A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
ARQ135 - Seminário - Laje Steel Deck

Pré-visualização | Página 1 de 1

ARQ 135 – SISTEMAS ESTRUTURAIS I
 
ROTEIRO DO TRABALHO PRÁTICO 2 – SEMINÁRIO
TEMA: LAJE STEEL DECK
Conteúdo:
· Definição:
É um tipo de laje mista de metal na qual utiliza-se de telhas metálicas com uma dupla função. Elas funcionam como fôrma autoportante durante a concretagem, e como armadura positiva da laje após a cura do concreto.
· Vantagens:
Dispensa ou reduz o escoramento;
Maior rapidez na execução;
Alta qualidade de acabamento da laje;
Reduz o desperdício de material;
Maior segurança na execução;
Utiliza menor quantidade de mão de obra;
Maior resistência a incêndios;
Menor utilização de armação.
· Desvantagens:
Necessidade de planejamento;
Maior manutenção em ambientes agressivos;
Necessidade de mão de obra qualificada;
Maior custo.
· Materiais empregados:
Os materiais necessários para executar esse sistema de laje são: 
forma colaborante e chapas de metal galvanizado (formam a base de toda a estrutura e servem de armadura para a laje); 
concreto autoadensável;
malha de aço do tipo tela (é posicionada na superfície da laje, para evitar fissuras durante a secagem do concreto);
armaduras negativas (são posicionadas sobre os apoios) (solda para fixar algumas estruturas de aço).
· Comportamento estrutural (espessuras, tamanho de vãos, ...):
Espessuras: 
Espessura da chapa: Chapas medindo – 0,80 mm, 0,95 mm e 1,25 mm – e com comprimentos que variam de acordo com o projeto, chegando até 12 m (limite máximo de transporte por carreta, comprimentos maiores necessitariam de transportes especiais, aumentando o custo desse tipo de sistema)
Espessura do concreto: Concreto autoadensável de 25mpa com espessura mínima de 50mm
Tamanho de vãos: 
Pode suportar vãos que variam de 2m a 4m sem necessidade de escoras. 
· Processo construtivo:
A laje steel deck é composta por uma espécie de sanduíche formado por telhas de aço galvanizado em formato trapezoidal na extremidade e uma camada de concreto no interior. Essas telhas servem de forma para o concreto durante o processo de concretagem, mesmo que ele contenha armadura positiva.
As chapas são fixadas na viga metálica por meio de solda bujão ou pinos aplicados com pistola a gás ou pólvora. A fixação pode ser feita com um conector de cisalhamento stud bolt que consegue solidarizar o concreto da laje com a viga de aço, fazendo que ela se comporte como uma viga mista.
A concretagem é realizada da forma tradicional, porém somente em um ponto da superfície para que o concreto percorra naturalmente os vãos da telha, preenchendo-os uniformemente, evitando pesos ou vibrações desnecessárias
· Outras curiosidades:
Garante isolamento térmico;
Resistência ao fogo por um período de 30min a 120min;
Pode ser utilizada de forma estrutural e como design aparente.
· Referências bibliográficas:
https://www.sienge.com.br/blog/steel-deck/
http://repositorio.aee.edu.br/bitstream/aee/87/1/2018_1_TCC_Gledson%20e%20Wesley.pdf
https://www.hometeka.com.br/aprenda/tudo-sobre-steel-deck-e-steel-frame/ 
Observação importante:
Apresentação do trabalho: dia 29/09 (T1) e dia 01/10/21 (T7). Se a apresentação for gravada, enviar até 27/09.
Tempo de apresentação: de 10 a 15 minutos.
Composição da nota:
Slides - 11 pontos (avaliação em grupo) - critérios analisados: formatação do texto, das figuras e das tabelas (1 ponto); conteúdo abordado (1,0 ponto - Definição; 2,0 pontos - Vantagens e desvantagens; 2,0 pontos - Materiais empregados; 2,0 pontos - Comportamento estrutural; 3,0 pontos - Processo construtivo; 1,0 (extra)- Outras curiosidades; 1,0- Referências bibliográficas).
Apresentação - 4 pontos (avaliação individual) - critérios analisados: segurança na apresentação (2 pontos); estética e criatividade na apresentação das informações (1 ponto); organização do conteúdo apresentado (1 ponto).

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.