WL-Questões-12-Direito Processual Civil-041-PCI
4 pág.

WL-Questões-12-Direito Processual Civil-041-PCI

Disciplina:Direito Processual Civil I7.429 materiais523.225 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Waldeck Lemos
Questões & Gabarito

Disciplina:

Direito Processual Civil
Folha:

1 de 4

Questões & Gabarito/WLAJ/DP

Questão cód. 18250

1) O artigo 668 do CPC diz: o devedor ou responsável, pode, a todo tempo, antes da arrematação
ou da adjudicação, requerer a substituição do bem penhorado por dinheiro. E o artigo 685, I,
dispõe: Após a avaliação, poderá mandar o juiz, a requerimento do interessado e ouvida a parte
contrária: I - reduzir a penhora aos bens suficientes, ou transferi-la para outros, que bastem à
execução, se o valor dos penhorados for consideravelmente superior ao crédito do exeqüente e
acessórios.Em execução, penhorado imóvel do devedor, este, após a designação de datas para as
praças, e invocando o artigo 685, I, requereu a substituição do bem penhorado por outro, que diz
ser de valor muito superior ao total do crédito e acessórios. Esse pedido do devedor

 a) é ilegal e inaceitável porque a substituição só é possível por dinheiro.

 b) pode ser atendido porque o bem ofertado tem valor maior, beneficiando o credor.

 c) é ilegal e inaceitável porque a substituição só pode ocorrer antes da designação da praça.

 d) pode ser acolhido porque a substituição pode ser requerida a todo tempo, antes da
arrematação ou da adjudicação.

Questão cód. 18354

2) Assinale a alternativa incorreta:

 a) Considera-se sempre de cinco dias o prazo para a prática de ato processual a cargo da parte,
se não houver preceito legal determinando prazo diverso, nem houver assinação pelo juiz.

 b) Se o prazo for estabelecido exclusivamente em favor da parte, esta poderá, querendo,
renunciar a ele.

 c) Os prazos somente começam a correr do primeiro dia útil após a intimação.

 d) Se o prazo decorrer sem que a parte pratique o ato processual, o direito de realizá-lo fica
definitivamente extinto, independentemente de declaração judicial.

Questão cód. 18454

3) Caio propõe ação de separação judicial em face de Cornélia - Na petição inicial, o autor deixa de
narrar os fatos, limitando-se a apresentar o fundamento jurídico do pedido, requerendo,
entretanto, expressamente, o direito de aditar a petição inicial após a tentativa de conciliação,
caso esta seja infrutífera, a fim de regularizá-la - Diante desse requerimento, o juiz deve

 a) deferi-lo, na medida em que as demandas relacionadas ao direito de família não se submetem
às formalidades da legislação processual civil.

 b) deferi-lo, na medida em que os fatos podem ser alegados durante a demanda até a decisão
saneadora, a qual fixa os limites objetivos da demanda.

 c) deferi-lo, na medida em que o sistema processual brasileiro adota a teoria da individuação.

 d) indeferi-lo, determinando que o autor adite a inicial, sob pena de ser extinto o processo sem
julgamento de mérito.

Questão cód. 18465

4) O agravo retido

 a) foi abolido do atual sistema recursal, uma vez que os agravos devem ser interpostos
diretamente junto ao tribunal competente para conhecê-los e julgá-los.

Waldeck Lemos
Questões & Gabarito

Disciplina:

Direito Processual Civil
Folha:

2 de 4

Questões & Gabarito /WLAJ/DP

 b) cabe apenas das decisões proferidas em au- diência, ficando a sua apreciação condicionada à
apresentação das respectivas razões, no prazo de dez dias, junto ao tribunal competente para
apreciá-lo e julgá-lo.

 c) cabe apenas das decisões proferidas em au- diência, devendo ser interposto no próprio termo
e, no mesmo ato, apreciado e julgado pelo próprio juiz em sede de juízo de retratação;
mantida a decisão agravada, caberá dessa nova decisão, agravo de instrumento a ser
interposto diretamente junto ao tribunal competente para apreciar a matéria.

 d) pode ser interposto contra qualquer decisão interlocutória, no prazo de dez dias, ficando retido
nos autos para futura apreciação pelo tribunal competente, desde que reiteradas as suas
razões por ocasião do recurso de apelação.

