[Prof. Carlão] Moagem

[Prof. Carlão] Moagem


DisciplinaProcessamento de Minerais I213 materiais2.115 seguidores
Pré-visualização4 páginas
secundária e intermediária o custo unitário de energia é comparável com o da moagem convencional. 
*
*
*
MOINHOS SEMIAUTÓGENOS 
Neste método utiliza-se como meio moedor a combinação do minério com uma reduzida carga de bolas de aço. O volume de bolas na faixa de 6 a 10% do volume do moinho. Este tipo de moinho é utilizado atualmente na moagem a seco de asbesto, talco e mica.
Para controlar o tamanho crítico, alguns pesquisadores sugeriram a introdução no circuito de um britador de mandíbulas pequeno que pode ser incluído ou excluído do fluxograma de acordo com a exigência de carga do moinho.
*
*
*
Moinhos Muticâmaras
São praticamente dois ou mais moinhos montados sobre o mesmo cilindro com câmaras separadas por diafragma. A primeira câmara pode utilizar barras ou bolas grossas e as demais bolas finas ou cylpebs.
*
*
*
Revestimento para moinhos tubulares
Fatores que influenciam a escolha do revestimento:
tipo e tamanho de moinho;
velocidade do moinho;
tipo de descarga;
característica da alimentação e dos corpos moedores;
tipo de moagem;
distribuição granulométrica.
*
*
*
Tipos de revestimento:
moinhos de barras;
ondas simples de aço de liga fundida ou de ferro fundido, são resistentes a abrasão;
placas e barras resinadas, tipo \u201clift barr\u201d;
tipo Noranda;
tipo Noranda modificado;
Para moinhos de pequena dimensão podem ser usados revestimento de borracha. Moagem fina utilizar revestimento liso, moagem grossa revestimento com maior rugosidade.
*
*
*
Revestimentos Moinho de bolas os mais usados são:
onda dupla para moagem fina com bolas de até 60 mm de diâmetro;
onda simples moagem grossa com bolas de diâmetro superiores a 60 mm.
Revestimento de moinhos primários com bolas grandes(90 a 100 mm) \u2013 são recomendados revestimentos de onda arredondada e assimétrica.
Altura da onda de ½ a 1 vez o diâmetro da bola, devendo o espaçamento ser igual a 1,5 vezes o diâmetro das bolas.
uma ou duas entradas.
*
*
*
O revestimento de borracha
revestimento mais econômico para moagem secundária e remoagem. O revestimento de borracha apresenta uma vida útil longa nestas aplicações e geralmente tem substituído o aço em aplicações a úmido, onde a corrosão é um fator importante. A relação de custo entre a borracha e o aço tem mudado dramaticamente, no passado a borracha foi mais cara que o aço, mas hoje o custo de borracha é a metade do custo do aço, calculado sobre a base do volume. Isto tem feito a borracha uma alternativa econômica em diversas aplicações de moagem primária.
vantagens distintas sobre o aço, tais como, mais fácil a instalação e remover. Mais seguro de ser manuseado com menos risco de acidentes, rápida troca, menos barulho e mais leve. 
Os últimos desenvolvimentos tem utilizado juntos borracha e aço. Um exemplo é o trellex, aço recoberto com borracha para aplicação em moagem primária. 
*
*
*
O revestimento magnético orebed
tem a vantagem de criar uma força magnética. A superfície usada é feita de material ferromagnético, podendo ser magnetita ou chips de meio moedor. 
*
*
*
Alimentação
Scop feeder é a mais utilizada quando se empregam classificadores espirais e moinho pequeno(dispensa bomba de alimentação), permite montar ciclones em um nível mais baixo. Apresenta custo de manutenção mais elevado que o spout feeder. Pode ser de uma ou duas entradas.
Spout feeder \u2013 quando utiliza classificação em ciclones, no entanto exige que os ciclones estejam montados a uma altura suficiente para garantir alimentação direta do moinho. 
Drum feeder \u2013 requer uma altura de queda para alimentação menor que o exigido pelo spout.
*
*
*
Carregamento Moinho
*
*
*
Velocidade do moinho
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS 
Moinho de bolas com concepção mecânica e ação de moagem.
Totalmente diferente dos moinhos de bolas tradicionais.
Devido a sua concepção mecânica, a ação de moagem ocorre somente por atrição.
Utilizado para material com uma granulometria fina num ambiente de operação úmido.
Fonte: MINERALS, Metso, 2002
*
*
*
Vertimill
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS
VANTAGENS:
 - Baixo custo de instalação
 - Alta eficiência energética
 - Menor espaço para instalação
 - Baixo nível de ruído - Normalmente abaixo de 85dB.
 - Poucas partes móveis
 - Dispensa complexo sistema hidráulico
 - Permite bom controle da granulometria do produto
 - Consegue controlar geração de ultrafinos (overgrinding)
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS
 - Alta disponibilidade - Poucas partes móveis, alta durabilidade de peças de desgaste e manutenção simples 
 - Menores custos operacionais
 - Grande segurança operacional - Elimina problema da carga congelada e operação em vazio.
 - Flexibilidade de aplicação - baixa redução ou alta redução sem aplicação de fatores de ineficiência.
 - Menos geração de finos
 - Menos tempo de parada para manutenção
 - Fundação simples
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS
BAIXO CUSTO DE INSTALAÇÃO
 - A fundação é pedestal simples de concreto \u2013 Baixíssima carga dinâmica horizontal e vertical. Somente carga estática vertical
 Moinho de bolas 2000HP = 270m3
 Vertimill 1250HP = 110m3
 - Curto prazo de montagem - Vertimills de grande porte são rotineiramente montados em menos de duas semanas com mão-de-obra normal.
 - Não necessita de alinhamentos complicados
 
