microbianas 14.10.11
10 pág.

microbianas 14.10.11


DisciplinaEpizootiologia das Doenças Microbianas14 materiais26 seguidores
Pré-visualização2 páginas
O bioagente na circulacao já esta ali, a bacteria já está na circulacao. Faz uma leucocitose violenta. É cerca de 30 mil acima de leucócitos, pq vc tem que segurar o processo. Ou vc segura o processo ou o processo toma conta.
Vc tem uma leucometria pela hemólise, e vc tem uma leucometria pelo bioagente.
O hemograma é muito importante na clinica.
8810-2862
O cão é a única espécie que faz 3 formas clinicas:
Icteria por ação dela no fígado
Urêmica, em função dela no rim
Gastroenterica 
Espiroqueta gram \u2013 
Tem 3 pares de flagelo que fazem o movimento, ela é extremamente móvel.
Ela tem um gancho.
Ela é aeróbia obrigatória, ou seja, quando ela está no boeiro que vc joga água, a água vai a tona, e quando sobe, ela sobe junto. 
O que faz ela ir atrás da gente? Ela tem uma atração fatal pelo nosso CO2, ou seja, ela vai no seu cheiro de CO2.
Ela tem um tempo para chegar, por isso que vc tem nessas enchentes, o pessoal que fica tentando socorrer, ai ele tende a ter esses quadros
Por isso que pos enchente vc encontra os quadros de leptospirose
Zona norte é onde concentra os grandes centros de alimentos, feiras, mercadão de Madureira. Com isso os ratos vão pra ali.
Segundo: zona sul. É um concentrado muito grande por conta dos sacos de lixo na praia no final do dia, garantem alimento do animal.
Em termos de taxonmomia
Em relação as outras espiroquetas:
Exigência de ácidos graxos de cadeia longa
Aeróbias
Células espiraladas com gancho na extremidade
Quanto mais tempo vc fica com o pé na água, mais mole a sua pele fica. Não precisa ter uma lesão para ela invadir.
Quantos sorovar agente conhece? 
Leptospira interrogans \u2013 essa tem variações, temos em torno de 200 sorovars
Leptospira biflexa 
A canícula foi introduzida agora, então vc tem mais uma sorovariação e não mais uma leptospira. 
A ponoma que foi colocada na dectupla, o professor nunca recebeu um animal com esse.
A octupla continua resolvendo
Dados epizootiológicos
Elas moram nos túbulos contorcidos proximais dos roedores
O roedor é um reservatório
É eliminado pela urina de um animal aparentemente sadio. 
O proprietário foi levado ao hospital, fizeram a titulação e fecharam para leptospirose. O médico disse que foi o cão que contaminou ele, é verdade?
Como vc confirmaria se é ele ou não ou se pode ser ele ou não?
Faria a titulação, só que a titulação teria que ser alta.
O cara tinha uma única dose de vacina e o titulo foi 1:800. 1:100 já é titulo, então ele tinha um senhor titulo.
O animal entrou em contato, foi imunocompetente, liberou ela pela urina e 
Pode ser eliminado pela urina (animal aparentemente sadio)
Pode acontecer, animal aparentemente sadio, ele está liberando, ele é um portador assintomático. 
Nessa fase vc não tem que fazer os atb voltados para leptospiremia mas faz para leptospiuria.
Mais freqüente após enchentes porque é quando vem a tona.
Animais mais susceptíveis: bovinos, suínos e cães.
O eqüino não é tão susceptível assim, são casos esporádicos.
Felinos são refratários
Reservatórios: ratos de esgoto, preá, e outros animais silvestres e domésticos.
Para gato não tem nem vacina. 
Em geral vão fazer quadro de anemia.
Patogenia
Penetração ativa
Não precisa ter lesão
Mucosa ocular, digestiva, genital e respiratória
Multiplicação em órgãos parenquimatosos. Leptospiremia
Rim e fígado
Túbulos contorcidos renais leptospiúria
Eliminação renal
72 horas até meses
Sinais clínicos em bovinos
O bov vai apresentar anemia, febre alta. Vai ter febre alta porque as bactérias são muito mais reativos do que os vírus. 
Para ser infecção bacteriana tem que ter pelo menos um pico febril.
Vc tem uma bactéria na circulação;. E terceiro vc tem uma hemólise. 
Vc soma febre por ser bactéria. Febre por ser bactéria na circulação e hemólise.
Anorexia, prepressao, dispnéia, vomito
Icterícia: primeiro pela hemólise, que é onde vc tem aumento da bilirrubina direta, e aumento da indireta.
