Apostila UNIJUÍ - Matemática aplicada à administração
182 pág.

Apostila UNIJUÍ - Matemática aplicada à administração

Disciplina:Matemática para Negócios4.926 materiais45.976 seguidores
Pré-visualização25 páginas
minui na mesma proporção, ou, diminuindo uma delas, a outra aumenta na mesma proporção.

Se duas grandezas a e b são inversamente proporcionais, os números que expressam essas

grandezas variam na razão inversa, isto é, existe uma constante k, tal que

a · b = k.

exemplo 1.2.10 – Os números 2, 4, 5 são inversamente proporcionais a 20, 10 e 8.

Qual é a constante de proporcionalidade k?

ead
sonia Beatriz teles drews – Pedro augusto Pereira Borges

28

solução: você deve observar que a seqüência de números 2, 4, 5 é crescente e a se-

qüência de números 20, 10 e 8 é decrescente. Se os números dados são inversamente

proporcionais, então as razões entre eles são iguais.

20
2

=
10
4

=
8
5

 .

A constante de proporcionalidade é 40. Observe que

2 • 20 = 40, 4 • 10 = 40 e 5 • 8 = 40.

exemplo 1.2.11 – Dividir o número 174 em partes inversamente proporcionais aos

números 3, 5 e 9.

solução: Sejam x, y e z essas partes, então x+y+z = 174 e

3/1

x
=

5/1

y
 =

9/1

z

Usando a PP2 e a equação do problema, temos:

3/1

x
=

5/1

y
 =

9/1

z
=

9/15/13/1 ++
++ zyx

=

45/29

174

(Lembre-se: adição de frações +
3

1
 +
5

1

9

1
 =

45
5915 ++

=
45
29

 ).

A última razão pode ser escrita da seguinte forma:

29
45174 ⋅

=
29

7830
= 270

Construindo proporções com a 1ª , 2ª , 3ª e 5ª razão e resolvendo-as para x, y e z,

obtemos:

 x= 90 ; y= 54 e z=30.

ead

29

matemática aPlicada à administração

Para que você possa perceber a aplicação do que estudamos, apresentamos um problema

que envolve operações com proporções inversas.

exemplo 1.2.12 – Dividir entre três alunos 31 livros em partes inversamente propor-

cionais aos erros que tiveram na prova de Matemática Financeira. O aluno A teve 2

erros, o aluno B , 3 erros e o aluno C, 5 erros.

solução: Os valores 2, 3 e 5 precisam ser representados em forma inversa aos seus

valores, ou seja :

O inverso de 2 é ½, de 3 é 1/3 e de 5 é 1/5.

Considerando a, b e c o número de livros recebidos por cada aluno, temos:

 a + b + c = 31 e
5/1

c
3/1

b
2/1

a ==

Usando a PP2, temos:

5/1
c

3/1
b

2/1
a

1
30

30/31
31

5/13/12/1
cba =====
++

++

Aplicando a propriedade fundamental das proporções formadas pelas razões 3ª e 4ª,

3ª e 5ª e 3ª e 6ª, obtemos, respectivamente:

a = 15; b = 10 e c = 6.

Note que à medida que você avança no estudo desta unidade, mais você precisa do que

estudou no princípio dela. Dessa forma, não siga adiante se tem dúvidas. Leia o material nova-

mente, refaça os cálculos e, somente depois, siga adiante!

seção 1.3

regra-de-três

Quando se pretende calcular uma quantidade desconhecida, direta ou inversamente pro-

porcional às demais quantidades conhecidas, tem-se um problema de regra-de-três.

ead
sonia Beatriz teles drews – Pedro augusto Pereira Borges

30

regra-de-três simples:

A regra-de-três simples é direta ou inversa. É direta quando, crescendo os termos principais,

seus relativos também crescem, ou quando diminuindo os termos principais, os seus relativos

também diminuem.

exemplo 1.3.1 – Um operário levou 18 dias para construir um muro de 126 metros.

Quantos dias levará para fazer outro muro igual com 252 metros?

solução: As quantidades 126 e 252 metros são as principais, 18 é o número de dias

que pretendemos calcular, são os relativos.

Se um operário levou 18 dias para fazer 126 metros de um muro, levará mais dias

para fazer outro de 252 metros.

Trata-se de uma regra-de-três simples e direta.

Metros Dias

126 18

252 x

Escrevendo em forma de proporção: =
252

126

x

18

Aplicando a propriedade fundamental das proporções:

126 ⋅ x = 252 ⋅ 18

x =

126
18252 ⋅

x = 36 dias.

