_POINT1=/oracle/orad01
BASE_ORA_MOUNT_POINT2=/oracle/orad02
BASE_ORA_USUARIO=BASE
NLS_LANG=AMERICAN_AMERICA.WE8ISO8859P1
ORACLE_LIB=$ORACLE_HOME/lib

LIBPATH=$ORACLE_HOME/lib:/usr/dt/lib
PATH=$PATH:$ORACLE_HOME/bin
# DISPLAY=10.142.1.2:0.0
#DISPLAY=`who am i|sed -n -e 's/.*(//; s/)$//p'`:0.0
#echo $DISPLAY

export PATH ORACLE_HOME DISPLAY ORACLE_BASE ORACLE_SID NLS_LANG LIBPATH ORACLE_LIB BASE_ORA_MOUNT_POINT1 BASE_ORA_MOUNT_POINT2 BASE_ORA_USUARIO

Criar um diretório java dentro de /usr/local:

# mkdir /usr/local/java

Dentro desse diretório irá ficar o j2sdk-1_4_1-linux-ia64.bin que pode ser obtido no site da Sun, www.sun.com de acordo com a sua plataforma.

# cd /usr/local/java

#./j2sdk-1_4_1-linux-ia64.bin

Instalação do Oracle 9i (Graficamente):

Logar como usuário oracle:

Login: oracle
Password: *******

Subir a interface gráfica:

# startx

Após aberto o gráfico, fazer os seguintes passos:

1. Abrir o emulador de Terminal;
2. Ir para o diretório /tmp (cd /tmp);
3. Colocar o CD 01 do Oracle for Linux no drive de CD-

ROM;
Montar o CD-ROM (mount /dev/cdrom);

5. Executar a instalação do oracle a partir do /tmp/ (/mnt/cdrom/runInstaler);

A instalação terá inicio e basta seguir a instalação conforme as telas a seguir:

Abrir um terminal e executar como ROOT o script acima, de dentro do diretório /tmp, então ficaria, “/tmp/orainstRoot.sh”.

Executar novamente como ROOT o script acima.

Instalação do Patch Set Version 9.2.0.4.0 for Linux IA64

Localização do Patch:
Site da Oracle.

A aplicação deste patch exige o Oracle Universal Installer release 2.2.0.18.0. Esta versão do Installer está embutida no patch acima. Por isso, antes de aplicar o patch é necessário atualizar a versão do Installer, conforme segue:

unzip p3095277_9204_Linux-IA64.zip.
cpio –idmv < 9204_lnxia64_release.cpio.
Caso haja instance criada, verificar a documentação de aplicação do patch para os procedimentos que deverão ser executados sobre as instances.
Criar o seguinte link:
cd $ORACLE_BASE/oui/bin/linux
ln –s libclntsh.so.9 libclntsh.so
Inicializar o Installer da untarred area do patch set, como /Disk1/runInstaller.

Atualização do Oracle Universal Installer:

1. Na tela abaixo, clicar Next.
�

�

Clicar Exit

Atualização da versão do produto Oracle

Inicializar o Installer novamente. Desta vez, utilizar o Installer que foi atualizado, ou seja, não o do /Disk1.

�

�

�

Feito isso, jogue na mão do DBA Oracle para criar o banco e administra-lo.
Ps: Ele não precisa da conta de root, apenas da conta de Oracle.
Pág. � PAGE �1��/ // NUMPAGES �64