Apostila UNIJUÍ - Empreendedorismo e plano de negócios
88 pág.

Apostila UNIJUÍ - Empreendedorismo e plano de negócios


DisciplinaAdministração100.964 materiais758.952 seguidores
Pré-visualização20 páginas
de semana. Nas empresas em crescimento isto também ocorre, ficando a cargo
dos gerentes e executivos a maior carga de trabalho. Conforme o crescimento da empresa,
no entanto, a necessidade de contratação de pessoal se faz necessária. Por isso, elabore a
descrição de cargos necessários, o perfil de pessoal a ser contratado e qual a política adota-
da para as contratações.
Mesmo nas pequenas empresas, com número reduzido de funcionários, é impor-
tante a definição de responsabilidades principalmente pelo acúmulo de funções. O pon-
to negativo da divisão de responsabilidades está na falta de profissionais qualificados,
principalmente em áreas-chave, o que acarreta em transtornos até a sua substituição
(exemplo: área de marketing, finanças, administração, recursos humanos, processo téc-
nico, etc.).
Construa um organograma da empresa destacando desde os cargos mais importantes
(CEO, diretores e gerentes) até os mais básicos. Explique também como os funcionários
receberão os salários, os benefícios, bônus, férias e outros direitos trabalhistas.
3
3
 Disponível em: <http://images.google.com.br/images?gbv=2&hl=pt-BR&sa=1&q=empresa&aq=f&oq=&start=0>. Acesso em: 11 set.
2009.
EaD
55
EMPREENDEDORISMO E PLANO DE NEGÓCIOS
Dica importante:
Os investidores apostarão em pessoas, que são o principal ativo da empresa nascente.
Quanto mais detalhado o perfil e a capacidade técnica dos componentes da equipe, mais
chances de a empresa conseguir o aval dos investidores.
ESTRUTURA LEGAL
Descreva como está constituída a estrutura do negócio que estás elaborando; qual o
envolvimento de seu tempo (se for o empreendedor); se possuir sócios, qual a constituição e
a função de cada um deles. Explique o envolvimento de cada sócio e em qual função cada
qual desempenhará suas atividades, juntamente com a descrição de suas habilidades. Ex-
plique também como será feita a distribuição dos lucros ou resultados e suas responsabili-
dades financeiras pelas possíveis perdas. Sugere-se ainda colocar em anexo cópia do acordo
da sociedade e da composição societária.
Informe no plano qual a natureza da empresa (pequeno, médio ou grande porte), quais
os impostos que incidem sobre ela, se a empresa tem algum benefício fiscal ou qual outro
benefício.
Sinta o sabor de pesquisar e refletir
Quais as características (faturamento, pessoal, etc.) que definem o porte de sua empresa?
Impostos incidentes sobre as operações
4Tipo de empresa ICMS ISS IPI PIS Cofins 
Prestadora de serviços Não Sim Não Sim Sim 
Comércio Sim Não Não Sim Sim 
Indústria Não Não Sim Sim Sim 
Comércio & indústria Sim Não Sim Sim Sim 
 
