Aula Revisão2 av1

Aula Revisão2 av1


DisciplinaSistemas Operacionais I8.095 materiais169.482 seguidores
Pré-visualização3 páginas
do Sistema Operacional
Detecção de Erros: O sistema operacional precisa esta constantemente atendo a possíveis erros, sejam de hardware ou de software;
Alocação de Recursos: Muitos tipos de recursos diferentes são gerenciados pelo sistema operacional( memória principal, ciclo da CPU, armazenamento de arquivos)
Contabilização: Esse serviço registra e controla os usuários e os recursos utilizados.
Proteção: Serviço que procurar resolver problemas de conflito de processo e segurança do sistema contra influencia externas; 
sexta-feira, 30 de abril de 2010
20
Chamadas de sistemas
Chamadas de Sistemas
Estas Chamadas estão em geral disponível como instruções em linguagem de montagem (assembly language) e são usualmente incluídas nos diversos manuais usados pelos programadores dessa linguagem.
Chamadas de sistemas ocorrem de diferenças maneiras, dependendo do computador em uso.
As chamadas de sistemas podem ser classificadas, de modo geral em cinco grandes principais categorias: Controle de Processo, Gerenciamento de Arquivos, Gerenciamento de dispositivo, Manutenção de informação e Comunicação.
sexta-feira, 30 de abril de 2010
22
Chamadas de Sistemas
Estas Chamadas estão em geral disponível como instruções em linguagem de montagem (assembly language) e são usualmente incluídas nos diversos manuais usados pelos programadores dessa linguagem.
Chamadas de sistemas ocorrem de diferenças maneiras, dependendo do computador em uso.
As chamadas de sistemas podem ser classificadas, de modo geral em cinco grandes principais categorias: Controle de Processo, Gerenciamento de Arquivos, Gerenciamento de dispositivo, Manutenção de informação e Comunicação.
sexta-feira, 30 de abril de 2010
23
Programas de Sistemas
Programas de Sistemas
Uma outra característica de um sistema moderno é a presença de uma coleção de programas de sistema.
sexta-feira, 30 de abril de 2010
25
Usuário
1
Usuário
2
Usuário
3
Usuário
n
Editor de Texto
Montador
Compilador
Editor de Texto
Programas de sistemas e aplicativos
Sistema Operacional
Hardware do 
Computador
Programas de Sistemas
No nível mais baixo está o hardware. O nível seguinte é o sistema operacional, depois vêm os programas de sistema e, finalmente, os programas aplicativos. Os programas de sistema proporcionam um ambiente eficiente para o desenvolvimento e a execução de programas.
Eles podem ser divididos nas seguintes categorias:
Gerenciamento de Arquivos, Informação de Estado, Modificação de arquivos, Suporte a Linguagem, de Programação, Carga e execução de programas e comunicações 
sexta-feira, 30 de abril de 2010
26
Programas de Sistemas
Gerenciamento de arquivos: Estes programas criam apagam, copiam, renomeiam, imprimem, descarregam, listam e, geralmente, manipulam arquivos e diretórios.
Informação de estado: Alguns programas simplesmente solicitam ao sistema a data, a hora, a quantidade de memória ou de espaço em disco disponível, o número de usuários ou outra informação de estado semelhante. Essa informação é então formatada e é impressa no terminal ou em outro dispositivo ou arquivo saída.
sexta-feira, 30 de abril de 2010
27
Programas de Sistemas
Modificação de Estado: Diversos editores de texto podem esta disponíveis para criar e modificar o conteúdo de arquivos armazenados em disco ou fita. 
Suporte a linguagem de programação: Compiladores, montadores e interpretadores para linguagens de programação comuns (como C, C++, Java, Visual Basic e Perl) são freqüentemente oferecidos ao usuário como o sistema operacional. Alguns destes programas são atualmente cotados e fornecidos em separado.
sexta-feira, 30 de abril de 2010
28
Programas de Sistemas
Carga e execução de programa: Uma vez que um programa esteja montado ou com pilado, ele deve ser carregado na memória para execução.
