Apostila de Introducao ao Estudo do Direito
79 pág.

Apostila de Introducao ao Estudo do Direito


DisciplinaIntrodução ao Direito I87.537 materiais507.991 seguidores
Pré-visualização20 páginas
a 
partir dos quais o legislador deverá compor a ordem jurídica. Ex: dto à vida, à 
liberdade, participação na vida social, união entre os seres, igualdade de 
oportunidades, etc. É eterno, imutável e universal.
A função do DN é traçar as linhas dominantes de proteção ao homem, 
para que este tenha as condições básicas para realizar todo o seu potencial para 
o bem. (séc. XVI a XVIII)
# do DPositivo que é visto como a expressão de vontade do Estado.
POSITIVISMO JURÍDICO
O positivismo jurídico é espécie do positivismo. Floresceu no século XIX 
através de um método experimental com Auguste Comte (1798-1857).
O PJ. Rejeita todos os elementos de abstração na área do Direito, a 
começar pela idéia do DN. Por julgá-la anticientífica.
Para o positivista, a lei assume a condição de único valor.
O Direito faz parte da Sociologia.
O PJ reduziu o significado humano.
Identificando o Dto com a lei o PJ é uma porta aberta aos regimes 
totalitários seja comunista, fascista ou nazista.
As regras jurídicas tem sempre um significado, um sentido, um valor a 
realizar.
NORMATIVISMO JURÍDICO
Hans Kelsen \u2013 divisor de águas ( 1881-1973) +- 1920.
Teoria Pura do Direito reduz a expressão do Direito à norm jurídica.
Aqui o direito passa a ser uma ciência por si.
Seu intento maior foi o de criar uma teoria que impusesse o dto como 
ciência e não mais como uma seção da Sociologia.
Essa teoria se refere exclusivamente ao DP.
HK rejeitou a idéia da justiça absoluta. Admitiu, porém como conceito de 
justiça a aplicação da nj ao caso concreto.
As normas jurídicas formam uma pirâmide: constituição, lei, sentença, 
atos de execução. Acima da constituição acha-se a norma fundamental, ou 
grande norma, ou norma hipotética, que pode ser uma constituição anterior ou 
uma revolução triunfante.
Isolou o fenômeno jurídico de todos os demais fatos sociais.
TRIDIMENSIONALIDADE DO DIREITO \u2013 MIGUEL REALE
Miguel Reale (1910-2006) grande jurista brasileiro, renomado 
internacionalmente \u2013 cadeira de Filosofia do Direito.
Toda experiência jurídica pressupõe 3 elementos: 
FATO (sociólogos) eficácia \u2013 conjunto de circunstâncias \u2013 acontecimento 
social referido pelo dto positivo
78
VALOR (idealistas) fundamento \u2013 vários \u201cdever-ser\u201d cabendo ao Estado 
a decisão \u2013 elemento moral do dto, ponto de vista sobre a justiça
NORMA (normativistas) vigência \u2013 consiste no padrão de 
comportamento social, que o Estado impõe aos indivíduos que devem observá-
las em determinadas circunstâncias.
A pessoa humana fundamento da liberdade é um valor absoluto e 
incondicionado.
79