Hisória do Direito Brasileiro - Apostila (14)
7 pág.

Hisória do Direito Brasileiro - Apostila (14)


DisciplinaHistória do Direito Brasileiro12.200 materiais307.660 seguidores
Pré-visualização2 páginas
qualquer sistema de processamento de dados. A 
violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do
material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).\u201d
www.r2direito.com.br
- Posse "ad usucapionem" - exceção à regra, é a que se prolonga por determinado lapso temporal previsto na 
lei, admitindo-se a aquisição do domínio pelo usucapião, desde que obedecidos os requisitos legais. É 
aquela posse com "olhos à usucapião", pela presença dos seus elementos. 
2. 3. EFEITOS PRINCIPAIS DECORRENTES DA POSSE. 
A) Faculdade de invocar os interditos: os interditos são as ações possessórias diretas. O possuidor tem a 
faculdade de propor ações possessórias objetivando mantê-lo na posse ou ser-lhe restituída a posse. Para 
tanto devem ser observadas as regras processuais previstas a partir do art. 920 do CPC, para o caso das 
ações de rito especial. São ações possessórias diretas:
- Interdito proibitório: proteção preventiva da posse, ante a ameaça de turbação ou esbulho, visando impedir 
que se consume a violência. Geralmente, comina-se pena pecuniária em caso de transgressão da ordem 
judicial.
- Manutenção da posse: se o possuidor sofre turbação, denominado como o ato que embaraça, que 
incomoda, que molesta o livre exercício da posse, poderá ingressar com ação visando impedir que o esbulho 
se concretize. 
- Reintegração de posse: se o possuidor for esbulhado ou despojado da posse, por violência, 
clandestinidade, ou atos cumulados. O esbulho pode então ser conceituado como a privação, a subtração 
da posse.
B) Faculdade da legítima defesa da posse e do desforço imediato: previstas no art. 1.210, §1º, do nCC, 
também são denominadas autotutela, autodefesa, defesa "incontinenti" ou defesa direta. 
C) Efeitos quanto aos frutos e benfeitorias. 
Frutos Benfeitorias
Possuidor de boa-fé (ex:
locatário do imóvel)
SIM Benfeitorias necessárias e
úteis (direito de retenção e
indenização). Poderá ainda
levantar as voluptuárias, não
havendo prejuízo ao bem
principal.
Possuidor de má-fé (ex:
invasor do imóvel).
NÃO. Responde pelos frutos
não colhidos.
Benfeitorias necessárias
(somente direito de
indenização, não de retenção)
05
2. 4. COMPOSSE OU COMPOSSESSÃO. 
A composse é a situação pela qual duas ou mais pessoas exercem, simultaneamente, poderes possessórios 
sobre a mesma coisa (art. 1.199 do nCC). Trata-se de posse em comum, por duas ou mais pessoas, sobre a 
mesma coisa. 
"Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, assim como a inclusão em qualquer sistema de processamento de dados. A 
violação do direito autoral é crime punido com prisão e multa (art. 184 do Código Penal), sem prejuízo da busca e apreensão do
material e indenizações patrimoniais e morais cabíveis (arts. 101 a 110 da lei 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais).\u201d
www.r2direito.com.br