Comunicação: Estes programas fornecem o mecanismo para criar conexões virtuais entre processos, usuários, e diversos sistemas de computadores. Elas permitem aos usuários transmitir mensagens de uma tela para outra, navegar em paginas da WEB, enviar mensagens de correio eletrônicos, conectar-se remotamente ou transferir arquivos de uma maquina para outra. 
sexta-feira, 30 de abril de 2010
29
Programas de Sistemas
A maioria do sistemas operacionais conta com programas que resolvem problemas comuns ou desenvolvem operações comuns. Tais programas incluem navegadores de Web, processadores e formatadores de texto, geradores de planilhas, sistemas de banco de dados dentre outros.
Esses programas são conhecidos como Utilitários de sistemas ou programas aplicativos.
Talvez o mais importante programa de sistema de um SO seja o interpretador de comandos, cujo sua principal função é obter e executa o próximo comando especificado pelo usuário.
sexta-feira, 30 de abril de 2010
30
Programas de Sistemas
Estrutura do Sistema
Um sistema tão grande e complexo como um moderno sistema operacional deve ser cuidadosamente desenvolvido para funcionar apropriadamente e ser facilmente modificado.
sexta-feira, 30 de abril de 2010
32
Programa Aplicativo
Drives de Dispositivos ROM da BIOS
Programa de Sistemas Residente
Drives de Dispositivos do MS_DOS
A estrutura do MS-DOS
Estrutura do Sistema
A abordagem em camadas 
A modularização de um sistema pode ser feita de muitas maneiras. Um dos métodos é a abordagem em camadas na qual o sistema operacional é particionado em um número de camadas (ou níveis), cada um delas construída sobre camadas mais baixas. 
A camada da base (camada zero) é o hardware; a mais alta (camada N) é a interface com o usuário.
33
Estrutura do Sistema
A abordagem em camadas 
A principal vantagem da abordagem em camadas é a modularidade. As camadas são selecionadas de tal modo que cada uma delas use apenas funções (ou operações) e serviços das camadas de nível mais baixo. Este enfoque simplifica a depuração e a verificação do sistema. 
A primeira camada pode ser depurada sem qual quer preocupação com o restante do sistema por que, por definição, ela usa somente o hardware básico para implementar suas funções.
34
Estrutura do Sistema
A abordagem em camadas 
A principal dificuldade da abordagem de camadas diz respeitos ao cuidado na definição das camadas, porque uma camada só pode usar as que estão abaixo dela. 
Por exemplo, o driver do dispositivo para o espaço em disco, utilizado pelos algoritmos de memória virtual, deve estar em nível inferior aos das rotinas de gerenciamento da memória por que o gerenciamento da memória requer a habilidade de usar o espaço em disco.
35
Estrutura do Sistema
MICROKERNELS 
Este método estrutura o sistema operacional removendo todos os componentes não essenciais de kernel e implementando como programas de nível de sistema e de usuário. O resultado é um kernel menor. 
Há pouco consenso sobre quais serviços deveriam permanecer no kernel e quais deveriam ser implantados no espaço do usuário. 
Entretanto os microkernels provêem, em geral, gerenciamento de processos e de memória mínimos, adicionalmente a facilidades de comunicação. 
36
Estrutura do Sistema
MICROKERNELS 
Os benefícios da opção microkernels incluem a facilidade de expandir o sistema operacional. Todos os novos serviços são adicionados ao espaço do usuário e, conseqüentemente, não exigem a modificação do kernel.
Quando o kenel precisa ser modificado, as mudanças tendem a ser menores, por que o microkernel é um kernel reduzido.
O sistema operacional resultante é fácil de ser transportado de um hardware para outro.
O microkernel também proporciona maior segurança e confiabilidade.
37
Maquinas Virtuais
Máquinas Virtuais
 Como antes, embora os programas de sistemas estejam em um nível mais alto do que os das demais rotinas, os programas aplicativos podem visualizar tudo que está abaixo de si próprio na hierarquia, como se fossem parte da própria máquina.
Esta abordagem em camadas chega à sua conclusão lógica no conceito de Máquina Virtual.
39
Máquinas Virtuais
 A Principal dificuldade na abordagem da máquina virtual reside nos sistemas de disco. Suponha que a máquina física tenha três