Apostila UNIJUÍ - Sistema integrado de informações
174 pág.

Apostila UNIJUÍ - Sistema integrado de informações


DisciplinaAdministração de Sistemas de Informação6.054 materiais28.730 seguidores
Pré-visualização42 páginas
mam-se Sistemas de Apoio à Decisão.
EaD
47
SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÕES
Assim, um SAD auxilia os outros sistemas já abordados anteriormente em nossa
classificação. Ele existe para auxiliar o processo de tomar decisões, e existem SADs para o
nível operacional, para o nível dos gerentes e para o nível dos gestores, inclusive para as
questões do Planejamento Estratégico. Permitem geralmente análise de alternativas, gera-
ção de soluções, simulações de situações alternativas, análise histórica e de tendências,
entre outras.
O que você está achando de nossos estudos até aqui? Que assim é fácil administrar
uma entidade pública? Este é um assunto para bons debates, não é mesmo?
CURIOSIDADE
Sir Timothy John Nerners-Lee nasceu em 8 de julho de 1955, em
Londres, Inglaterra. Ele é o criador da World Wide Web. Nos seus
tempos de Universidade, construiu um computador revolucioná-
rio, feito de ferro, um processador M6800, uma televisão usada e
mais outros instrumentos.
SÍNTESE DESTA UNIDADE
Concluímos os estudos iniciais de nosso componente. Não foi difícil,
não é mesmo? O que estudamos até aqui foram conceitos introdutórios
necessários para o entendimento daquilo que ainda vem pela frente.
Vamos agora dar uma olhadela nos principais pontos estudados? Sem-
pre é bom, serve para relembrar. Vou dar uma sugestão a você que
quer se aprofundar e tornar-se muito inteligente como executivo de
alguma empresa importante: faça a sua síntese a partir do que estu-
damos. Dá um pouco de trabalho, mas no futuro você vai agradecer
por ter feito, inclusive no dia da prova. Vai sentir a diferença de seu
esforço quando necessitar desse conhecimento.
 
