ok economia 09.08.11
16 pág.

ok economia 09.08.11

Pré-visualização6 páginas
em 1 ano pra poder saber o valor da minha empresa. Isso pode ser feito na clinica também, laboratório, etc.
Vamos listar os custos, as entradas, e vamos ver o que tem de patrimônio, qual o valor da empresa depois que descontamos o valor das receitas.
O que é o valor patrimonial: é o conjunto de bens, direitos e obrigações de um estabelecimento. Então eu coloco de um lado da minha tabele o que eu tenho de ativo, o meu ativo é: tudo que me acrescenta de receita. Todos meus bens e todos meus direitos, ou seja, todos os meus recebíveis. Tudo que eu recebo e o que eu tenho de bens. 
Passivo: todas minhas obrigações, tudo que eu preciso pagar agente chama de passivo. 
Primeiro vamos ver as classificações de ativos, ou seja, de tudo que eu tenho de bens e de tudo que eu tenho pra receber, como classifico: 
Balanço patrimonial
- Ativos circulantes: bens convertidos em capital rapidamente (dinheiro, animais, estoque).
Tudo que eu vou ver a cor do dinheiro rápido eu chamo de ativos circulantes. É o dinheiro que eu tenho em mão (ou no máximo o que eu tenho numa conta corrente) se eu preciso de um dinheiro de emergência e rápido, é aqui que eu vou mexer, no ativo circulante.
- Ativos intermediários: podem ser negociados a prazos mais longos, sem ter que vender a preços baixos (implementos, maquinas, veículos, equipamentos)
No momento de emergência se eu precisar de dinheiro, o ativo circulante eu não perco muito dinheiro disponibilizando, pois vou vender meus animais e com isso não vou perder muito dinheiro porque animal é uma coisa que se comercializa todo dia.
Agora, se eu tiver que vender uma ordenhadeira e eu preciso de dinheiro agora, vou perder dinheiro, porque não vou ter tempo de negociar, de ver melhor o momento de venda. 
É isso que demanda essa classificação. O ativo intermediário é quando vc pode vender, mas sem precisar dessa urgência toda a ponto de ter que vender a preço baixo.
Ex: implementos, maquinas, veículos, equipamentos. Estes não são tão fáceis de vender como animal mas também não é tão difícil de vender. O que vou perder de dinheiro é muito pouco se eu tiver que vender rapidamente.
- Ativos permanentes: difíceis de serem negociados a curto prazo (terras, benfeitorias, edificações)
Se eu tiver que comercializar o ativo permanente, eu perco dinheiro. Vc tem que ter calma e tempo pra poder disponibilizar esses ativos permanentes.
Ex. terras, benfeitorias, edificações. Não é que sejam difíceis de negociar, mas se vc precisar negociar agora pra ter o dinheiro vc vai perder dinheiro.
- Passivo exigível: são as obrigações a curto e longo prazo a terceiros
São todas as minhas obrigações. 
Ex. tenho que pagar alguma coisa a alguém, a curto, médio ou longo prazo, é o passivo.
Passivo corrente: é uma obrigação que eu tenho que pagar num prazo máximo de 1 ano
Passivo intermediário: é quando eu tenho que pagar alguma coisa de 2 a 5 anos.
Passivo de longo prazo: é quando eu tenho que pagar em prestações que vão durar mais de 5 anos.
Passivos correntes (em um ano); passivos intermediários (2 a 5 anos) e passivos de longo prazo (mais de 5 anos)
Ex. Se compro ração, e eu paguei esse mês, é um passivo corrente, vou ter que pagar esse mês, tudo que vou ter que pagar em até 1 ano é o passivo corrente.
Ex. Se eu compro uma colheitadeira e vou pagar em 4 anos, é um passivo intermediário.
Ex. Se vou comprar um galpão, é passivo de longo prazo porque vou levar mais de 5 anos pra pagar esse galpão porque o preço das prestações foram altas.
- Patrimônio líquido: obrigações da empresa com o proprietário (é o valor da empresa)
Ex. sei que tenho um ativo de tanto valor, ou seja, vou receber de diversas formas uma determinada quantia, eu vou gastar x, a diferença disso é o valor da minha empresa.
É descontar de tudo que vc tem de obrigações a pagar, e o que sobrou é o que vc tem. 
