Soldagem - MET 140
44 pág.

Soldagem - MET 140


DisciplinaTecnologia e Metalurgia da Soldagem43 materiais337 seguidores
Pré-visualização2 páginas
de fusão se solidifica na forma de ferrita \u3b4 que, com o 
resfriamento transforma-se em austenita e depois em martensita.
\u2022 Características da Zona Afetada pelo Calor (ZAC)
\u2022Ñ Devido à sua elevada temperabilidade a região da ZAC se 
transforma em martensita no resfriamento.
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis MartensíticosSoldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
Metal Base: 420 Metal de Adição: 316L
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis MartensíticosSoldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
Trinca a frio induzida pelo hidrogênio
\u2022 Presença de hidrogênio (T < Mf);
\u2022 Pré aquecimento de 200 a 250oC;
\u2022 Energia de soldagem elevada / TTAS (difusão do hidrogênio).
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis MartensíticosSoldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
Tratamento Térmico Pré-Soldagem
Pré aquecimento da ordem do Mi (350 - 400oC)
Ñ Diminuir velocidade de resfriamento (martensita) 
Ñ Reduzir nível de tensões residuais
Ñ Redução do teor de hidrogênio dissolvido
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis MartensíticosSoldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
Tratamento Térmico Pós-Soldagem
Revenimento entre 600 a 850oC, por algumas horas.
Recozimento pleno da solda para obtenção de estrutura completamente 
ferrítica
Temperaturas de tratamento térmico para aços inoxidáveis martensíticos.
Tipo Faixa de temperaturas Faixa de temperaturas
para revenimento (°C) para recozimento (°C)
410, 420 650 - 760 830 - 890
440A, 440B, 440C 620 - 650 845 - 900
498 620 - 650 845 - 900
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Soldabilidade dos Aços InoxidáveisSoldabilidade dos Aços Inoxidáveis
Metais de adição
\u2022 Utilização de diagramas constitucionais.
\u2022 Aços inoxidáveis austeníticos
ß - Metal de adição similar
\u2022 Aços inoxidáveis ferríticos
ß - Metal de adição dissimilar ou similar
\u2022 Aços inoxidáveis martensíticos
ß - Metal de adição dissimilar ou similar
\u2022 Arames com composição química mais rica que o metal base
ß - Reduzir a perda de elementos durante a soldagem.
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Metal de adição
\u2022 Metais de adição austenítico são mais recomendáveis.
\u2022 Utilização de diagramas constitucionais.
Aço 410L com metal de adição 308LSi Aço 410L com metal de adição 430 
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Soldabilidade dos Aços InoxidáveisSoldabilidade dos Aços Inoxidáveis
Gases de proteção
MATERIAL RESTRIÇÕES DE GASES
AUSTENÍTICO
FERRÍTICO
MARTENSÍTICO
Todos os gases de proteção podem 
ser utilizados sem restrição
(Ferrita <15%).
Os gases H2 e N2 são proibitivos. 
Já o CO2 deve ser evitado
em grandes quantidades 
O gás H2 é proibitivo. 
PROBLEMAS
***
H2 - Trinca à frio;
N2 - Corrosão intergranular;
CO2 - Aumento de C .
H2 - Trinca à frio.
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Regiões de descontinuidade em soldagemRegiões de descontinuidade em soldagem
Diagramas Constitucionais
Diagrama de Schaeffler
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Regiões de descontinuidade em soldagemRegiões de descontinuidade em soldagem
Diagramas Constitucionais
Diagrama de Schaeffler / Bystram
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Defeitos em soldas de aços inoxidáveisDefeitos em soldas de aços inoxidáveis
Trincamento devido presença de inclusão grosseira
Aço 430A - Soldagem ERW - MEV
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Defeitos em soldas de aços inoxidáveisDefeitos em soldas de aços inoxidáveis
Formato irregular do cordão e desalinhamento
Aço 430 - Soldagem MIG - Microscópio ótico
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Defeitos em soldas de aços inoxidáveisDefeitos em soldas de aços inoxidáveis
Trincamento da solda devido falta de fusão
Aço 430 - Soldagem MIG - Microscópio ótico
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Defeitos em soldas de aços inoxidáveisDefeitos em soldas de aços inoxidáveis
Trincamento da solda devido falta de penetração
Aço 300 - Soldagem MIG - Microscópio ótico
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Defeitos em soldas de aços inoxidáveisDefeitos em soldas de aços inoxidáveis
Presença de linha de óxido devido à falha na proteção gasosa 
Aço 409A - Soldagem ERW - Microscópio ótico
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Defeitos em soldas de aços inoxidáveisDefeitos em soldas de aços inoxidáveis
Impregnação de corpo estranho / condição irregular do disco de soldagem
Aço 304 - soldagem por costura - Microscópio ótico
Disciplina Aços Especiais - Ouro Preto
Ricardo Faria - Soldagem
Presente no mundo inteiro, presente na sua vida.
	Fundamentos da soldagem
	Fundamentos da soldagem
	Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis Austeníticos
	Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis Ferríticos
	Deslocamento do campo \uf067
	Crescimento de grão
	Martensita
	Transformação martensítica
	Fator Kaltenhauser
	Estabilização dos aços inoxidáveis
	Estabilização
	Energia de soldagem
	Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
	Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
	Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
	Soldabilidade dos Aços Inoxidáveis Martensíticos
	Metal de adição