cir de grandes 02.05.12
4 pág.

cir de grandes 02.05.12


DisciplinaPatologia Cirúrgica de Grandes Vertebrados18 materiais149 seguidores
Pré-visualização1 página
Vamos imaginar que eu coloquei a pinca e não consegui pegar testículo. Vou pegar meus dedos e vou colocar no canal ingnal externo e fazer movimentos de abrir os dedos e fechar os dedos, com isso abro espaço para entrar com a mao, o canal vai se afastando e abrindo.
Quando introduzo a mao faço o movimento de concha para tras com a mao,
Tem vezes que não consigo afastar o anel ingnal porque tem muita pressão da alça
Depois da divulsao vou decidir se vou fazer a invasiva ou não invasiva
Depois que eu trouxe o testículo e ela estiver com as túnicas, vamos fazer a técnica de castração fechada
Tem situações que trouxe testículo sem túnica, agente castra assim mesmo
O cordão espermático com 
Nossa intenção é prevenir uma eventração ou hérnia.
Esse anel ingnal externo, que é difícil de ver, agente sente com os dedos a parede do anel ingnal externo, e é feito uma ráfia com fio inabsorvível que pode ser nylon. Para formar um fibrosamento na fáscea (que estou suturando, porque se fosse músculo eu poderia utilizar um fio absorvível) e eu garantir que fechou aquele anel
Na dificuldade, faço paramediana do lado
Para criptorquida pedir o ultrassom
Criptorquidismo abdominal
Amputação do pênis (equino)
Isso é muito comum nessa espécie, traumas ou tumores. 
Um ex: paralisia peniana causada por trauma, agente tem que tomar cuidado que os garanhoes sobem pra cobrir a egua por cerca. Depois da paralisia ela não retorna.
A amputação é anterior ao ponto do problema com uma certa margem de segurança
Transoperatório:
A anestesia é geral, não tem como fazer amputação sem anestesia geral, seja ela IV ou inalatoria.
3 pontos fundamentais:
Torriquete: é fundamental para impedir o sangramento maciço do corpo cavernoso durante a amputracao, o que nos dá segurança para ligar os grandes vasos e depois soltar o torniquete
O torniquete na base do penis
Preciso remover a sonda no transoperatório
A cirurgia sempre sera feita pela parte ventral do penis.
Não pode torcer nunca o penis 
Triangular na parte ventral do penis
Incisão triangular: vai ser na pele. a sonda uretral está lá para servir de guia. Na parte ventral da 
Incisão triangular com a base voltada para glande. Depois que eu for fazer a sutura final, ela fica elíptica, depois ela volta a ser triangular. Se eu não faço, não consigo fazer outra estrutura anatômica
Incidi na luz da uretra: tenho pele, tec conjuntivo, corpo cavernoso, e uretra, qu
Vou reconstruir um osteo uretral
Começo a suturar a mucosa da uretra na pele para fixar e deixar aberto. Só que eu não posso suturar mais do que 2/3, pq quando eu amputar, essa mucosa eu vou fechar com a pele para fechar o coto da amputação.
Fecho primeiro o corpo cavernoso para depois fechar a pele com a base do triangulo.
O osteo fica bem maior com objetivo de não estenosar. O animal já começa a urinar depois da cirurgia tranquilamente. Com o passar dos dias da operação ela dá uma estreitada de novo.
Terminou a cirurgia, agente vai liberando o garrote. As vezes precisamos deixar por mais uma meia hora para que os pequenos vasos que não foram ligados pararem de sangrar.
É uma cirurgia simples, precisa de anestesia geral.
Envolve antibiótico e antiinflamatório
O professor nunca teve necessidade de prescrever ducha de água fria. 
Faço ponto simples, porque se soltar um ponto o outro segura e cicatriza da mesma forma.
Uretrotomia / Uretrostomia (não cai na AV2)
Isso é muito comum em pequenos ruminantes, mas também acontece com grandes
Muitas vezes os urolitos, os cálculos uretrais (ex: estruvita) e é obrigado a descartar reprodutores 
Os cálculos de estruvita são mais corriqueiros, e tem origem em animais que tem alto teor de grãos na dieta. Alem de cobrir e doar sêmen, eles tem a parte estética, e comem muito concentrado. Com isso auemtna a quantidade de muco, a urina já é alcalina, 
O que eles tem de comum que favorece 
Tem um processo uretral de forma espiralada, pode ter no S peniano ou lá na uretra que termina no processo vermiforme
Quando está no processo vermiforme vc amputa com uma lidocaína local
O maior problema é quando está obstruído no S peniano
Agente recebe quando aderiu a uretra, o que inviabiliza de desobstruir. 
A sonda não passa pelo S peniano e nem pelo divertículo, ela bate no fundo de saco e não passa para a bexiga. 
Técnica cirúrgica:
Quando deixo aberto
Há alta incidência de estenose uretral após a cirurgia 
Quando os animais não são reprodutores, vamos fazer a uretrostomia, lavar, desobstruir, castrar o animal e depois de 30 dias mandar ele para o abate. Há chance de estenose e obstrução de novo
Desobstrução pela técnica de folen 
Acidificação da urina para dissolver os cálculos de estruvita.
Tem sucesso de 70%. 
Fixa o penis na pele e a mucosa uretral fica aberta
Em casos graves agente tem que amputar, mas que é mais fácil do que de equino
Amputação de prepúcio em touro
Cirurgia simples, comum, e não pode ser confundida com a amputacao de penis em touros
O que leva: acrobustite, que é o processo inflamatório do prepúcio, que são causados por processo de trauma, acidental
Algumas raças zebuínas são mais penduladas do que um touro holandês por exemplo. Pode acontecer, mas é mais comum em zebuínos que tem prepúcio mais pendular
Se não for tratado precocemente, vai acontecer uma situação como essa.
Só vai estar espessado e necrosado o tecido o que vai favorecer a intervenção cirúrgica
Antiinflamatorio não esteroidal
Como vamos fazer a cirurgia (que vai ser cobrado na prova que determina o sucesso na cirurgia):
O osteo prepucioal dele não é circular com as aberturas paralelas. A parte do prepúcio que está mais próximo do abdômen ela é maior e a parte mais ventral é mais curta, para facilitar a exposição do penis na hora da 
Vou fazer a incisão mais na diagonal para manter esse osteo e ele conseguir expor o penis para cobrir 
Se eu amputar, 
Tenho que fixar a mucosa prepucial, e não é com torniquete. Se eu pegar uma agulha, 
Vou fazendo pontos de um lado e do outro, e os pontos vão pegar todas as camadas. 
Após a amputação eu não tenho a mucosa correndo e eu começo a suturar a mucosa na pele 
Começo a soltar pontos intercalados. Se eu achar que vai sangrar, eu deixo os pontos fixados por um dia ali. no dia seguinte tiro 
Jejum sexual até que a mucosa esteja cicatrizada de novo.