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS
LIMITAÇÕES
 - Tamanho máximo de alimentação: 6mm
 - Somente moagem via úmida
 - Potência limitada atualmente em 1500HP
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS
DIMENSIONAMENTO
 - Dimensionamento convencional usando método de Bond para determinação de potência e aplicando fator redutor de potência
 - Através de teste em escala bancada e piloto. Disponível no laboratório de York - USA e Austrália
CARGA DE BOLAS
 - Enchimento: 70 - 80% dependendo da aplicação
 - Diâmetro máximo: 1\u201d
 - Graduação típica: 1\u201d- 7/8\u201d-1/2\u201d- 3/8\u201d
FAIXA DE TAMANHO
 - Modelos padronizados de 10HP A 1500HP
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS
VISTA DO CONJUNTO:
Fonte: MINERALS, Metso, 2002
*
*
*
MOINHOS VERTICAIS
Fonte: MINERALS, Metso, 2002
PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO
*
*
*
 MOINHOS VERTICAIS
PRINCIPAIS APICAÇÕES
 - Qualquer moagem com alimentação < 6mm e produto até 10 micra
 - Particularmente eficiente em moagem fina (60 - 20 micra)devido à ação puramente de atrição
 - Moagem primária de minério britado < 6mm
 - Moagem secundária após AG, SAG, moinho de bolas e barras
 - Remoagem de material resultante de processos de concentração tais como jigagem, flotação. 
 - Hidratação de cal
 	
*
*
*
 MOINHOS VERTICAIS
Fonte: MINERALS, Metso, 2002
*
*
*
MOINHOS DE ROLOS
Os moinhos de rolos são utilizados na moagem fina de materiais com baixa a média resistência à fragmentação, tais como carvão, linhito, calcário, cal, argilas, entre outros 
As partículas produzidas tendem a ser uniformes no tamanho; isto é, partículas muito finas do material são geradas. A forma das partículas tende a ser irregulares, mais cúbicas ou retangulares do que esféricas.
*
*
*
MOINHOS DE ROLOS
(Fonte: KOCH, Kim) 
*
*
*
MOINHOS DE ROLOS
VANTAGENS
 - Eficiência energética.
 - Distribuição uniforme no tamanho das partículas.
 - Poucos ruído e geração da poeira.
DESVANTAGENS
 - Quase nenhum efeito na fibra das partículas.
 - Tendem a ser irregulares na forma e na dimensão.
 - Pode ter o custo inicial elevado (depende do sistema do projeto). 
 - Quando requerida, a manutenção pode ser cara.
*
*
*
MOINHOS DE ROLOS
MOINHOS DE ROLOS COM PISTA DUPLA DE MOAGEM
 - Máquina universal e de maior rendimento para a preparação de argilas a úmido 
 - Todo material é eficazmente desagregado, moído, amassado, misturado e umedecido de forma totalmente uniforme.
(Fonte: VERDES) 
*
*
*
MOINHOS DE ROLOS
DESCRIÇÃO DO PROJETO E OPERAÇÃO
Características de projeto:
 - Um dispositivo de distribuição para fornecer uma constante e um uniforme uma quantidade do material a ser moído. 
 - Um par dos rolos montado horizontalmente em uma estrutura rígida. 
 - Um rolo é fixado em posição e o outro pode ser movido próximo ou distante do rolo fixo. 
 - Os rolos contrários giram ambos na mesma velocidade ou um pode