opera+º+úo farmaceutica 3
7 pág.

opera+º+úo farmaceutica 3


DisciplinaOperações Unitárias Farmacêuticas116 materiais457 seguidores
Pré-visualização2 páginas
http://www.ebah.com.br/content/ABAAABDpgAF/aula-5-filtracao-op-i
http://www.dema.puc-rio.br/cursos/OUTecAmb/Seminario_Filtracao.pdf
http://www.enq.ufsc.br/muller/operacoes_unitarias_qm/filtracao1.pdf
Filtração \u2013 é um processo que separa um sólido de um fluído que o carreia, através de uma membrana porosa.Geralmente a matéria prima é o iodo que tem consistência.
Filtro de Placas e Marcos:
 * separa sólido de liquido
 * sólido pastoso
 * funcionamento descontínuo; descarga do líquido diferente da descarga do sólido, precisa parar pra descarregar, descarga do liquido lateral pelo bico de descarga.
partes que o compoem:
*tanque com suspensão
*bomba
*tubuladora de suspensão
*filtro prensa de marcos e placas
*calha de descarga do líquido filtrante
*parafuso de ancoragem
Funcionamento:
A matéria prima (uma mistura sólido/líquido, por exemplo) que será filtrada, fica dentro de um tanque. Ela então é transportada ao equipamento por uma bomba.
Dentro das unidades filtrantes, a matéria prima enche o espaço interno do marco.
O material filtrante separa o líquido do sólido.
Dentro das unidades filtrantes, a matéria prima enche o espaço interno do marco.
o líquido então é filtrado através da porosidade do material filtrante.
O material filtrante separa o líquido do sólido.
Dentro das unidades filtrantes, a matéria prima enche o espaço interno do marco.
À medida que o líquido é filtrado, a parte sólida é retida dentro do marco, formando a torta.
O líquido passa então para a placa através da sua superfície de orifícios.
O material filtrante separa o líquido do sólido.
Dentro das unidades filtrantes, a matéria prima enche o espaço interno do marco.
Depois que o líquido filtrado chega a placa, ele é descarregado na calha de descarga.
À medida que o líquido é filtrado, a parte sólida é retida dentro do marco, formando a torta.
O líquido passa então para a placa através da sua superfície de orifícios.
O material filtrante separa o líquido do sólido.
Dentro das unidades filtrantes, a matéria prima enche o espaço interno do marco.
Quando a torta (sólido) estiver muito espessa, a vazão do líquido filtrado diminuirá.
O processo deve então ser parado para a descarga das tortas, abrindo o sistema, separando as placas dos marcos e retirando o sólido retido pelo material filtrante.
Assim, o processo pode ser reiniciado, após a limpeza das partes.
Alimentação
Na filtração, as partículas sólidas suspensas em um fluido são separadas usando um meio poroso. Ele separa as partículas em uma fase sólida ( torta ) e permite o escoamento de um fluido claro ( filtrado ).
Torta Filtrado
Meio poroso 
O fluido pode ser um gás ou um líquido. O produto pode ser tanto o fluido clarificado quanto a torta de partículas sólidas.
O princípio da filtração industrial e o do equipamento de laboratório é o mesmo, apenas muda a quantidade de material a ser filtrado.
O aparelho de filtração de laboratório mais comum é denominado filtro de Büchner. O líquido é colocado por cima e flui por ação da gravidade e no seu percurso encontra um tecido poroso (um filtro de papel). Como a resistência à passagem pelo meio poroso aumenta no decorrer do tempo, usa-se um vaso Kitasato conectado a uma bomba de vácuo.
Bomba de vácuo
Filtro de Papel
Os filtros industriais podem ser feitos para funcionar: em batelada (a torta é retirada depois de cada corrida) ou de forma contínua (a torta sólida é retirada continuamente). Os filtros podem funcionar: - por ação da gravidade, o líquido flui devido a existência de uma coluna hidrostática; - por ação de força centrífuga; - por meio da aplicação de pressão ou vácuo para aumentar a taxa de fluxo. O meio de filtração pode ser: - um leito poroso de materiais sólidos inertes, - um conjunto de placas, marcos e telas em uma prensa, - um conjunto de folhas duplas dentro de um tanque, - um cilindro rotativo mergulhado na suspensão, - ou discos rotativos mergulhados na suspensão. - ou bolsas ou cartuchos dentro de uma carcaça.