A regra-de-três é inversa quando, crescendo os termos principais, os seus relativos dimi-

nuem, ou quando diminuindo os termos principais, os seus relativos crescem.

ead

31

matemática aPlicada à administração

exemplo 1.3.2 – 15 operários levam 8 dias para realizar um determinado trabalho.

Quantos dias levarão 5 operários para a conclusão do mesmo serviço?

solução: Colocando na forma da regra-de-três, temos:

Operários Dias

15 8
 5 x

O número de operários, porém, é inversamente proporcional ao número de dias: di-

minuindo o número de operários, aumenta o número de dias. Para usar a propriedade

fundamental das proporções, precisamos inverter a segunda razão:

=
5

15

8

x

Usando a propriedade fundamental, temos

5x = 8 · 15

x =

5
158 ⋅

x = 24 dias.

Lembre-se: a solução de um problema de regra-de-três simples, direta ou inversa,

resume-se em calcular o quarto termo de uma proporção.

regra-de-três composta:

É aquela que para resolução de seus problemas envolve três ou mais grandezas, sendo

estas diretas ou inversamente proporcionais.

Para resolvê-los:

a) Escreve-se numa mesma coluna a grandeza de mesma espécie.

ead
sonia Beatriz teles drews – Pedro augusto Pereira Borges

32

b) Identifica-se as grandezas direta ou inversamente proporcionais.

c) Escreve-se a proporção correspondente e resolve-se.

exemplo 1.3.3 – Se 30 pedreiros fazem 528 m de parede em 40 dias, quantos metros

de parede farão 50 pedreiros em 45 dias?

solução:

Disposição dos dados:

30 pedreiros em 40 dias fazem 528 metros.

50 pedreiros em 45 dias fazem x metros.

Observe que quanto mais pedreiros, mais metros de parede serão feitos. Da mesma

forma, quanto mais tempo, mais metros de parede serão feitos. Assim sendo, as duas

primeiras grandezas são diretamente proporcionais à terceira.

Reduzindo o problema a uma regra-de-três simples, fazemos:

x

528
2250
120

4550
4030 ==

⋅
⋅

Aplicando a propriedade fundamental na regra-de-três simples, temos:

x = 990 m.

exemplo 1.3.4 – Se 12 pedreiros fizeram certa obra em 26 dias, trabalhando 12 horas

por dia, quer-se saber em quantos dias 8 pedreiros farão a mesma obra, trabalhando

13 horas por dia.

solução:

Disposição dos dados:

ead

33

matemática aPlicada à administração

12 pedreiros a 12 horas gastam 26 dias.

 8 pedreiros a 13 horas gastam x dias.

Observe que quanto MAIS pedreiros, MENOS dias serão necessários. Da mesma

forma, quanto MAIS horas por dia trabalharem, MENOS dias serão necessários.

Então, as duas primeiras grandezas são inversamente proporcionais à terceira.

Reduzindo o problema a uma regra-de-três simples, fazemos:

 x
26

104
144

138
1212 ==

⋅
⋅

Invertendo a posição da última razão, temos

 26
x

104
144 =

Usando a propriedade fundamental das proporções, temos:

x=

104
26144 ⋅ = 36 dias.

eXercícios 1.3.

1) Uma fábrica de roupas produz 100 camisas em 1 hora de trabalho. Quantas camisas a fábrica

produzirá em 3 horas?

2) Quinze operários constroem uma casa em 120 dias. Caso a obra fosse construída com mais

5 operários, qual seria o tempo necessário?

3) Um certo trabalho é feito por 50 homens, trabalhando 14 horas por dia, em 60 dias. Quantos

homens seriam necessários para fazer o mesmo trabalho, em 100 dias, trabalhando 12 horas

por dia?

4) Durante 10 dias um automóvel percorre 800 km andando 8 horas por dia. Quantos quilôme-

tros percorreria se, com o dobro da velocidade, andasse 10 horas por dia, durante 6 dias?

ead
sonia Beatriz teles drews – Pedro augusto Pereira Borges

34

5) Para construir 25 armazéns de soja são necessários 60 homens, trabalhando 10 horas por dia.

Se 14 homens são dispensados, quantos armazéns farão trabalhando 12 horas por dia?

Concluída a seção
João Catramby fez um comentário
  • Pelo que eu vi, vai me ajudar e muito! Excelente.
    0 aprovações
    Estudante PD fez um comentário
  • :)
    0 aprovações
    Carregar mais