Ex. tem empresas grandes, que são vendidas a preços baixíssimos porque tem um passivo muito alto, ou seja, ele tinha obrigações tão altas que mesmo tendo bastante coisa de bens, imóveis, etc. não pagaria essas dividas. Ai vem outra empresa e compra praticamente só o nome da grande empresa porque o passivo era alto.
Titulo de curiosidade: Algumas empresas estão contabilizando como passivo a degradação ao meio ambiente, é o que eles chamam de passivo ambiental. Ex. empresa desmata, polui rio, causa dano ao solo, ele contabiliza o passivo, do que ele está comprometendo do meio ambiente, desconta das despesas pra depois poder reinvestir no meio ambiente, pra \u201cpagar as dividas com o meio ambiente\u201d.
Balanço patrimonial de uma empresa (tabela slide)
Se vc soma todo o ativo, e desconta de todo passivo, vc tem o patrimônio líquido, É o valor da empresa dele, o quanto vale a empresa dele.
O ativo vai sempre ter o mesmo valor que o passivo total, porque: aqui estou somando ao meu passivo o meu patrimônio liquido, com isso dá o mesmo valor de ativo. Por isso que é o \u201cBalanço\u201d, esse meu valor tem que fechar igual. 
(se fechar negativo é porque a não vale nada)
Interpretação dos resultados
- Lucro supernormal: retorno maior que o custo de oportunidade, ou seja, o cara tem possibilidade de expansão.
Significa que vc está fazendo o que vc quer e o que vc gosta e vc está ganhando dinheiro e o que vc está ganhando é bem mais do que qualquer outra atividade que vc não gosta.
- Lucro normal: retorno igual ao do custo de oportunidade, significa estabilidade.
Só não tenho tanta possibilidade de expansão se eu tivesse investido em outra área (que tivesse como lucro super normal). Mas o custo de oportunidade é com o que vc compara. Ex. outra atividade eu ganharia a mesma coisa, mas aqui estou trabalhando com o que eu gosto, então está ótimo.
- Se o preço do produto ou serviço for maior que o custo total médio, apresenta resíduo positivo. É bom resultado, mas o uso do dinheiro em outra atividade seria melhor (mais comum).
Ex. estou trabalhando com pequenos animais, estou até tendo um lucro. Mas se eu tivesse trabalhando com a clinica de grandes, teria um maior lucro. 
O preço do produto é maior que o custo total e eu tenho um resíduo positivo. Se eu estivesse investindo em outra eu ganharia mais. Então eu escolho, ou eu vou pra outra atividade que de repente eu não gosto, ou eu continuo na minha que é o que eu gosto, posso não ter o mesmo lucro que o outro, mas ainda assim estou tendo lucro.
- Se a receita média for igual ao custo operacional médio, a atividade cobre os custos mas não proporciona remuneração do capital investido.
(Custo operacional: todo o seu custo).
Estou empatando também. Estou avaliando só a minha atividade. 
- Se o preço é menor do que o custo total médio então a atividade não cobre as despesas de custeio havendo necessidade de usar dinheiro de outras fontes para subsidiar a atividade. 
Esse é perigoso. Ex. eu tenho uma loja agropecuária, onde eu faço atendimento. O que pode acontecer: estou ganhando dinheiro com atendimento, só que a venda de produtos agropecuários está me dando prejuízo. O dinheiro que estou ganhando com atendimento está pagando o prejuízo da venda dos produtos agropecuários. Se eu percebo isso a tempo, vou investir no que esta me dando dinheiro, agora, se eu não percebo, estou trabalhando pra pagar uma atividade que não está me dando dinheiro. Estou pagando uma atividade que não está me rendendo. O ideal é que eu gaste energia com a atividade que está me rendendo, senão estou subsidiando uma atividade que não vai me dar retorno.
- Objetivo tem que estar dentro da meta. 
- Meta tem que ter objetivo e tem que ter no mínimo um tempo. Ex. vc quer ser veterinário, mas em quanto tempo? Em 20 anos? Ou daqui a 1 ano? Tem que ter no mínimo um tempo. O procedimento é o que vc está fazendo agora pra chegar na sua meta.
- Diretriz: o que vc está avaliando, se vc está sendo serio, correto, dedicado.