Dicas Importantes para Corresponências Comerciais
2 pág.

Dicas Importantes para Corresponências Comerciais


DisciplinaComunicação Empresarial I6.818 materiais51.354 seguidores
Pré-visualização1 página
Dicas importantes 
Data de expedição - Ex.: Rio de Janeiro, 2 de setembro de 2006. 
Dia do mês de 1 a 9, não usar o zero antes do número. (Antes de páginas e 
horas no decorrer da carta também). 
O mês deverá ser grafado com letra minúscula. 
A frase deverá terminar com ponto final. 
No encaminhamento deverá se usar a forma A/C em vez de AT ou ATT. 
O assunto da carta corresponderia àquilo que no jornal seria o título, a 
primeira chamada. Deve-se esclarecer com precisão ao leitor sobre o assunto que 
será tratado, isto já é meio caminho para despertar-lhe interesse. 
Caso não tenha domínio no seu poder de síntese, melhor não colocar. 
Ao vocativo, recomenda-se o uso de Senhor ou Senhora (por extenso), 
acompanhado do cargo ou função daquela pessoa seguido de vírgula. 
\u201cDoutor\u201d não é forma de tratamento, mas sim título acadêmico. 
Introdução e Fechos nas correspondências comerciais. 
O 1º parágrafo é o mais importante. Nele você diz o que pretende ao 
destinatário. NÃO USE OS CHAMADOS \u2018CLICHÊS\u2019 do tipo: 
Venho por meio desta................... 
Servimo-nos da presente para ............. 
Esta tem a finalidade de...................... 
e outros. 
Estes termos são redundantes e ultrapassados. 
Vá direto ao assunto: se tiver que comunicar, comunique, se tiver que avisar, 
avise. Os verbos deverão sempre iniciar e comandar as ações propostas. 
NÃO USE também os clichês de encerramento: 
Sem mais para o momento................ 
Subscrevo-me 
Aproveitamos para renovar nosso sentimento de............ 
USE: 
Atenciosamente (seguido de vírgula) - para as cartas do dia a dia, em que 
não exista a necessidade de caracterizar relações hierárquicas. 
Cordialmente (seguido de vírgula)- para situações em que a empresa se veja 
em situações desvantajosas. 
Respeitosamente (seguido de vírgula) - para as cartas formais, dirigidas a 
pessoas que recebam o tratamento \u201cVossa Excelência\u201d. 
ATENÇÃO: 
 
Os verbos de comunicação: informar, solicitar, comunicar e outros são 
transitivos direto e indireto - não deixe de realizar as duas ações destes verbos. 
Quando eu e meu cliente estamos na empresa (p.jurídica) devemos utilizar o 
verbo na l.a. pessoa do plural (plural de modéstia). 
Ex: Informamos, comunicamos, solicitamos. 
Importante: 
Solicitamos (aquilo a que temos direito), pedimos (o que é favor) 
Comunicamos (quando justificamos - Ex: Comunicamos que face à greve, 
haverá alteração de carga horária). 
Informamos (quando prestamos informação) 
Avisamos (quando alertamos para) 
Remetemos (sempre é pelo correio) 
Enviamos (pode ser ou não pelo correio)