Vai depender da sorovariação, 
Vc tem sorovariacao que vai em cima do rim, e não vai em cima do fígado. Vc vai ter icterícia, mas muito mais pela bilirrubina indireta
Todo cão faz icterícia? Não. Pois pode ser assintomático.
O que mais desencadeia a deposição de bilirrubina nas mucosas, a indireta ou a direta? A direta. A conjugada.
Aborto, natimortos, neonatos doentes e retenção de placenta.
Sinais clínicos \u2013 suínos
Suíno tem lepto.
O suíno é especifico renal, ele vai desencadear nefrite intersticial severa
Ele pode ter problemas reprodutivos mas é muito mais ... a nefrite
Sintomatologia nervosa
Anemia, icterícia, hemoglobinúria.
Muito mais rim por causa do sorovares.
Sinais clínicos \u2013 eqüinos
Oftalmia periódica podendo levar a cegueira.
Nem todo cavalo fica cego, mas pode acontecer uni ou bilateral
Problemas reprodutivos \u2013 abortos
Sinais clínicos
Cães
São 3 formas clinicas
Gastroenterica é a mais difícil de identificar
O animal vem a apresentar febre, vomito, diarréia, dores abdominais, hematemese, melena e petéquias nas mucosas
Forma ictérica: icterícia, petequias nas mucosas, insuficiência renal aguda, urina de cor castanho escuro
Fisiologia alterada
Forma uremica: o animal vem apresentando ação direta ...
Febre, vômitos, diarréia, sensibilidade renal, uremia, ulceras na mucosa oral (por causa da uremia)
Imagem: gastropatia uremica.
Altas taxas de uréia e creatinina.
Diagnostico sorológico
Não adianta mandar par acultura. A leptospira é um MO muito exigente, ele vai precisar de meios muito complexos, e é demorado.
Agente faz um imunodiagnóstico
O mais indicado é uma soroaglutinacao macroscópica
Faca titulação.
Normalmente se faz os títulos em função dos sorovares específicos
Cao: 
Ictero 1:800
Pomona1:50
canicola 1:50
o ictero é o que tem maior titulação 
pode fazer também Elisa ou fixação de complemento. Mas o mais indicado é a soroaglutinacao macroscópica.
Na soroaglutinação faço:
Qualitativo: tem ou não tem
Quantitativo: quais são os títulos referentes.
Na vacina, chega a 1:200. O titulo vacinal se mantém por uns 2 anos. 
Profilaxia
Eliminar as fontes de infecção
Evitar água parada: Drenando terreno
Evitar contato de ração com ratos
Isolara animais doentes
Combater os reservatórios
Profilaxia maior: vacinação
Tratamento:
Vc usa na fase de leptospirêmica vc faz associação de penicilina + strepto
Pra fase de leptospirúria, uma tetraciclina, uma doxi.
De 6 meses a 1 ano ele vai eliminando a leptospira pela urina, sem o tratamento.
Garrotilho 
Diferencial: mormo
É muito parecido.
Diferença: mormo tem que fazer eutanásia. 
O garrotilho tem tratamento
O mormo é menos comum.
Porque quando vc encontra um foco vc automaticamente cerca esse foco. 
Vc tem que fechar toda a área. É muito controlado. Pipoca alguns casos por ai.
É mais comum o garrotilho. Inclusive o garrotilho é tratável.
O garrotilho é chamado de adenite eqüina ou coriza contagiosa
É uma enfermidade infectocontagiosa aguda dos eqüídeos, caracterizada por inflamação mucopurulenta das vias aéreas superiores, associada a linfadenite abscedativa.
Bioagente
Streptococcus equi
Epidemiologia
O garrotilho acomete eqüídeos de todas as idades. Claro que os mais susceptíveis são os jovens por causa de resposta imunológica
Cerca de 70% dos animais afetados adquirem imunidade, embora alguns possam adoecer mais de uma vez. 
Como passa de um animal para o outro? Contato direto. Nas feiras, reuniões, cavalgadas, usa uma cela num e coloca no outro, as vezes vc pega, entra em contato com o doente, passa pro outro animal sem apresentar sintomatologia. Por isso que é infectocontagiosa.
A imunidade é conferida pelas éguas imunes através do colostro para os potros ate os 3 meses de idade. 
Patogenia
Porta de entrada: oronasal
O streptococcus tem uma PTN M, que é uma PTN de aderência. A M é que faz aderência. Entao ele fica aderido ao epitélio. Se fica aderido ao epitélio ele pode fazer o processo ali ou pegar o sistema linfático chegar aos linfonodos regionais ... rompe e começa a liberar secreção. Liberando essa secreção que é rica em streptococcus e que vai passar para