manual_mercado_virtual
31 pág.

manual_mercado_virtual


DisciplinaIntrodução à Sist. de Inform. Integ.-erp7 materiais167 seguidores
Pré-visualização9 páginas
volume de trabalho que o equipamento deverá executar para 
que o objetivo de produção seja atingido. Este conceito é um pouco diferente do objetivo de 
venda. Neste caso, tem-se uma intenção de venda, que pode concretizar-se ou não, dependendo da 
capacidade e desempenho da área de produção. 
 
-Carga de trabalho: Refere-se ao impacto de pessoal que os volumes de produção geram na 
organização como um todo. Em geral presta-se mais atenção à carga de trabalho da área produtiva, 
por estar diretamente associada ao volume de produção programado. 
 
-Market Share: é a participação da organização nos mercados onde atua. Pode ser medido de 
forma individual (por produto, grupo ou classe) ou agrupado (por ramo de atividade, mercados, 
etc.). 
 
-Oferta e Demanda: Refere-se ao comportamento de produtores (oferta) e consumidores 
(demanda). Pela regra do mercado perfeito a oferta e a demanda oscilam de forma a encontrar 
pontos de equilíbrio entre as ações dos produtores (aumentando ou reduzindo a produção) e dos 
consumidores (aumento ou reduzindo a procura). A variável mais utilizada nestes estudos é o 
 25
preço, embora renda, poupança e investimento afetem de forma significativa a relação 
produtores/consumidores. 
 
-Curva de Possibilidade de Produção: refere-se ao ponto de produção máxima de um ou mais 
produtos. Os livros de economia normalmente exemplificam a produção de dois produtos 
distintos. A curva de possibilidade de produção reflete também um aspecto importante dos fatores 
de produção (terra, capital, trabalho e tecnologia), as dificuldades de conversão destes fatores 
quando se muda o item a ser produzido. Portanto, a configuração de uma empresa (máquinas, 
pessoas e demais recursos) afeta de forma significativa as decisões futuras dela. 
 
-Tomada de decisão: refere-se a definição de uma ou um conjunto de ações a serem executadas 
dentro da atividade de planejamento após a análise da conjuntura que as afetam. 
 
-Contingência: refere-se a uma escola da teoria administrativa, cujo postulado principal é que as 
decisões de cada organização em particular são afetadas pelo contexto em que são tomadas. O 
jogo procura reproduzir este tipo de comportamento. 
 
-Marketing: Uma filosofia organizacional de relacionamento com o mercado, que procura 
identificar as principais variáveis e condicionantes que explicam o comportamento do consumidor, 
tendências e características de mercado, facilidades e dificuldades oferecidas para a colocação de 
produtos. 
 
-Publicidade: Refere-se ao esforço de divulgação do produto ou organização sem desembolso 
financeiro direto, ou seja, faz-se esforços junto aos meios de comunicação para gerar notícias 
envolvendo o produto ou a organização. Exemplos: programas beneficentes podem gerar notícias 
não pagas que têm efeito sobre o produto/organização (patrocinador). 
 
-Propaganda: Refere-se ao esforço de divulgação do produto ou organização através da mídia com 
o apoio de agentes especializados no assunto (agências de propaganda, rádio, televisão, jornal, 
etc.). 
 
-Promoção: Refere-se ao esforço de divulgação e colocação de um produto no mercado, 
especialmente as atividades que permitem um relacionamento direto do consumidor potencial com 
o produto (test drive, degustação, promotores especialmente treinamentos para fornecer 
informações do produto em locais estratégicos, etc.). 
 
Não confundir com promoção enquanto estratégia de venda e atração de clientes através da 
redução de preços e ampla divulgação em mídias. 
 
Existe também a promoção com sorteios, que na realidade é mais uma forma de propaganda do 
que promoção, no sentido acima descrito. 
 
6. INICIANDO O JOGO 
 A primeira decisão do grupo é dimensionar a organização que irá comandar. Ele pode 
optar por manter a estrutura mínima, 1 máquina de cada tipo e aplicar o restante do dinheiro, ou 
criar outra estrutura através da aquisição de equipamentos e infra-estrutura. 
 26
 Como a finalidade do jogo é permitir que cada jogador aprenda operando no mercado, não 
será permitido o empréstimo entre empresas, vendas, fusão ou aquisição de uma empresa por 
outra. 
 A opção por construir uma planta industrial implica em: 
\ufffd Definir a capacidade produtiva da empresa; 
\ufffd E os recursos necessários à sua operacionalização. 
 
A título de exemplo, são apresentados estes cálculos para o caso da empresa desejar 
produzir os quatro produtos nas quantidades médias fornecidas na Tabela 10, página 19 e 
ilustradas nos gráficos 1, 2, 3 e 4. 
 
