IRI1521-2012.2
3 pág.

IRI1521-2012.2


DisciplinaTeorias Clássicas das Relações Internacionais94 materiais527 seguidores
Pré-visualização1 página
Centro de Ciências Sociais
Instituto de Relações Internacionais 2012.2
	
IRI1521		TEORIAS CLÁSSICAS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS
			Prof. Claudio A. Téllez
			Horário:	
			Turma 24A: 3as e 5as feiras, de 15:00h às 17:00h \u2013 Sala F506
Turma 24B: 3as e 5as feiras, de 13:00h às 15:00h \u2013 Sala F506
			E-mail do professor: ctellez@puc-rio.br
OBJETIVO: Apresentar aos alunos as principais correntes teóricas clássicas que caracterizaram a emergência da disciplina de Relações Internacionais no século XX.
EMENTA: O Primeiro Grande Debate -  O Segundo Grande Debate - Funcionalismo - Interdependência Complexa - Escola Inglesa - Teoria da Dependência - Teoria do Sistema Mundo - O Debate Interparadigmático.
PROGRAMA
	07/08 
	Aula 1 \u2013 Apresentação da disciplina, objetivos e regras do jogo
	09/08 
	Aula 2 \u2013 Introdução ao Primeiro Grande Debate
Brian Schmidt \u2013 Lessons from the Past: Reassessing the Interwar Disciplinary History of International Relations
	14/08
	Aula 3 \u2013 As bases teóricas do Primeiro Grande Debate I \u2013 Idealismo
Immanuel Kant \u2013 Idea for a Universal History from a Cosmopolitan Perspective
	16/08
	Aula 4 \u2013 O Idealismo \u2013 Wilson e os 14 Pontos
Woodrow Wilson \u2013 The Fourteen Points
	21/08 
	Aula 5 \u2013 O Idealismo \u2013 Norman Angell
Norman Angell \u2013 A Grande Ilusão
	23/08
	Aula 6 \u2013 As bases teóricas do Primeiro Grande Debate II \u2013 Realismo
Thomas Hobbes \u2013 Leviatã
	28/08
	Aula 7 \u2013 O Realismo \u2013 Edward Carr
Edward Carr - Twenty Years' Crisis, 1919-1939: An Introduction to the Study of International 	Relations
	30/08
	Aula 8 \u2013 Revendo os mitos disciplinares
Benjamin de Carvalho, Halvard Leira e John M. Hobson - The Big Bangs of IR: The Myths That Your Teachers Still Tell You about 1648 and 1919
	04/09
	Aula 9 \u2013 Hans Morgenthau e o Primeiro Grande Debate
Hans Morgenthau - International Affairs: The Resurrection of Neutrality in Europe
	06/09
	Aula 10 \u2013 A Vitória do Realismo
Hans Morgenthau \u2013 Politics Among Nations: The Struggle for Power and Peace
	11/09
	Aula 11 \u2013 O Imediato pós-II Guerra Mundial
George F. Kennan - The Sources of Soviet Conduct
	13/09
	Aula 12 \u2013 Aron e o Sistema Internacional
Raymond Aron \u2013 Paz e Guerra Entre as Nações
	18/09
	Aula 13 \u2013 Aron e o Sistema Internacional
Raymond Aron \u2013 Paz e Guerra Entre as Nações
	20/09
	Aula 14 \u2013 A Disciplina de RI e o Cânone Anglo-Saxão
Stanley Hoffmann \u2013 An American Social Science: International Relations 
	25/09
	Aula 15 \u2013 O Segundo Grande Debate \u2013 Questões Metodológicas
Hayward Alker - The Long Road to International Relations Theory: Problems of Statistical Nonadditivity
	27/09
	Aula 16 \u2013 O Segundo Grande Debate \u2013 Tradição ou Ciência?
Morton Kaplan \u2013 The Great New Debate: Traditionalism vs. Science in International Relations
	02/10
	Aula 17 \u2013 O Segundo Grande Debate e o Início da Escola Inglesa
Hedley Bull \u2013 International Theory - The Case For a Classical Approach
	04/10
	Aula 18 \u2013 O Segundo Grande Debate e o Início da Escola Inglesa
Martin Wight - The Three Traditions of International Theory
	09/10
	Aula 19 \u2013 Primeira Avaliação (G1)
	11/10
	Aula 20 \u2013 O Funcionalismo
Karl Deutsch - Concepts and Processes
	16/10
	Aula 21 \u2013 O Funcionalismo
David Mytrani - The functional approach to the world organization
	18/10
	Aula 22 \u2013 Interdependência Complexa
Robert Keohane, Joseph Nye - Power and Interdependence
	23/10
	Aula 23 \u2013 Interdependência Complexa
Robert Keohane, Joseph Nye - Power and Interdependence
	25/10 
	Aula 24 \u2013 Um Panorama da Escola Inglesa
Andrew Linklater, Hidemi Suganami - The English School of International Relations: A Contemporary Reassessment
	06/11
	Aula 25 - Um Panorama da Escola Inglesa
Andrew Linklater, Hidemi Suganami - The English School of International Relations: A Contemporary Reassessment
	08/11
	Aula 26 \u2013 A Teoria da Dependência
Fernando Henrique Cardoso, Enzo Faletto - Dependency and Development in Latin America
	13/11
	Aula 27 \u2013 A Teoria da Dependência
Fernando Henrique Cardoso, Enzo Faletto - Dependency and Development in Latin America
	22/11
	Aula 28 \u2013 O Sistema Mundo
Immanuel Wallerstein - The Rise and Future Demise of World Capitalist System
	27/11 
	Aula 29 \u2013 O Debate Interparadigmático
Ole Waever - The rise and fall of the inter-paradigm debate
	29/11
	Aula 30 \u2013 Segunda Avaliação (G2).
	04/12
	Aula 31 \u2013 Reservada para eventual reposição.
	06/12
	Aula 32 \u2013 Reservada para eventual reposição.
Avaliação
A avaliação seguirá o Critério 2 e a média final corresponderá ao cálculo:
(G1 + G2x2)/3
A avaliação consistirá de duas provas escritas, em sala de aula, individuais e sem consulta, cada uma delas valendo 10,0 pontos. Poderão ser realizados CONTROLES DE LEITURA que consistirão de questões a serem respondidas, de forma individual e escrita, a respeito da bibliografia da respectiva aula, valendo de 0,0 a 0,5 pontos cada um. Os pontos perdidos nos controles serão descontados da nota da avaliação correspondente (G1 ou G2). Os pontos obtidos nos controles não serão acrescentados à avaliação correspondente. Não haverá aviso prévio para os controles de leitura.
Presença
A presença em sala de aula SERÁ COBRADA e é condição necessária para aprovação na disciplina. O estudante que faltar a mais de 25% das aulas estará automaticamente reprovado. 
IMPORTANTE: O plágio e/ou a fraude de quaisquer espécies (inclusive a \u201ccola\u201d) não serão tolerados. Qualquer prova ou trabalho (G1 ou G2) comprovadamente plagiado ou no qual ocorrer fraude de qualquer espécie significará automaticamente que a nota parcial será zero. O nome do respectivo aluno será registrado no IRI. No caso de reincidência, o aluno será reprovado na disciplina em que se der a segunda ocorrência. Enfatizo que a regra também vale para os controles de leitura.