Administração
5 pág.

Administração


DisciplinaAdministração110.154 materiais784.073 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Administração
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Administração é o ato ou processo de gerir, reger ou governar negócios públicos ou particulares.
A palavra administração vem do latim ad (direção, tendência para algo) e minister (subordinação ou obediência), e designa o desempenho de tarefas de direção dos assuntos de um grupo. É utilizada em especial em áreas com corpos dirigentes poderosos , como por exemplo no mundo empresarial (administração de empresas) e em entidades dependentes dos governos (administração pública). Outro sentido da palavra refere-se à administração (ou seja, à oferta) de sacramentos, de justiça, medicamentos etc.
	Índice
1 Negócios 
1.1 Processo administrativo
1.2 Atividade administrativa
1.3 Profissão
2 Área de conhecimento 
2.1 Teorias da administração de empresas
2.2 Cronologia das teorias da administração
2.3 Teorias Administrativas, suas ênfases e seus principais enfoques
2.4 Áreas da administração
Negócios
Quando se trata de negócios, a administração consiste na gestão de recursos, tomada de decisões importantes, negociações e transações.
[Processo administrativo
Como processo significa planejar, dirigir, organizar, coordenar, e controlar organizações e tarefas, tendo como objetivo maior a produtividade e a lucratividade. Para se chegar a isto, o administrador avalia os objetivos organizacionais e desenvolve as estratégias necessárias para alcançá-los.
O administrador, no entanto, não tem apenas função teórica, ele é responsável pela implantação de tudo que planejou e, portanto, vai ser aquele que define os programas e métodos de trabalho, avaliando os resultados e corrigindo os setores e procedimentos que estiverem com problemas. É sua função garantir a produtividade e os lucros da organização; além de fiscalizar a produção, evitando desperdícios e prejuízos pra a organização.
Atividade administrativa
Como sistema ou atividade dinâmica, consiste em tomar decisões sobre objetivos e recursos. A estrutura administrativa é inerente a qualquer situação em que haja pessoas utilizando recursos para atingir algum tipo de objetivo. A visão estruturalista, que alcança noções de ambiente e equilíbrio do sistema administrativo ou organizacional, passou a dar à Administração uma conotação diferente da do vocábulo Gestão, que até a pouco tempo no Brasil se considerava como termos sinônimos.
Gestão passou a significar de forma mais comum a interferência direta dos gestores nos sistemas e procedimentos empresariais. Em Contabilidade, por exemplo, podem ser observados dois tipo de gestores: aqueles que observam os preceitos científicos da matéria ou interferem ao fim do sistema (output). E aqueles que interferem em qualquer fase do sistema (input, processamento, output). Isto significa dizer que tais processos são efetivados pelo poder de liderança enfocado por cada um.
Profissão
Como profissão, a administração compreende a elaboração de pareceres, relatórios, planos, projetos, arbitragens e laudos, em que se exija a aplicação de conhecimentos inerentes às técnicas de organização, tais como: pesquisas, estudos, análises, interpretação, planejamento, implantação, coordenação e controle dos trabalhos nos campos de administração geral, como: administração e seleção de pessoal, organização, análise, métodos e programas de trabalho, orçamento, administração de material e financeira, administração mercadológica, administração de produção, relações industriais, bem como outros campos em que estes de desdobrem ou com os quais sejam conexos.
Atuam em diversas áreas e seus desdobramentos, a saber:
Administração Financeira
Administração de Recursos Materiais
Administração Mercadológica ou Marketing
Administração da Produção
Administração de Recursos Humanos
Administração de Recursos Orçamentários
Organização e Métodos e Programas de Trabalho
Outros campos conexos
Área de conhecimento
Teorias da administração de empresas
As teorias da administração podem ser divididas em várias correntes ou abordagens. Cada abordagem representa uma maneira específica de encarar a tarefa e as características do trabalho de administração.
Abordagem clássica da administração 
Administração científica
Teoria clássica da administração
Abordagem humanística da administração 
Teoria das relações humanas
Abordagem neoclássica da administração 
Teoria neoclássica da administração
Administração por objetivos (APO)
Abordagem estruturalista da administração 
Modelo burocrático da administração
Teoria estruturalista da administração
Abordagem Comportamental da Administração 
Teoria comportamental da administração
Teoria do desenvolvimento organizacional (D.O.)
Abordagem sistêmica da administração 
Principios e Conceitos Sistêmicos
Cibernética e administração
Teoria matemática da administração
Teoria geral de sistemas
O Homem Funcional
Abordagem contingencial da administração 
Teoria da contingência
Mapeamento Ambiental
Desenho Organizacional
Adhocracia
O Homem Complexo
Administração Participativa 
Administração Japonesa
Cronologia das teorias da administração
Ano:...Teoria:
1903...Administração científica
1909...Teoria da burocracia
1916...Teoria clássica da administração
1932...Teoria das relações humanas
1947...Teoria estruturalista
1951...Teoria dos sistemas
1953...Abordagem sociotécnica
1954...Teoria neoclássica da administração
1957...Teoria comportamental
1962...Desenvolvimento organizacional
1972...Teoria da contingência
Teorias Administrativas, suas ênfases e seus principais enfoques
	Ênfase
	Teorias administrativas
	Principais enfoques
	Tarefas
	Administração científica
	Racionalização do trabalho no nível operacional
	Estrutura
	Teoria clássica
Teoria neoclássica
	Organização Formal;
Princípios gerais da Administração;
Funções do Administrador
	