Tabela 11.Tempo Unitário de Processamento de Cada Produto nas Estações de Trabalho 
TEMPO UNITÁRIO DE PROCESSAMENTO 
Produto Máquina 1 Máquina 2 Máquina 3 Máquina 4 Máquina 5 Máquina 6 Máquina 7 Montagem Totais 
P1 14,2 19,3 17,4 14,2 0 0 0 25 90,1 
P2 20,1 15,8 19,5 25,4 18 0 0 38 136,8 
P3 23,6 19,4 18,7 0 26 55 58 51 251,7 
P4 15,4 22,4 25,3 9,8 32 45 60 80 289,9 
 
Tabela 12. Previsão de Tempo Necessário Para Processar o Volume Desejado em Cada 
Máquina 
TEMPO TOTAL DE PROCESSAMENTO (minutos) 
Unidades Máquina 1 Máquina 2 Máquina 3 Máquina 4 Máquina 5 Máquina 6 Máquina 7 Montagem 
7000 99400 135100 121800 99400 0 0 0 175000 630700 
4700 94470 74260 91650 119380 84600 0 0 178600 642960 
1560 36816 30264 29172 0 40560 85800 90480 79560 392652 
978 15061,2 21907,2 24743,4 9584,4 31296 44010 58680 78240 283522,2 
Totais 245747,2 261531,2 267365,4 228364,4 156456 129810 149160 511400 
 
 
Tabela 13. Equipamentos Necessários Para Atender a Produção Desejada 
9.675 Cálculo do Número de Equipamentos Necessários Para Atender à Média de Produção Obtida Jornada Normal (min) 
Produto Máquina 1 Máquina 2 Máquina 3 Máquina 4 Máquina 5 Máquina 6 Máquina 7 Montagem 9.675 
N.Eq.Jornada Normal 26 28 28 24 17 14 16 53 Jornada Normal 
N.Eq.c/Hora-Extra 17 18 18 16 11 9 11 35 Jornada com Hora Extra
Decisão de Compra 20 21 21 18 13 11 13 59 176 
 
 
 27
Tabela 14. Investimento Necessário Para Construção da Planta Industrial 
 
 Máquina 1 Máquina 2 Máquina 3 Máquina 4 Máquina 5 Máquina 6 Máquina 7 Montagem 
Valor 180.000,00 212.000,00 198.000,00 145.000,00 250.000,00 250.000,00 270.000,00 
Total 3.780.000,00 4.664.000,00 4.554.000,00 2.755.000,00 3.500.000,00 3.000.000,00 3.780.000,00 2.603.300,00 28.636.300,00 
Eq.Auxil. 567.000,00 699.600,00 683.100,00 413.250,00 525.000,00 450.000,00 567.000,00 390.495,00 4.295.445,00 
Inv.Tot.Equp 4.347.000,00 5.363.600,00 5.237.100,00 3.168.250,00 4.025.000,00 3.450.000,00 4.347.000,00 2.993.795,00 32.931.745 
Depreciação 36.225,00 44.696,67 43.642,50 26.402,08 33.541,67 28.750,00 36.225,00 24.948,29 274.431,21 
 
Eq.Adm. 1.134.000,00 1.399.200,00 1.366.200,00 826.500,00 1.050.000,00 900.000,00 1.134.000,00 780.990,00 8.590.890,00 
Depreciação 9.450,00 11.660,00 11.385,00 6.887,50 8.750,00 7.500,00 9.450,00 6.508,25 71.590,75 
Total 5.481.000,00 6.762.800,00 6.603.300,00 3.994.750,00 5.075.000,00 4.350.000,00 5.481.000,00 3.774.785,00 41.522.635,00 
OBS: Cada jogo apresenta um valor unitário para equipamentos. Atualizar a planilha 
dimensionamento conforme dados recebidos do gestor. 
 
Tabela 15. Folha de Pagamento 
Cálculo da Folha e Encargos Sociais 
 Número Salário Sal Bruto FGTS INSS Sal.Líquido 
Número de Operários 117 800,00 93.600,00 7.488,00 27.144,00 86.112,00 
Montagem 59 800,00 47.200,00 3.776,00 13.688,00 43.424,00 
Demais serviços 96 800,00 76.800,00 6.144,00 22.272,00 70.656,00 
 Administrativo 141 12.000,00 1.692.000,00 135.360,00 490.680,00 1.556.640,00 
Totais 413 8.176,27 1.909.600,00 152.768,00 553.784,00 1.756.832,00 
Total+HE 1.776.600,00 142.128,00 515.214,00 2.433.942,00 
Só operários+HE 265.113,49 21.209,08 76.882,91 363.205,48 
 
Tabela 16. Cálculo da Área a Ser Construída 
Cálculo da Área Ocupada 
 Máquina 1 Máquina 2 Máquina 3 Máquina 4 Máquina 5 Máquina 6 Máquina 7 Montagem 
Área (m2) 30 35 25 40 50 35 60 791,1 
Máquinas 
600 735 525 720 650 385 780 791,1 5186,1 
Administração 180 220,5 157,5 216 195 115,5 234 237,33 1555,83