WL-Questões-01-Direito Administrativo-020-PCI
3 pág.

WL-Questões-01-Direito Administrativo-020-PCI


DisciplinaDireito Administrativo I66.893 materiais1.168.277 seguidores
Pré-visualização1 página
Waldeck Lemos 
Questões & Gabarito 
 
Disciplina: 
Direito Administrativo 
Folha: 
1 de 3 
 
Questões & Gabarito/WLAJ/DP 
Questão cód. 134 
1) A fundamental diferença, juridicamente, entre um órgão da Administração Pública Federal Direta 
e uma entidade da Administração Indireta é a sua autonomia administrativa. 
 a) Correta a assertiva, porque só as entidades podem ter autonomia. 
 b) Incorreta a assertiva, porque a diferença é que a entidade tem personalidade jurídica própria 
e o órgão não. 
 c) Incorreta a assertiva, porque a diferença é que a entidade não está sujeita a licitação nem ao 
controle do Tribunal de Contas. 
 d) Incorreta a assertiva, porque a entidade não se subordina ao princípio de legalidade. 
Questão cód. 295 
2) Os contratos administrativos estão, via de regra, sujeitos à realização prévia da licitação que 
 a) é um procedimento administrativo especial, composto de fases sucessivas e vinculado à lei e 
ao edital e obrigatório para os Poderes Executivo e Legislativo. 
 b) pode ser dispensada pelo Prefeito Municipal, em face do interesse público e nas hipóteses de 
convite e leilão. 
 c) abrange, entre suas modalidades, o concurso, como forma de selecionar-se trabalho técnico 
ou artístico, e o leilão, como meio próprio para alienação de bens. 
 d) tem na concorrência e na tomada de preços suas espécies, respectivamente mais complexa e 
mais simples, ambas sujeitas às regras do edital ou da carta-convite. 
Questão cód. 778 
3) O ingresso no serviço público depende: 
 a) do preenchimento da condição de brasileiro nato. 
 b) da prestação de concurso público de provas, ou de provas e títulos, para quaisquer cargos. 
 c) da prestação de concurso público de provas, ou de provas e títulos, salvo para os cargos ou 
empregos regidos pela C.L.T. 
 d) da prestação de concurso público de provas, ou de provas e títulos, salvo para os cargos cujos 
titulares sejam demissíveis "ad nutum" e outros indicados em lei. 
Questão cód. 955 
4) Não é considerada cláusula exorbitante, típica do contrato administrativo: 
 a) plena adoção da cláusula da exceção do contrato não cumprido. 
 b) aplicação de penalidades sem a necessidade de se acionar o Judiciário. 
 c) alteração unilateral do contrato pelo Poder Público. 
 d) retomada do objeto por ato da Administração. 
Questão cód. 1335 
 
Waldeck Lemos 
Questões & Gabarito 
 
Disciplina: 
Direito Administrativo 
Folha: 
2 de 3 
 
Questões & Gabarito /WLAJ/DP 
5) São drogas psicoanalépticas: 
 a) os diazepínicos. 
 b) o álcol etílico e o "lança perfume". 
 c) as anfetaminas. 
 d) o LSD e a maconha. 
Questão cód. 1600 
6) A utilização de bem público por particular quando visa à exploração de frutos ou prestação de 
serviços é denominada: 
 a) arrendamento; 
 b) franquia; 
 c) concessão de uso; 
 d) autorização 
Questão cód. 1689 
7) EM QUALQUER CASO QUE EXIJA O AFASTAMENTO PARA O EXERCÍCIO DO MANDATO ELETIVO, O 
TEMPO DE SERVIÇO DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO SERÁ CONTADO PARA TODOS OS EFEITOS 
LEGAIS, EXCETO PARA: 
 a) Promoção por antigüidade. 
 b) Aposentadoria. 
 c) Licença-prêmio. 
 d) Promoção por merecimento. 
Questão cód. 1715 
8) São formas de extinção da concessão de serviços públicos, por ato unilateral da Administração 
Pública, antes de expiar o prazo contratual: I. a encampação ou resgate; II. a retrocessão; III. a 
reversão; IV. a tredestinação. Avaliando as alternativas alinhadas: 
 a) somente I está correta; 
 b) somente II está correta; 
 c) somente III está correta; 
 d) somente IV está correta. 
Questão cód. 1873 
9) Em se tratando de controle jurisdicional, é correto afirmar que o ato administrativo: 
 a) pode ser anulado pela Administração Pública por razões de legitimidade ou legalidade, 
gerando o ato anulatório efeitos ex tunc. 
 
Waldeck Lemos 
Questões & Gabarito 
 
Disciplina: 
Direito Administrativo 
Folha: 
3 de 3 
 
Questões & Gabarito /WLAJ/DP 
 b) pode ser revogado por razões de ilegalidade e conveniência, somente pelo Poder Judiciário, 
gerando efeitos ex tunc. 
 c) não pode ser anulado por razões de conveniência e oportunidade, seja pela administração 
pública ou pelo Poder Judiciário. 
 d) pode ser invalidado pelo Poder Judiciário em decorrência de ilegalidade, mediante anulação, 
gerando efeitos ex tunc. 
Questão cód. 2594 
10) A responsabilidade objetiva do Estado pode ser excluída tão somente pela: 
 a) força maior, na medida em que se possa comprovar a ausência de culpabilidade do agente 
público; 
 b) culpa do lesado, na medida em que este também contribua para o evento danoso; 
 c) falta de nexo entre o comportamento comissivo do Estado e o dano; 
 d) observância de casos em que o agente estatal atua em legítima defesa ou estado de 
necessidade. 
 
Gabarito: 
01) B 02) C 03) D 04) A 05) A 
06) A 07) D 08) A 09) D 10) C 
 
 
 
 
 
 
 
==XXX==