4
 Disponível em: <http://images.google.com.br/images?gbv=2&hl=pt-BR&sa=1&q=impostos&aq=f&oq=&start=0>. Acesso em: 11 set.
2009.
EaD Ivo Ney Kuhn \u2013 Remi Antonio Dama
56
Reflita sobre o significado e a incidência dos impostos (ICMS, ISS, IPI, PIS, Cofins)
em termos de abrangência (federal, estadual ou municipal)?
Ao elaborares o plano financeiro não se esqueça deste item, pois a descrição exata e
correta dos impostos e encargos é bastante relevante para a correta avaliação do plano de
negócio.
Questões sobre organização:
a) Qual seu conhecimento do negócio? Que experiência gerencial já teve sobre o negócio?
Exige experiência operacional? Qual sua relação com o negócio?
b) Qual sua escolaridade (formal, informal) relacionada às habilidades gerenciais exigidas?
c) Relatar as informações e exigências sobre todos os membros da equipe de trabalho do
negócio? (Necessidades de contratação: imediata, em 1 ano e em cinco anos).
d) Quais as necessidades de treinamento? Que habilidades mínimas são requeridas? Qual o
custo do treinamento?
e) Descrever quem fará o que. Quem está subordinado a quem? Onde e como são tomadas
as decisões?
f) Como será remunerado todo o quadro de pessoal? Quais outros benefícios serão ofere-
cidos?
g) Que outros profissionais serão necessários (contador, advogado, engenheiro, etc.)? É pos-
sível terceirizar?
h) As pessoas de que se necessita estão disponíveis? Como serão recrutadas e selecionadas?
Qual nível de formação é exigido para cada função?
i) Qual estrutura organizacional será adotada (linear, funcional, matricial...)?
j) Qual a missão da empresa? Qual a visão? Seu foco? Seus objetivos estratégicos? Quais as
metas?
EaD
57
EMPREENDEDORISMO E PLANO DE NEGÓCIOS
PORTE OU TAMANHO
A descrição do tamanho do empreendimento tem como principal função justificar a
escala de produção escolhida, além de contemplar também os portes das plantas/empresas
já existentes e que produzem o produto objeto do estudo e/ou similares.
O tamanho de um empreendimento visa a dimensionar qual a capacidade de produ-
ção que a empresa deve ter para ser economicamente viável e atender ao mercado. O tama-
nho vincula-se especialmente com a potencialidade do mercado (atual e futuro) e com a
capacidade da infraestrutura (recursos materiais, equipamentos, matéria-prima, recursos
tecnológicos, recursos humanos). Deve-se levar em consideração na elaboração do plano de
negócio a capacidade de utilização do sistema de produção e sua provável ampliação em
relação ao potencial de mercado.
Para Buarque (1991), a viabilidade de tamanho ou a determinação do tamanho ótimo
pode ser definida por meio da análise de alternativas viáveis.
Em muitos casos a tecnologia pode ser fator determinante para a definição do tama-
nho ótimo, pois a capacidade produtiva de determinada máquina ou linha de produção, ou
ainda sistema de produção, pode estar abaixo da capacidade de absorção do mercado ou a
rentabilidade reduzida inviabiliza o investimento. Por outro lado, a tecnologia disponível
produz determinada quantidade de produto bem acima da necessidade, ficando ociosa.
Em muitos casos reúnem-se todas as condições de viabilidade de um projeto de certo
tamanho, podendo, porém, ocorrer a inviabilidade por incapacidade financeira ou adminis-
trativa, pelo porte (muito grande) ou outra razão.
O tamanho e a localização são duas etapas muito vinculadas. Por isso a localização pode
ser um fator de inviabilidade para certos tamanhos. Isso ocorre geralmente quando os negócios
ou projetos, até certo tamanho, utilizam uma quantidade de matéria-prima disponível na re-
gião, e quando o tamanho é aumentado esta matéria-prima deve ser adquirida distante deste
local, aumentando significativamente os custos de produção e inviabilizando o negócio.
Questões sobre tamanho
a) Qual o tamanho do empreendimento?
b) Esse porte dará conta da demanda expressa nos primeiros cinco anos do negócio?
c) Haverá capacidade ociosa projetada (total, ou de alguns equipamentos)?
d) Para ampliar a capacidade, o volume de recursos investidos é diretamente proporcional à
estrutura atual?
e) Há possibilidade de modulação (repetição de unidades produtivas)?
EaD Ivo Ney Kuhn \u2013 Remi Antonio Dama
58
LOCALIZAÇÃO E INFRAESTRUTURA
A localização objetiva analisar os fatores locacionais que influenciam a empresa, tais
como: a existência e a procedência (distância) de matéria-prima, as exigências em termos de
infraestrutura, a influência do custo de frete tanto para o transporte da matéria-prima como
para o transporte junto ao cliente (praça de distribuição).
A localização ótima do empreendimento é aquela que, logisticamente, atende os se-
guintes aspectos: minimização dos custos; adaptação a variações (flexibilização) na escala
de produção; proximidade e facilidade de acesso a matérias-primas e insumos; facilite o
acesso ao mercado consumidor; atenda requisitos de incentivos; e que contemple aspectos
relativos ao meio ambiente.
Principais forças locacionais: custos de fretes, custos de matéria-prima, (peso/volume,
perecíveis...), o custo e disponibilidade de mão-de-obra, energia, dentre outros.
Nem sempre o empreendedor vai atingir ao máximo todas as variáveis até aqui cita-
das, no entanto deve-se buscar a junção da maioria. Devemos orientar, portanto, a decisão
de localização para as fontes que