Aula 13 - genetica de populações
30 pág.

Aula 13 - genetica de populações


DisciplinaGenética Humana2.123 materiais28.692 seguidores
Pré-visualização2 páginas
o	
  alelo	
  que	
  causa	
  anemia	
  falciforme	
  é	
  tão	
  comum	
  em	
  algumas	
  populações	
  
africanas?	
  
-­\u2010\u202f	
  Que	
  mudanças	
  esperar	
  na	
  frequência	
  de	
  anemia	
  falciforme	
  em	
  uma	
  população	
  
que	
  recebe	
  migrantes	
  africanos?	
  
Mudança	
  na	
  estrutura	
  gené%ca	
  
variação 
não variação 
EXTINÇÃO!! 
Malária Sobrevivência 
Importância	
  da	
  variação	
  gené%ca	
  
Mudança	
  na	
  estrutura	
  gené%ca	
  
\u2022\u202f Mutação 
\u2022\u202f Migração 
\u2022\u202f Seleção natural 
\u2022\u202fDeriva genética 
\u2022\u202f Casamento preferencial 
Mudança	
  na	
  estrutura	
  gené%ca	
  
\u2022\u202f Mutação 
\u2022\u202f Migração 
\u2022\u202f Seleção natural 
\u2022\u202fDeriva genética 
\u2022\u202f Casamento preferencial 
\u2022\u202f	
  Cria	
  novos	
  alelos	
  
\u2022\u202f	
  Fonte	
  \ufb01nal	
  de	
  toda	
  variação	
  gené,ca	
  
Mudança	
  na	
  estrutura	
  gené%ca	
  
\u2022\u202f Mutação 
\u2022\u202f Migração 
\u2022\u202f Seleção natural 
\u2022\u202fDeriva genética 
\u2022\u202f Casamento preferencial 
\u2022\u202f	
  Movimento	
  de	
  indivíduos	
  entre	
  populações	
  
	
  Introduz	
  novos	
  alelos	
  \u201cFluxo	
  gênico\u201d	
  
Mudança	
  na	
  estrutura	
  gené%ca	
  
\u2022\u202f Mutação 
\u2022\u202f Migração 
\u2022\u202f Seleção natural 
\u2022\u202fDeriva genética 
\u2022\u202f Casamento preferencial 
\u2022\u202f	
  Vantagem	
  ou	
  desvantagem	
  na	
  
sobrevivência	
  e/ou	
  reprodução	
  
divergência 
Seleção	
  natural	
  
Seleção	
  natural	
  
Exemplo:	
  anemia	
  falciforme	
  
aa \u2013 ß globina anormal 
 Anemia falciforme 
Baixa 
adaptabilidade 
Adaptabilidade 
média 
Aa \u2013 ß globina normal e anormal 
 Resistência à malária 
AA \u2013 ß globina normal 
 Vulnerável à malária 
Favorecimento	
  dos	
  heterozigotos	
  
Adaptabilidade 
alta 
Mudança	
  na	
  estrutura	
  gené%ca	
  
\u2022\u202f Mutação 
\u2022\u202f Migração 
\u2022\u202f Seleção natural 
\u2022\u202fDeriva genética 
\u2022\u202f Casamento preferencial 
\u2022\u202f 	
  Mudança	
  gené,ca	
  ao	
  acaso	
  	
  
\u2022\u202f População	
  original	
  pequena	
  
\u2022\u202f Desvios	
  da	
  proporção	
  gênica	
  
Deriva	
  gené%ca	
  
Mudança	
  na	
  estrutura	
  gené%ca	
  
\u2022\u202f Mutação 
\u2022\u202f Migração 
\u2022\u202f Seleção natural 
\u2022\u202fDeriva genética 
\u2022\u202f Casamento preferencial 
\u2022\u202f Casamento	
  não	
  aleatório	
  
\u2022\u202f Combinações	
  alélicas	
  não	
  aleatórias	
  
Lei	
  de	
  Hardy-­\u2010Weinberg	
  :	
  casos	
  especiais	
  
\u2022\u202f Polialelia autossômica: ex. sistema sanguíneo ABO 
p=freq. A; q= freq. B; r= freq.O 
(p+q+r)2=1 
(p2;2pq,2pr;q2;2qr,r2) IAIA / IAIB / IAIO / IBIB / IBIO / IOIO 
 
\u2022\u202f Genes ligados ao cromossomo X 
XAXA (p2) XAXa (2pq) XaXa (q2) 
XAY (p) XaY (q) 
Freq. genotípica 
Exercício	
  1:	
  Em	
  uma	
  população	
  teórica	
  em	
  equilíbrio,	
  16%	
  dos	
  indivíduos	
  são	
  míopes	
  
e	
  o	
  restante	
  tem	
  visão	
  normal.	
  Qual	
  a	
  frequência	
  dos	
  alelos	
  recessivos	
  e	
  
dominantes	
  para	
  esse	
  caráter	
  nessa	
  população,	
  sabendo-­\u2010se	
  que	
  a	
  miopia	
  é	
  
determinada	
  por	
  gene	
  recessivo,	
  e	
  qual	
  é	
  a	
  frequência	
  dos	
  genó%pos?	
  	
