2517_redes_wireless
63 pág.

2517_redes_wireless

Disciplina:Redes sem Fio510 materiais19.208 seguidores
Pré-visualização27 páginas
7. Realize a sondagem em um programa de configuração ou um programa de status no notebook. O programa deverá

relatar uma associação de sinal entre o nó da rede e o ponto de acesso, bem como a força e qualidade do sinal.
8. Alguns programas de configuração medem a qualidade do sinal somente quando uma transferência de arquivo está

em progresso. Nesse caso, tente abrir algum arquivo da rede.
9. Anote a força e a qualidade do sinal, e a velocidade do link para o local atual no seu formulário de sondagem. Se

você não estiver usando uma ferramenta de sondagem de local, seu display poderá não informar a velocidade do
link.

10. Com o programa de status ou de configuração sendo executado, movimente-se para o próximo local da sua lista. Se
necessário, atualize (refresh) sua tela para obter novas leituras. Anote a força, a qualidade e a velocidade do link no
formulário.

11. Repita o processo para cada local da sua lista.

Não se surpreenda se você descobrir um ou mais pontos mortes inesperados onde a força ou qualidade do sinal cai
abaixo de um nível aproveitável. Isso pode ocorrer devido a algum tipo de obstrução (como um arquivo metálico) entre
o ponto de acesso e a unidade portátil, ou devido a alguma fonte de interferência local. Esse é um dos motivos pelos
quais se está fazendo a sondagem no local. Se você encontrar muitos pontos mortos, ou se algum deles estiver em local
crítico. tente mover o ponto de acesso.

Se a qualidade do sinal não for aceitável para a maior parte da área que se deseja cobrir, tente mover o ponto de acesso
para um local diferente, ou se o ponto de acesso tiver uma antena externa, tente mover a antena. Repita a sondagem com
o ponto de acesso no novo local.

Problemas de interferência

Se ninguém estiver usando uma WLAN ou outro dispositivo de 2.4 GHz a, aproximadamente, 800 metros de distância,
você não precisará se preocupar com interferência na rede. Isso está se tornando pouco provável a cada dia. Outros
serviços de rede, junto com os telefones sem fio, fornos de microondas, sistemas de iluminação externa e brinquedos
controlados por rádio, usam o mesmo conjunto de frequências.

O tipo de modulação de rádio usado pelas WLANs supostamente supera a interferência de todos aqueles serviços. Isso
na teoria. Na prática, entretanto, os receptores, nos seus pontos de acesso e adaptadores de redes, podem sintonizar com
o canal que supostamente contém um sinal Wi-Fi adequado.

Se existir muita interferência de rádio ao seu redor, você provavelmente descobrirá isso durante a sondagem do local.

Você pode fazer duas tentativas para reduzir ou eliminar a interferência: remover a fonte de interferência ou mover a
rede para um canal diferente. A alteração dos canais geralmente é a mais fácil, mas nem sempre é eficiente, pois a fonte
de interferência pode ser uma frequência de rádio que salta através da banda de 2.4 GHz.

REDES DE COMPUTADORES
Redes Wireless

Reginaldo Ferreira, Antonio Carlos, e Sergio.

Uniron - Wireless.doc Página : 29

Para tentar eliminar a interferência siga os seguintes passos, na ordem:
1. Mova para um canal diferente pelo menos cinco números distante daquele no qual se encontrou o problema.
2. Tente descobrir se existe um telefone sem fio, um forno de microondas ou algum outro dispositivo que opere a 2.4

GHz. Se possível, substitua o dispositivo por outro que opere em uma frequência diferente, como um telefone sem
fio de 900 MHz.

3. Se você puder alterar a potência de saída dos rádios nos seus pontos de acesso e adaptadores de interface,
certifique-se se estão definidos com a configuração alta (geralmente 100 mW).

4. Pergunte aos seus vizinhos se eles estão usando uma rede wireless.
5. Tente substituir as antenas onidirecionais por direcionais, a fim de aumentar a força do sinal e a sensitividade dos

receptores. Talvez você precise mudar o ponto de acesso para outro local, ou adicionar mais pontos de acesso, para
cobrir a mesma área.

Após isso, você não tem muito o que fazer, exceto se conformar com uma fraca performance ou substituir a sua rede
Wi-Fi de 2.4 GHz por uma rede wireless 802.11a que opere a 5.2 GHz.

Você pode encontrar outra fonte de interferência, mas ela provavelmente não ficará evidente até que sua rede tenha sido
colocada em operação por algum tempo. À medida que a WLAN se popularizar entre seus usuários, cada vez mais estes
poderão usar a rede no mesmo instante, e a performance geral será deteriorada. Para resolver esse tipo de problema,
adicione mais pontos de acesso que operem em canais diferentes.

Instalando pontos de acesso

Como já citado, muitos pontos de acesso são combinados com outros dispositivos, como roteadores de rede, roteadores
de Internet de banda larga e hubs de Ethernet tradicionais. No mínimo, cada ponto de acesso deve incluir um
transmissor e um receptor de rádio, uma ou duas antenas cativas ou conectores para antenas externas, e uma porta
Ethernet para conectar a uma rede com fio. O ponto de acesso também deve possuir algum tipo de software de
configuração interno que exiba as configurações atuais e aceite comandos para a efetivação de alterações.

Devido ao fato de cada ponto de acesso acompanhar um pacote diferente com diferentes inputs, outputs e controles,
você deverá seguir as instruções de instalação e configuração específicas, fornecidas com o próprio dispositivo.
Infelizmente, os manuais dos fabricantes nem sempre proporcionam todas as informações necessárias.

Instalação física

Vejamos os passos necessários para a instalação de um ponto de acesso:

1. Se necessário, monte o ponto de acesso usando, para isso, o manual do usuário.

2. Com base na sondagem no local, posicione o ponto de acesso definido.

3. Se o ponto de acesso tiver uma antena cativa em um suporte giratório ou outro que permita movimento, ajuste a
antena para uma posição o mais vertical possível. Se você pretende colocar a antena no teto, ou próxima a ele, se
possível posicione-a de forma que ela aponte diretamente para baixo.

Se o ponto de acesso tiver um conector para uma antena externa, instale a antena e passe um cabo desde a antena
até o ponto de acesso. Mantenha o cabo entre o ponto de acesso e a antena, o mais curto possível, sem esticá-lo
nem deixar que se formem ondulações.

4. Conecte a energia ao ponto de acesso. A maioria dos pontos de acesso é fornecida com adaptadores de energia DC,
mas alguns possuem fios de energia de corrente alternada.
Um ponto de acesso não exige muita energia; portanto, não é necessário usar uma fonte de energia dedicada.

5. Conecte um cabo Ethernet entre o conector de LAN no seu ponto de acesso e o hub de rede, switch ou outro ponto
de presença de rede mais próximo.

REDES DE COMPUTADORES
Redes Wireless

Reginaldo Ferreira, Antonio Carlos, e Sergio.

Uniron - Wireless.doc Página : 30

6. Consulte o manual para descobrir como conectar um cabo de controle ao ponto de acesso. Alguns pontos usam um
cabo serial proveniente de um computador próximo, enquanto outros se conectam através da rede. Use essa
conexão para definir a configuração do ponto de acesso.

Se o ponto de acesso usar uma conexão serial, poderá ser mais fácil conduzir um notebook para um local
temporário, próximo ao ponto de acesso, onde você possa ver as luzes indicadoras do LED quando você executar a
rotina de configuração, em vez de passar um cabo mais longo para um computador