RESUMO AV2
48 pág.

RESUMO AV2


DisciplinaMarketing de Varejo490 materiais4.098 seguidores
Pré-visualização14 páginas
SEGMENTOS DO VAREJO, A INSTALAÇÃO EM PONTOS DESOCUPADOS, PRÓXIMOS AOS JÁ ESTABELECIDOS, OU NA MESMA ÁREA DE INFLUÊNCIA, VISANDO BLOQUEAR A ENTRADA DE UM NOVO CONCORRENTE. ESSA TÁTICA É UTILIZADA PRINCIPALMENTE NO SEGMENTO DE DROGARIAS, QUE BUSCAM OCUPAR ESPAÇOS EM NICHOS RENTÁVEIS, ELIMINANDO PROVÁVEIS COMPETIDORES.
3- PEQUENAS COMUNIDADES - SÃO ÁREAS COM BAIXO GRAU DE CONCORRÊNCIA, PORÉM COM OPORTUNIDADE DE COMPRAS. SÃO MERCADOS FÁCEIS DE COMPREENDER E SATISFAZER. ESSA ESTRATÉGIA FOI UTILIZADA PELO WAL-MART, QUE INSTALOU LOJAS EM PEQUENOS MUNICÍPIOS ONDE HAVIA RELATIVAMENTE POUCAS LOJAS. 
O CRESCIMENTO VERIFICADO POSTERIORMENTE FEZ AUMENTAR A FATIA DE MERCADO NOS MUNICÍPIOS E ATRAIU OUTRAS COMUNIDADES DAS REDONDEZAS, O QUE LEVOU OUTROS VAREJISTAS A REFORMULAR SUAS ESTRATÉGIAS OU MESMO ABANDONAR OS NEGÓCIOS.
AVALIAÇÃO DOS ASPECTOS FÍSICOS DO LOCAL
1- ESTACIONAMENTO - É FUNDAMENTAL PRIORIZAR A SUA OFERTA ATRAVÉS DO OFERECIMENTO DE ESTACIONAMENTO A SEUS CLIENTES, ESTABELECENDO CONVÊNIOS SE POSSÍVEL OU O APROVEITAMENTO DE QUALQUER ESPAÇO LIVRE PARA ESTE FIM.
2- ACESSIBILIDADE - ESTÁ RELACIONADO COM A FACILIDADE QUE O CLIENTE TEM PARA ENTRAR E SAIR. HÁ QUE SE CONSIDERAR O NÍVEL DE TRÁFEGO E CONGESTIONAMENTO NOS HORÁRIOS DE RUSH, CONDIÇÕES DA VIA, FLUXO DIÁRIO DE VEÍCULOS, MORADIA, TRABALHO, EXISTÊNCIA DE PONTO DE ÔNIBUS PRÓXIMO AO LOCAL E DE PISTA EXCLUSIVA PARA CIRCULAÇÃO, BARREIRAS QUE DIFICULTEM O ACESSO DO CONSUMIDOR (CANAL, VIADUTO, PISTA COM CANTEIRO CENTRAL) E ESPAÇO PARA CARGA E DESCARGA DE MERCADORIA.
ESSES FATORES EXTERNOS DEVEM SER PREVIAMENTE ANALISADOS PELO VAREJISTA, POIS PODERÃO FACILITAR OU PREJUDICAR O NEGÓCIO. 
COM RELAÇÃO AO ACESSO À PRÓPRIA LOJA, VALE LEMBRAR QUE A EXISTÊNCIA DE ESCADAS COM MAIS DE TRÊS OU QUATRO DEGRAUS PODE DESANIMAR CERTOS CONSUMIDORES. OUTRO ASPECTO A SER CONSIDERADO É A FACILIDADE DE ACESSO PARA DEFICIENTES FÍSICOS.
3- VISIBILIDADE - DEPENDENDO DO TIPO DO NEGÓCIO, É IMPORTANTE QUE O CONSUMIDOR POSSA AVISTAR, A UMA DETERMINADA DISTÂNCIA, ALGUM \u201cTOTEM\u201d (GRANDE PLACA DE IDENTIFICAÇÃO NO ALTO DE UM POSTE, MUITO USADOS PELO MCDONALD\u2019S E POSTOS DE COMBUSTÍVEL) OU MESMO A FACHADA DA LOJA. NO SEGMENTO DE COMBUSTÍVEIS, O CONSUMIDOR DEVE PODER AVISTAR O \u201cTOTEM\u201d A UMA DISTÂNCIA DE PELO MENOS 300 METROS PARA QUE SEU ACESSO SEJA SEGURO.
4- EXISTÊNCIA DE CALÇADA - É UMA FORMA DE ATRAIR O CONSUMIDOR QUE CIRCULA A PÉ PELA ÁREA. NO ENTANTO, DEVIDO AO CAOS URBANO, É COMUM EXISTIREM OBSTÁCULOS À CIRCULAÇÃO COMO O ESTACIONAMENTO IRREGULAR DE VEÍCULOS SOBRE AS CALÇADAS.