 
EaD Si kberto Renaldo Marks
48
Vimos na seção 1 sobre as definições de sistemas de informação.
Em resumo, devemos ter entendido que todo sistema de informa-
ção possui quatro elementos: entrada, processamento, saída e
feedback. Esses são os elementos inter-relacionados entre si que
têm por objetivo captar dados e transformá-los em informações úteis.
Para tanto, o sistema sempre possui máquinas e equipamentos
(hardware), programas (software), banco de dados, telecomunica-
ções, pessoas que trabalham com o sistema e um conjunto de pro-
cedimentos para o funcionamento do sistema de informação.
Então, na seção 2 analisamos a importância de um sistema de in-
formação. Ele tornou-se necessário devido à crescente complexida-
de do contexto social, dos desafios em relação às necessidades dos
cidadãos e das organizações, como as empresas, dos empregos, e
muito mais. Além disso, devido às exigências dos governos e do
mercado, bem como ao aperfeiçoamento da tecnologia em geral. Os
sistemas de informação proporcionam rapidez, confiabilidade e
processamento de grande volume de dados e informações. Eles aju-
dam no processo decisório e na formação de conhecimento, inteli-
gência e sabedoria nas empresas, para melhor poderem competir.
Destacamos na seção 3 a evolução dos sistemas de informação. O
ser humano sempre teve a sua disposição sistemas de informação.
Nesses últimos tempos eles foram grandemente aperfeiçoados, como
numa verdadeira revolução, pelos recursos da informática. Agora
temos condições de, a preço baixo, processar uma quantidade imen-
sa de dados e informações.
Na seção 4 estudamos algo sobre a abordagem sistêmica. Ou seja,
entendemos que um sistema de informação nada mais é que a apli-
cação da Teoria Geral dos Sistemas. Ela se resume assim: entrada +
processamento + saída com um feedback da saída para a entrada.
EaD
49
SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÕES
Fizemos uma reflexão sobre a ecologia da informação na seção 5.
Foi quando esclarecemos que simplesmente dispor de sistemas de
informação, ainda que bem avançados, pouco resolve. Ou seja, a
ênfase precisa ser no ambiente da informação, onde as coisas acon-
tecem, onde as pessoas trabalham e usam as informações, onde
ocorrem os desafios. Um sistema de informação só se justificará se
as pessoas estiverem motivadas a dele fazerem uso construtivo para
melhorar a capacidade competitiva. Isso significa que essas pessoas
devem sentir-se desafiadas a buscar fazer com que seu cérebro ren-
da idéias criativas para a organização a que servem.
A seguir abordamos a estrutura do conhecimento na seção 6. Es-
tudamos sobre o que é um dado, um mero item de informação, e
que nada significa; informação, um conjunto de dados que nos diz
algo; conhecimento, um conjunto de informações que nos possibi-
litam tomar decisões, planejar e dirigir; inteligência, que é a capa-
cidade de utilizar proveitosamente o conhecimento e gerar mais
conhecimento, e por fim a sabedoria, que em síntese é a capacida-
de de utilizar tanto o conhecimento quanto a inteligência para
construir soluções socialmente corretas e proveitosas.
Dando seqüência a nossos estudos, na seção 7 lembramos que hoje
as organizações em geral devem não mais utilizar somente infor-
mações internas, mas também devem buscar informações exter-
nas, principalmente em relação aos cidadãos, suas particularida-
des em relação às empresas e aos seus concorrentes.
A seguir explanamos algo em relação à Internet, Intranet e Extranet.
São esses recursos da Tecnologia da Informação que nos permitem
integrar sistemas de informação de diferentes organizações entre
si e com a comunidade e seus cidadãos, bem como com as outras
organizações da iniciativa privada.
EaD Si kberto Renaldo Marks
50
Ligado à origem das informações, vimos na seção 9 que informa-
ções devem ser vistas como recurso estratégico, isto é, que permi-
tam à organização ser efetiva e propiciar resultados eficientes.
Na seqüência, na seção 10, estudamos sobre a sinergia da infor-
mação. Foi quando vimos que todos numa organização precisam
unir-se pelo sucesso de duas atividades. Todos precisam colaborar
numa direção decidida em conjunto, tendo sistemas bem integra-
dos entre si, como foi estudado na seção 11.
Por fim estudamos uma interessante classificação dos sistemas de
informação, que em síntese ficou assim:
\u2022 Sistemas de Informação Operacional
\u2022 Sistemas de Informação Gerencial
\u2022 Sistemas de Informação Estratégicos
\u2022 Sistemas Especialistas
\u2022 Sistemas de Apoio à Decisão
Concluindo, perceba o seguinte: sistemas de
informação existem para complementar o tra-
balho das pessoas que dirigem as organiza-
ções, sejam elas o que forem, públicas ou pri-
vadas, desde os gestores situados nos níveis
operacionais quanto aos que dirigem a orga-
nização como um todo. São muito importantes para que os projetos
e as atividades sejam bem-sucedidas no contexto cada vez mais desa-
fiador. Por isso precisam ser bem utilizadas por pessoas capazes e cons-
cientes do que estão fazendo nas respectivas empresas.
EaD
51
SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÕES
Unidade 2Unidade 2Unidade 2Unidade 2
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM DESTA UNIDADE:
Nesta unidade faremos uma introdução ao estudo da Tecnologia da Informação. É a
tecnologia que sustenta tecnicamente o funcionamento dos sistemas de informação. Tere-
mos, portanto, os seguintes objetivos a alcançar:
\u2013 Entender o que é a Tecnologia da Informação.
\u2013 Como ela contribui para a viabilização dos sistemas de informação nas empresas.
\u2013 Como ela deve ser gerenciada para que as empresas obtenham capacidade de continuarem
competindo no mercado, que mais parece uma guerra.
SEÇÕES DESTA UNIDADE
Seção 1 \u2013 Conceito de Tecnologia da Informação
Seção 2 \u2013 O profissional de Tecnologia da Informação
Seção 3 \u2013 Componentes da Tecnologia da Informação
Seção 4 \u2013 Gestão da Tecnologia da Informação
EaD Si kberto Renaldo Marks
52
Seção 1
Conceito de Tecnologia da Informação
A Tecnologia da Informação (TI) é abrangente, portanto difícil
de definir com precisão. Uma definição possível de Tecnologia da In-
formação seja: \u201cUm conjunto de todas as atividades e soluções provi-
denciadas por recursos tecnológicos (hardware e software) e de com-
putação para manipular informações