A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
RESPOSTAS DA PROVA DE RECURSO PROCESSUAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

1- Aponte a diferença entre o agravo de instrumento e o agravo interno e aponte um exemplo para cada:
Conforme está disposto nos Artigos 1015 a 1020 do Novo CPC de 2015, o Agravo de instrumento é um recurso interposto contra as decisões interlocutórias, que são aquelas que não se enquadram como sentença. Exemplo rejeição do pedido de gratuidade da justiça ou acolhimento do pedido de sua revogação. O agravo interno é um recurso que tem por objetivo impugnar decisões monocráticas proferidas pelo relator em tribunal. Conforme está disposto no Artigo 1021 do NCPC. O recorrente impugnará especificadamente os fundamentos da decisão agravada. 
2- Diante dos efeitos dos recursos defina o efeito suspensivo e apresente um exemplo: 
 O efeito suspensivo, resumidamente, é o que suspende a eficácia da sentença expressa. Isto significa que após proferida a sentença e intermédio recurso, será concedido a ele tal efeito. A decisão que foi recorrida não poderá surtir efeitos até que ocorra um novo julgamento. 
Art. 1.012. A apelação terá efeito suspensivo. § 1º Além de outras hipóteses previstas em lei, começa a produzir efeitos imediatamente após a sua publicação a sentença que: I - homologa divisão ou demarcação de terras; II - condena a pagar alimentos; III - extingue sem resolução do mérito ou julga improcedentes os embargos do executado; IV - julga procedente o pedido de instituição de arbitragem. 
3. Em relação a apelação no NCPC, aponte quando cabe de forma fundamentada e cite um exemplo: 
Conforme está disposto no NCPC Artigo 1.009. Da sentença cabe apelação. 
§1º As questões resolvidas na fase de conhecimento, se a decisão a seu respeito não comportar agravo de instrumento, não são cobertas pela preclusão e devem ser suscitadas em preliminar de apelação, eventualmente interposta contra a decisão final, ou nas contrarrazões. Assim, a parte deverá, em preliminar de apelação, trazer as razões pelas quais determinada decisão interlocutória deve ser reformada e no final do recurso, deve-se pedir para que a apelação seja provida naquela parte. Se a decisão for reformada pelo tribunal, o efeito prático será o mesmo de um agravo retido. Exemplo quando a sentença proferida é desfavorável cabe a apelação.
4.O que significa preparo e quando é necessário? Fundamente. 
Preparo é o adiantamento das despesas relativas ao processamento do recurso. 
É uma causa objetiva de inadmissibilidade e independe de qualquer indagação quanto à vontade do omissivo. O valor do preparo é a soma da taxa judiciária mais o porte de remessa e de retorno dos autos. 
Artigo 511, do CPC “No ato de interposição do recurso, o recorrente comprovará, quando exigido pela legislação pertinente, o respectivo preparo, inclusive porte de remessa e de retorno, sob pena de deserção. 
5.Em relação ao agravo de instrumento aponte o seu cabimento e fundamente com base na lei ou doutrina e traga um exemplo. 
O agravo de instrumento é o recurso cabível contra as decisões tomadas pelo juiz no curso do processo – as chamadas decisões interlocutórias, antes da sentença. 
Artigo 1015 NCPC Cabe agravo de instrumento contra as decisões interlocutórias que versarem sobre: I - tutelas provisórias; II - mérito do processo; III - rejeição da alegação de convenção de arbitragem; IV - incidente de desconsideração da personalidade jurídica; V - rejeição do pedido de gratuidade da justiça ou acolhimento do pedido de sua revogação; VI - exibição ou posse de documento ou coisa; VII - exclusão de litisconsorte; VIII - rejeição do pedido de limitação do litisconsórcio; IX - admissão ou inadmissão de intervenção de terceiros; X - concessão, modificação ou revogação do efeito suspensivo aos embargos à execução; XI - redistribuição do ônus da prova nos termos do art. 373, § 1º ; XII - (VETADO); XIII - outros casos expressamente referidos em lei.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.