FATORES DE ATRAÇÃO DE UM PONTO
- ATRAÇÃO GERADORA - É DECORRENTE DA PROPOSTA INICIAL DE COMPRA PLANEJADA, OU SEJA, O CONSUMIDOR SE DESLOCA COM O OBJETIVO DE ATENDER ÀS SUAS NECESSIDADES.
- ATRAÇÃO SUSCETÍVEL - ACONTECE POR IMPULSO OU COINCIDÊNCIA DURANTE O DESLOCAMENTO.
- ATRAÇÃO POR NEGÓCIOS COMPARTILHADOS - ATRAÇÃO GERADORA DE VIZINHOS, COMO OCORRE QUANDO UM CONSUMIDOR, AO IR À PADARIA DE MANHÃ, RESOLVE COMPRAR O JORNAL EM UMA BANCA PRÓXIMA.
- ATRAÇÃO CUMULATIVA - É O CASO DE SHOPPINGS CENTERS QUE AGREGAM UM TENANT-MIX (COMPOSIÇÃO DE INQUILINOS LOJISTAS) CRITERIOSAMENTE PLANEJADO, COMBINANDO VÁRIAS LOJAS NO MESMO ESPAÇO E CRIANDO UMA FORTE SINERGIA QUE ATRAI MAIS CONSUMIDORES DO QUE SE AS LOJAS ESTIVESSEM EM LOCAIS SEPARADOS. 
HISTÓRIA DO PONTO
PODE-SE CONHECER A HISTÓRIA DO PONTO ATRAVÉS DE INFORMAÇÕES DE VIZINHOS, MORADORES ANTIGOS E FUNCIONÁRIOS QUE TRABALHAM NO BAIRRO. É IMPORTANTE OBTER INFORMAÇÕES A RESPEITO DE EVENTUAIS MUDANÇAS NO FLUXO DE TRÁFEGO, NO NÍVEL DE SEGURANÇA, NAS CONDIÇÕES DE DRENAGEM EM DIAS DE CHUVA FORTE, NO CRESCIMENTO E NA DENSIDADE POPULACIONAL DA REGIÃO, BEM COMO SOBRE OS FORMATOS DE VAREJO QUE ALI JÁ EXISTIRAM E POR QUE FECHARAM.
RESTRIÇÕES DA PREFEITURA
É FUNDAMENTAL QUE O VAREJISTA CONHEÇA A LEI DO ZONEAMENTO URBANO E AS RESTRIÇÕES IMPOSTAS PELA PREFEITURA PARA ATIVIDADES COMERCIAIS, TAXAS E IMPOSTOS, BEM COMO OS PADRÕES PARA SINALIZAÇÃO E USO DE MERCHANDISING, PARA QUE NÃO VENHAM A DESCOBRIR DEPOIS DA AQUISIÇÃO QUE SEU RAMO DE NEGÓCIOS NÃO É PERMITIDO NAQUELE LOCAL.
RECOMENDAÇÕES FINAIS PARA A ESCOLHA DO PONTO COMERCIAL
PARA UMA MELHOR VISÃO, TIRAR FOTOS AÉREAS.
CIRCULAR A PÉ NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DO PONTO EM DIFERENTES HORÁRIOS.
DE ACORDO COM O PERFIL DO NEGÓCIO, AVALIAR O MELHOR POSICIONAMENTO: BAIRRO/CENTRO OU CENTRO/BAIRRO.
ATENTAR AOS CORREDORES DE PASSAGEM (GRANDES AVENIDAS), POIS NEM SEMPRE UM GRANDE FLUXO SIGNIFICA CLIENTES POTENCIAIS.
DEPENDENDO NO NEGÓCIO, ESCOLHER CLIENTES NO LADO DA RUA ONDE FAZ SOMBRA À TARDE, QUANDO O MOVIMENTO DE PEDESTRES É MAIOR.
PARA LOJAS COM PRODUTOS DE COMPRA POR IMPULSO, ESCOLHER PONTOS COM INTENSO TRÁFEGO DE PEDESTRES À SUA FRENTE.
VERIFICAR VIZINHANÇA.
AULA 07 - PROMOÇÕES DE VENDAS
NESTA AULA, SERÃO ABORDADOS OS ASPECTOS PRIMORDIAIS PARA A PROMOÇÃO DE VENDAS. A UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO QUE OTIMIZEM OS INVESTIMENTOS E GEREM FLUXO DE CAIXA PARA AS EMPRESAS QUE COMPREENDEM TIPOS DE LAYOUT, DISTRIBUIÇÃO DE ESPAÇOS, RELAÇÕES PÚBLICAS, PROPAGANDA, MARKETING DIRETO, INDICADORES DE DESEMPENHO \u201cTICKET COUNT\u201d E \u201cTICKET MÉDIO\u201d.
A PROMOÇÃO É UMA DAS FERRAMENTAS MERCADOLÓGICAS MAIS IMPORTANTES PARA O VAREJO, PRINCIPALMENTE QUANDO SE LEVA EM CONTA A CONCORRÊNCIA ACIRRADA E O NÍVEL DE INFORMAÇÃO DO CLIENTE ATUAL. É A COMUNICAÇÃO DO VAREJO COM O PÚBLICO-ALVO POR VÁRIAS FORMAS DIFERENTES.