  
	
  
p²	
  +	
  2pq	
  +	
  q²	
  =	
  1	
  
	
  	
  
p=	
  frequência	
  do	
  alelo	
  M	
  
q=	
  frequência	
  do	
  alelo	
  m	
  	
  
q2	
  =	
  16%	
  =	
  0,16	
  	
  	
  	
  à\uf0e0	
  q	
  =	
  \u221a0,16	
  =	
  0,4	
  à\uf0e0	
  q	
  =	
  0,4	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  à\uf0e0	
  p	
  =	
  1-­\u2010q	
  à\uf0e0	
  p=0,6	
  	
  
Frequência	
  dos	
  alelos:	
  M(dominante)=0,6;	
  m(recessivo)=0,4	
  
	
  
	
  	
  	
   	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  p² 	
   	
  	
  2pq 	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  q²	
  	
   	
  	
  	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  \u2193	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  \u2193	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
   	
  	
  	
  	
  \u2193	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  (0,6)²	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  2.(0,6).(0,4)	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  (0,4)²	
  	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  \u2193	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  \u2193	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  \u2193	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  0,36	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  0,48	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  0,16	
  	
  
Frequência	
  geno<pica:	
  36%	
  MM;	
  	
  48	
  %	
  Mm;	
  16	
  %	
  mm	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
Mais	
  exercícios	
  para	
  pra%car	
  
Exercício	
  2:	
  Considere	
  2	
  populações	
  diploides	
  e	
  uma	
  caracterís,ca	
  determinada	
  por	
  1	
  gene	
  
autossômico	
  com	
  2	
  alelos:	
  
	
   	
   	
  A1A1 	
   	
  A1A2 	
   	
  A2A2 	
   	
  TOTAL	
  
I 	
   	
   	
  1620 	
   	
  360 	
   	
  20 	
   	
  2000	
  
II 	
  	
  	
  	
  	
   	
   	
  	
  	
  	
  72 	
   	
  1104 	
   	
  24 	
   	
  1200	
  
\u2022\u202f Calcular	
  para	
  cada	
  população:	
  
a)\u202f A	
  frequência	
  alélica	
  e	
  a	
  frequência	
  geno<pica	
  
População	
  I:	
  	
  A1A1=1620/2000=0,81;	
  A1A2=0,18;	
  A2A2=0,01	
  	
  	
  	
  	
  	
  A1(p)=0,9;	
  A2(q)=0,1	
  
População	
  II:	
  	
  A1A1=72/1200=0,06;	
  A1A2=0,92;	
  A2A2=0,02	
  	
  	
  	
  	
  	
  A1(p)=0,245;	
  A2(q)=0,755	
  
	
  
b)\u202f As	
  populações	
  estão	
  em	
  equilíbrio	
  de	
  Hardy-­\u2010Weinberg?	
  	
  
População	
  I:	
  sim	
  
População	
  II:	
  não	
  (freq.	
  esperadas:	
  p2=0,57	
  	
  2pq=0,37	
  	
  q2=0,06)	
  
Mais	
  exercícios	
  para	
  pra%car	
  
Exercício	
   3:	
  Numa	
   população	
   em	
   equilíbrio	
   encontramos	
   1	
   indivíduo	
   albino	
   para	
  
cada	
  625	
  habitantes.	
  Considerando	
  o	
  caráter	
  albinismo	
  recessivo	
  e	
  condicionado	
  por	
  
1	
  par	
  de	
  genes	
  autossômicos,	
  pede-­\u2010se:	
  
	
  
a)	
  As	
  frequências	
  alélicas	
  e	
  genoopicas:	
  
1/625=	
  0,0016=q2	
  	
  	
  	
  q=0,04(freq.	
  a)	
  	
  	
  p=0,96	
  (freq.	
  A)	
  
Frequências	
  alélicas:	
  a=0,04;	
  A=0,96	
  
Frequências	
  genoXpicas:	
  AA=p2=0,9216;	
  Aa=2pq=0,0768;	
  aa=q2=0,0016	
  
	
  
b)	
  A	
  proporção	
  dos	
  demais	
  genó,pos	
  em	
  625	
  indivíduos:	
  
AA=	
  576	
  (0,9216x625);	
  Aa=48	
  (0,0768x625);	
  aa=1	
  
	
  
c)	
  A	
  frequência	
  esperada	
  na	
  geração	
  seguinte	
  de	
  cada	
  genó,po,	
  ocorrendo	
  acasalamentos	
  ao	
  
acaso:	
  	
  
As	
  frequências	
  não	
  mudam	
  
Mais	
  exercícios	
  para	
  pra%car