Questão cód. 18480

5) Nos Juizados Especiais Cíveis criados pela Lei nº 9.099, de 26.09.1995, podem processar-se,
entre outras, as seguintes ações:

 a) apenas causas com valor inferior a 20 salários mínimos.

 b) causas de valor inferior a 40 salários mínimos e questões trabalhistas de qualquer valor.

 c) questões envolvendo acidentes de trabalho em que não haja morte e ações de alimentos de
valor até 40 salários mínimos.

 d) ações de despejo para uso próprio e de indenização por acidentes de veículos de via terrestre.

Questão cód. 18774

6) De acordo com as disposições do Código de Processo Civil, é correto dizer que:

 a) a prova exclusivamente testemunhal só se admite nos contratos cujo valor não exceda a vinte
(20) salários mínimos vigentes no país, ao tempo em que foram celebrados.

 b) quanto às testemunhas serão consideradas suspeitas aquelas que, por seus costumes, não
forem dignas de fé.

 c) é lícito a cada parte oferecer, no máximo, três (3) testemunhas.

 d) quando a testemunha tiver residência certa, a intimação somente poderá ser feita por
mandado, através de oficial de justiça.

Questão cód. 21383

7) Mostre a alternativa incorreta.

 a) Na Lei de Registros Públicos, o procedimento de dúvida é meramente administrativo, devendo,
mesmo quando haja interesse da União, ser decidido pelo juiz-corregedor competente, de
acordo com a lei de organização judiciária do Estado.

 b) No pedido de retificação do qual resulta alteração da descrição das divisas do imóvel é
dispensável a citação do alienante se a data da transcrição ou da matrícula remontar há mais
de vinte anos.

 c) O processo de dúvida, previsto na Lei de Registros Públicos, cabe, apenas, em relação ao
registro de imóveis.

 d) A ação de investigação de paternidade (LF nº 8.560/92) deverá ser ajuizada no foro do
domicílio ou da residência do investigante.

Waldeck Lemos
Questões & Gabarito

Disciplina:

Direito Processual Civil
Folha:

3 de 4

Questões & Gabarito /WLAJ/DP

Questão cód. 21632

8) A ação rescisória não tem cabimento quando:

 a) a sentença de mérito, transitada em julgado, resultar de colusão entre as partes, a fim de
fraudar a lei:

 b) a sentença de mérito, transitada em julgado, ofender a coisa julgada;

 c) depois da sentença de mérito, transitada em julgado, o autor apresentar documento novo,
que detinha mas que não entendeu oportuno ao processo, capaz de lhe assegurar
pronunciamento judicial favorável;

 d) a sentença de mérito, transitada em julgado, for prolatada por juiz impedido.

Questão cód. 22439

9) Álvaro, diante da recusa de Márcio em receber o pagamento de prestação devida em razão de
contrato entre ambos, propôs contra o credor ação de consignação em pagamento da importância
da qual se considerava devedor. O réu contestou a ação, alegando, preliminarmente, que era
incabível a consignação, pois o autor estava em mora, e que a quantia ofertada era inferior
àquela prevista no contrato, pois estava em desacordo com cláusula que previa expressamente a
forma de incidência de juros e de taxa de variação cambial para o reajuste da prestação. Não
poderia, assim, a discussão acerca da validade da cláusula contratual - suscitada pelo autor - ser
objeto de exame na consignatória, por ser esta ação de cognição sumária. Após a contestação, o
credor ajuizou execução da prestação em atraso, fundada no contrato firmado entre as partes,
havendo o juiz determinado a suspensão da execução até o julgamento da consignatória. Em face
dessa situação hipotética, julgue os itens a seguir.
I A divergência das partes na interpretação de cláusula contratual relativa ao reajuste da
prestação não exclui, por si só, o cabimento da ação de consignação em pagamento.
Compete ao órgão judicial fixar o entendimento correto e julgar procedente ou improcedente o
pedido, conforme seja bastante ou não o depósito.
II O juiz agiu equivocadamente ao determinar a suspensão da execução, pois a propositura da
ação de consignação não obsta a que o credor,