Filtros de leito fixo
Entrada do líquido
Partículas sólidas separadas
O tipo de filtro mais simples. Se usa no tratamento de água potável, quando se tem grandes volumes de líquido e pequenas quantidades de sólidos. A camada de fundo é composta de cascalho grosso que descansa em uma placa perfurada ou com ranhuras. Acima do cascalho é colocada areia fina que atua realmente como filtro.
Filtro prensa
Um dos tipos mais usados na industria. Usam placas e marcos colocados em forma alternada. Utiliza-se tela (tecido de algodão ou de materiais sintéticos) para cobrir ambos lados das placas.
A alimentação é bombeada à prensa e flui pelas armações. Os sólidos acumulam-se como torta dentro da armação. O filtrado flui entre o filtro de tecido e a placa pelos canais de passagem e sai pela parte inferior de cada placa. A filtração prossegue até o espaço interno da armação esteja completamente preenchida com sólidos.
Placa
Nesse momento a armação e as placas são separadas e a torta retirada. Depois o filtro é remontado e o ciclo se repete.
Filtro de folhas
Foi projetado para grandes volumes de líquido e para ter uma lavagem eficiente. Cada folha é uma armação de metal oca coberta por um filtro de tecido. Elas são suspensas em um tanque fechado. A alimentação é introduzida no tanque e passa pelo tecido a baixa pressão. A torta se deposita no exterior da folha. O filtrado flui para dentro da armação oca. Após a filtragem, ocorre a limpeza da torta. O líquido de lavagem entra e segue o mesmo caminho que a alimentação. A torta é retirada por uma abertura do casco.
Filtro de tambor a vácuo, rotativo e contínuo.
Ele filtra, lava e descarrega a torta de forma contínua. O tambor é recoberto com um meio de filtração conveniente. Uma válvula automática no centro do tambor ativa o ciclo de filtração, secagem, lavagem e retirada da torta. O filtrado sai pelo eixo de rotação. Existem passagens separadas para o filtrado e para o líquido de lavagem. Há uma conexão com ar comprimido que se utiliza para ajudar a raspadeira de facas na retirada da torta
filtro tambor rotatório
 Propósito 
Filtrar partículas diminutas de material de um fluxo de ar, manter o volume e a pressão estática e retornar o material para a produção ou enviá-lo para um coletor de pó. 
Aplicação 
Filtragem de material fibroso do processo de produção para produtos higiênicos descartáveis, têxteis, plásticos, fibra de vidro e produtos de papel e celulose.
A estrutura primária de um sistema de filtragem a tambor consiste de uma caixa com um tambor rotativo coberto com um elemento filtrante. O ar e as partículas são canalizados para a caixa com o tambor rotativo, donde o ar é puxado por meio de um ventilador de balanceamento do sistema principal de exaustão, através da manta de filtragem que cobre o tambor perfurado. O pó e as partículas permanecem na manta e são removidos por um arranjo de bicos a vácuo à medida que o tambor gira. O ar limpo e filtrado que passa através do tambor é descarregado na atmosfera. 
http://www.meiofiltrante.com.br/materias.asp?action=detail&id=137
Filtro Tambor Rotatório
( ) Tambor rotatório perfurado
( ) Tambor rotatório perfurado, dividido em zonas (filtração,
escorrido, lavagem e descarga)
( ) Tanque onde fica a matéria prima (sólido + liquido a
separar)
( ) Tubuladura de vácuo acoplada ao tambor rotatório
( ) Chuveiro de lavagem
( ) Tubuladura de nível (não permitir transbordamento do
tanque de material Sólido + liquido)
( ) Tubuladura de entrada de ar para agitação da mistura S+L
( ) Tubuladura de descarga do filtrado
( ) Raspador
( ) Tubuladura de alimentação (S+L)
tambor rotátorio
chuveiro da lavagem 6 
tambor rotatório de placas 
separa solido de liquido
funciona a vácuo
o vacuo puxa, suspensão solido liquido onde tem mto solido em suspensão
o solido entra e fica no tambor rotatorio que tem clivos
clivos servem para a descarga da torta
liquido sai de dentro do tambor
tanque onde fica a materia prima
orificios tem diametros diferentes
vacua auxilia na filtração