Criação Banco em Unix
62 pág.

Criação Banco em Unix


DisciplinaBancos de Dados para Redes90 materiais676 seguidores
Pré-visualização1 página
Instalação do Oracle 9i no Red Hat Linux Advanced Server 2.1
by: Giroto
giroto@uol.com.br
Sobre o autor:
Marco Leandro Mendonça GIROTO, usuário LINUX desde 1997, tendo como principais distribuições, SlackWare (Desktop da empresa), FreeBSD (em casa), Red Hat Enterprise Server (Servidores da Empresa), Red Hat Linux e SlackWare (Clientes).
Administrador de Sistemas Linux/UNIX na Petrobrás, System/Network/Security Consulting pela ForX Security \u2013 Open Source Solutions, atualmente residente em São Paulo Capital, certificado pela Red Hat (RHCE \u2013 Red Hat Certified Engineer).
Esse artigo tem como função principal, mostrar um \u201cstep-by-step\u201d da instalação do Oracle 9i em plataforma Linux.
A configuração do sistema para uma melhor performance do Linux com o Oracle vem de testes feitos pela própria Oracle e Red Hat em conjunto para a homologação do produto Oracle para a plataforma Red Hat Advanced Server 2.1.
O sistema operacional usado foi o Red Hat Linux Advanced Server 2.1 for Itanium-2 64 bits e Oracle 9i for Itanium-2 (IA64).
Nada impede dessa instalação ocorrer em outra distribuição Linux.
O procedimento de instalação do Oracle e do Patch do Oracle requer Interface Gráfica, como se trata de um servidor Oracle, com certeza temos processamento e memória suficiente para a instalação do Linux com interface gráfica.
Durante a instalação, criar uma partição /oracle com tamanho suficiente para a base de dados que você irá precisar.
Configuração do sistema para instalação do Oracle9i:
Criar um diretório para o oracle:
# mkdir /usr/local/app/
# mkdir /usr/local/app/oracle
Criar um grupo ao qual o usuário oracle irá pertencer:
# groupadd dba
Criar um usuário oracle apontando para o diretório dele:
# adduser -d /usr/local/app/oracle -g dba oracle
Definir uma senha:
# passwd oracle
New Password: *******
Re-type New Password: ********
Mudar o dono e grupo do diretório oracle para o mesmo:
# chown -R oracle.dba /usr/local/app/oracle
Mudar configurações do Kernel para uma melhor performance com o Banco de Dados:
#vi /etc/sysctl.conf
# Configuração de otimização para o Oracle
kernel.sem = 100 32000 100 100
kernel.shmmax = 4294967295
kernel.shmmi = 4096
kernel.shmall = 2097152
fs.file-max = 65536
net.ipv4.ip_local_port_range = 1024 65000
Na linha de comando:
#ulimit -n 65536
#ulimit -u 16384
# vi /etc/rc.d/rc.local
ulimit -n 65536
ulimit -u 16384
Dentro do diretório do oracle, /usr/local/app/oracle, renomear o arquivo \u201c.bash_profile\u201d para \u201c.profile\u201d e edita-lo da seguinte maneira:
Ps: Essas configurações foram feitas de acordo com o servidor em questão, ou seja, são configurações que podem ser mudadas de acordo com o que o DBA Oracle escolher.
#.bash_profile
# Get the aliases and functions
if [ -f ~/.bashrc ]; then
. ~/.bashrc
fi
# User specific environment and startup programs
PATH=$PATH:$HOME/bin
#export PATH
unset USERNAME
# Configuracoes especificas p/ Oracle
ORACLE_HOME=/usr/local/app/oracle/product/9.2.0
ORACLE_BASE=/usr/local/app/oracle
# ORACLE_SID=B348T
BASE_ORA_MOUNT_POINT1=/oracle/orad01
BASE_ORA_MOUNT_POINT2=/oracle/orad02
BASE_ORA_USUARIO=BASE
NLS_LANG=AMERICAN_AMERICA.WE8ISO8859P1
ORACLE_LIB=$ORACLE_HOME/lib
LIBPATH=$ORACLE_HOME/lib:/usr/dt/lib
PATH=$PATH:$ORACLE_HOME/bin
# DISPLAY=10.142.1.2:0.0
#DISPLAY=`who am i|sed -n -e 's/.*(//; s/)$//p'`:0.0
#echo $DISPLAY
export PATH ORACLE_HOME DISPLAY ORACLE_BASE ORACLE_SID NLS_LANG LIBPATH ORACLE_LIB BASE_ORA_MOUNT_POINT1 BASE_ORA_MOUNT_POINT2 BASE_ORA_USUARIO
Criar um diretório java dentro de /usr/local:
# mkdir /usr/local/java
Dentro desse diretório irá ficar o j2sdk-1_4_1-linux-ia64.bin que pode ser obtido no site da Sun, www.sun.com de acordo com a sua plataforma.
# cd /usr/local/java
#./j2sdk-1_4_1-linux-ia64.bin
Instalação do Oracle 9i (Graficamente):
Logar como usuário oracle:
Login: oracle
Password: *******
Subir a interface gráfica:
# startx
Após aberto o gráfico, fazer os seguintes passos:
1. Abrir o emulador de Terminal;
2. Ir para o diretório /tmp (cd /tmp);
3. Colocar o CD 01 do Oracle for Linux no drive de CD-
ROM;
Montar o CD-ROM (mount /dev/cdrom);
5. Executar a instalação do oracle a partir do /tmp/ (/mnt/cdrom/runInstaler);
A instalação terá inicio e basta seguir a instalação conforme as telas a seguir:
Abrir um terminal e executar como ROOT o script acima, de dentro do diretório /tmp, então ficaria, \u201c/tmp/orainstRoot.sh\u201d.
Executar novamente como ROOT o script acima.
Instalação do Patch Set Version 9.2.0.4.0 for Linux IA64
Localização do Patch:
Site da Oracle.
A aplicação deste patch exige o Oracle Universal Installer release 2.2.0.18.0. Esta versão do Installer está embutida no patch acima. Por isso, antes de aplicar o patch é necessário atualizar a versão do Installer, conforme segue:
unzip p3095277_9204_Linux-IA64.zip.
cpio \u2013idmv < 9204_lnxia64_release.cpio.
Caso haja instance criada, verificar a documentação de aplicação do patch para os procedimentos que deverão ser executados sobre as instances.
Criar o seguinte link:
cd $ORACLE_BASE/oui/bin/linux
ln \u2013s libclntsh.so.9 libclntsh.so
Inicializar o Installer da untarred area do patch set, como /Disk1/runInstaller.
Atualização do Oracle Universal Installer:
1. Na tela abaixo, clicar Next.
\ufffd
\ufffd
Clicar Exit
Atualização da versão do produto Oracle
Inicializar o Installer novamente. Desta vez, utilizar o Installer que foi atualizado, ou seja, não o do /Disk1.
\ufffd
\ufffd
\ufffd
Feito isso, jogue na mão do DBA Oracle para criar o banco e administra-lo.
Ps: Ele não precisa da conta de root, apenas da conta de Oracle.
Pág. \ufffd PAGE \ufffd1\ufffd\ufffd/ // NUMPAGES \ufffd64\ufffd