	Teoria da burocracia
	Organização Formal  Burocrática;
Racionalidade Organizacional;
	
	Teoria estruturalista
	Múltipla abordagem:
  Organização formal e informal;
  Análise intra-organizacional e análise interorganizacional;
	Pessoas
	Teoria das relações humanas
	Organização informal;
Motivação, liderança, comunicações e dinâmica de grupo;
	
	Teoria do comportamento organizacional
	Estilos de Administração;
Teoria das decisões;
Integração dos objetivos organizacionais e individuais;
	
	Teoria do desenvolvimento organizacional
	Mudança organizacional planejada;
Abordagem de sistema aberto;
	Ambiente
	Teoria estruturalista
Teoria neo-estruturalista
	Análise intra-organizacional e análise ambiental;
Abordagem de sistema aberto;
	
	Teoria da contingência
	Análise ambiental (imperativo ambiental);
Abordagem de sistema aberto;
	Tecnologia
	Teoria da contingência
	Administração da tecnologia (imperativo tecnológico);
As principais Teorias Administrativas e seus principais enfoques
A teoria geral da administração começou com a ênfase nas tarefas, com a administração científica de Taylor. A seguir, a preocupação básica passou para a ênfase na estrutura com a teoria clássica de Fayol e com a teoria burocrática de Max Weber, seguindo-se mais tarde a teoria estruturalista. A reação humanística surgiu com a ênfase nas pessoas, por meio da teoria comportamental e pela teoria do desenvolvimento organizacional. A ênfase no ambiente surgiu com a Teoria dos Sistemas, sendo completada pela teoria da contingência. Esta, posteriormente, desenvolveu a ênfase na tecnologia. Cada uma dessas cinco variáveis - tarefas, estrutura, pessoas, ambiente e tecnologia - provocou a seu tempo uma diferente teoria administrativa, marcando um gradativo passo no desenvolvimento da TGA. Cada teoria administrativa procurou privilegiar ou enfatizar uma dessas cinco variáveis, omitindo ou relegando a um plano secundário todas as demais. 
Áreas da administração
Administração financeira
Administração da produção
Administração pública
Administração de Materiais
Logística
Marketing
Recursos humanos
Sistema de informação
Organização de Sistemas e Metodos