FATORES IMPORTANTES A CONSIDERAR:
65% DAS DECISÕES DE COMPRA SÃO TOMADAS NA PRÓPRIA LOJA;
45% DOS CLIENTES SÃO INFLUENCIADOS POR ESTÍMULOS NO PONTO-DE-VENDA NA HORA DE DECIDIR A COMPRA;
CONSUMIDORES COMPRAM DE 15 A 20% MAIS QUANDO AS LOJAS SÃO ESTIMULANTES PARA A COMPRA. POR ISSO, O LAYOUT É ESSENCIAL PARA QUE A LOJA GANHE PRODUTIVIDADE MÁXIMA.
O DESAFIO É UTILIZAR O AMBIENTE DA MELHOR FORMA POSSÍVEL, COM O APELO VISUAL ADEQUADO, FAZENDO COM QUE O CLIENTE SE SINTA À VONTADE E CONFORTÁVEL DURANTE O PROCESSO DE COMPRA. O CLIENTE COMPRA MUITO MAIS QUE MERCADORIAS! POR ISSO, O LAYOUT DA LOJA DEVE SER O MAIS ATRAENTE POSSÍVEL. MAS PARA ISSO É PRECISO ESTUDAR O CLIENTE, SABER O QUE FAZ DENTRO DA LOJA, AONDE VAI, POR ONDE CIRCULA, O QUE OLHA, O QUE CHAMA SUA ATENÇÃO, COMO COMPRA E PORQUE COMPRA. 
ATENÇÃO = O CLIENTE MUDA O TEMPO TODO. ALÉM DISSO, SE CANSA RAPIDAMENTE DE ELEMENTOS VISUAIS. A DECORAÇÃO DA LOJA, CORES UTILIZADAS, ILUMINAÇÃO, PERFUME, MOBILIÁRIO, ENTRE OUTROS, DEVEM REFLETIR CONCEITOS VALORIZADOS PELO CLIENTE.
LAS CASAS (2010) FALA QUE HÁ UMA INTERAÇÃO ENTRE HÁBITOS DE COMPRA E ESPAÇO, OU SEJA, OS HÁBITOS DE COMPRA DETERMINAM A FORMA COM QUE O VAREJISTA ALOCARÁ O ESPAÇO PARA EXPOR SUAS MERCADORIAS DA MESMA FORMA COM QUE HÁ UMA INTERFERÊNCIA DESTE ESPAÇO NO PROCESSO DE COMPRA DO CONSUMIDOR.
A QUESTÃO DA SUSTENTABILIDADE ESTÁ SENDO LEVANTADA PELO VAREJO. O WALMART, POR EXEMPLO, ESTÁ DESENVOLVENDO UM PROJETO ARROJADO, ENVOLVENDO SEUS FORNECEDORES, A PARTIR DE UM NOVO PADRÃO DE PRODUÇÃO E CONSUMO, MODIFICANDO E FORMANDO COMPORTAMENTO, CRIANDO UMA NOVA CULTURA.
O LAYOUT DEPENDE DO TAMANHO DA LOJA. UMA LOJA DE DEPARTAMENTO TERÁ QUE DISPOR DE TAMANHO ADEQUADO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. LOJAS QUE ATENDEM ÀS CLASSES MAIS PRIVILEGIADAS DA POPULAÇÃO, COMO A E B, TENDEM A TER ESPAÇOS MAIORES, UMA VEZ QUE HÁ PREFERÊNCIA POR ESPAÇOS MAIS AMPLOS. A ORGANIZAÇÃO DO LAYOUT É FEITA PARA MELHOR APROVEITAR O FLUXO DE CLIENTES. ÁREAS DE MAIOR TRÂNSITO SÃO AQUELAS PERTO DE PORTAS E ESCADAS, ELEVADORES OU DOS CAMINHOS ENTRE A PORTA, AS ESCADAS E OS ELEVADORES. A ORGANIZAÇÃO DO LAYOUT É FEITA PARA MELHOR APROVEITAR O FLUXO DE CLIENTES. ÁREAS DE MAIOR TRÂNSITO SÃO AQUELAS PERTO DE PORTAS E ESCADAS, ELEVADORES OU DOS CAMINHOS ENTRE A PORTA, AS ESCADAS E OS ELEVADORES. 
MERCADORIAS DE COMPRA POR IMPULSO DEVEM SER COLOCADAS EM LOCAIS DE MAIOR TRÂNSITO, GERALMENTE SÃO COLOCADOS NO TÉRREO, NO 1º ANDAR E PRÓXIMOS AO CAIXA. POR OUTRO LADO, PRODUTOS DE COMPRA COMPARADA SÃO COLOCADOS EM ÁREAS PERIFÉRICAS DE MENOR TRÂNSITO E COM MAIS CONFORTO PARA FACILITAR O PROCESSO DECISÓRIO. JÁ PRODUTOS COMPLEMENTARES SÃO ARRUMADOS PRÓXIMOS UNS DOS OUTROS, INFLUENCIANDO A COMPRA DE