19.Corticosteroides

19.Corticosteroides


DisciplinaFarmacologia Médica539 materiais6.417 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Relação Dose X Duração da Terapia 						 (Thygeson, 1985)
 Dose		 		 Duração
(única, matinal)	 1 sem.	1 mês 6 meses 1 ano
dias alternados	 \u2013 	 \u2013		 \u2013 	 	 \u2013 	 
(qualquer dose)	
< 7,5 mg/dia 	 \u2013 	 \u2013		 \u2013 	 \u2013
	 10 mg/dia	 \u2013 	 \u2013	 +/\u2013 +
	 15 mg/dia 	 \u2013 	 +/\u2013		 + 	 ++ 
 > 30 mg/dia 	 + 	 ++	 +++ +++
Sinais indicam probabilidade de supressão do eixo HHA: 
\u2013: rara; +/\u2013: alguns; +:muitos; ++: maioria; +++: todos
*
CORTICOSTERÓIDES
	Mecanismo da Ação Anti-inflamatória: 
Supressão dos sinais flogísticos: dor, calor, rubor, edema e perda de função
Bloqueio da via de metabolismo do ácido aracdônico, por inibição da fosfolipase A2 (passo inícial da cadeia): inibição da liberação de alguns mediadores químicos da inflamação: leucotrienos e endoperóxidos (prostaglandinas, prostaciclinas e tromboxanos)
 
*
X CORTICÓIDES
*
Considerações gerais quanto ao manuseio dos Corticosteróides
Tomando como base a Prednisona(Meticorten):
Doses eqüivalentes a \uf0b3 40 mg/dia (8 vezes o nível fisiológico), por mais de uma semana resultam em supressão do eixo HHA; 
Doses < 20 mg/dia promovem supressão do eixo HHA somente após 30 dias de uso; 
*
Considerações gerais quanto ao manuseio dos Corticosteróides
	Tomando como base a Prednisona(Meticorten), o tempo de recuperação do eixo HHA: \u2022	pode variar de 2 meses a 1 ano, se usadas doses \uf0b3 40 mg/dia, por períodos > 3 meses \u2022	não está bem estabelecido, se usadas doses < 20 mg/dia, por períodos de 2 a 4 semanas
*
Considerações gerais quanto ao manuseio dos Corticosteróides
	Atenção: 
	Pacientes com história e/ou estigmas de uso prolongado de glicocorticóides, devem ser suplementados quando em situações de stress 
*
Corticoterapia Sistêmica
	O uso terapêutico prolongado de 	glicocorticóides resulta em: \u2022 	Efeitos colaterais sistêmicos \u2022 	Supressão do eixo hipotálamo-hipófise- 		adrenal (HHA).
O uso a curto prazo, não.
*
Perda de massa Glicogenólise 
Muscular 
 \u2191 da glicemia
 Mobilização da 
 gordura
Osteoporose \u2191 da acidez
Linfocitopenia \u2193 K+ , \u2193Ca+ , \u2193 H+ 
Alterações do humor
Ação antiinflamatória Antialérgica
*
Apetite aumentado
Insônia
Cefaléia
Reatividade bronquial
Reduzida
Inflamação diminuída
Hipertensão.
Diarréia
Osteoporose
Retenção de sal.
*
Face em lua cheia
Hipertensão arterial sistêmica
Corcova de búfalo
Obesidade centrípeta
Hipoplasia adrenal
Pele fina, 
Estrias
Amenorréia e hirsutismo
Fraqueza muscular
Púrpuras
Má cicatrização de feridas
Osteoporose
*
Efeitos adversos da corticoidoterapia
*
Corticoterapia Sistêmica
	A suspensão do tratamento com glicocorticóides pode resultar em: \u2022	Quadro de insuficiência adrenocortical \u2022	\u201cSíndrome da retirada ou deprivação 	 de corticosteróides\u201d 
*
Corticoterapia Sistêmica
	Suspensão abrupta de terapia com GC pode resultar em \u201ccrise adrenal aguda\u201d: 
\u2022	Hipotensão e choque 		\u2022 Hipertermia
Desidratação 			\u2022 Taquicardia
Náusea e vômito 			\u2022 Anorexia 
Fraqueza e apatia 		\u2022 Hipoglicemia 
Confusão mental	 		\u2022 Desorientação 
*
Corticoterapia Sistêmica
Semelhanças entre \u201cSíndrome da Retirada
ou Deprivação de Corticosteróides\u201d e 
Insuficiência Adrenocortical Secundária: 
 Letargia e astenia 			\u2022 Anorexia
 Emagrecimento 			\u2022 Náuseas	
 Descamação de pele 		\u2022 Hipertermia
 Artralgia e mialgia 			\u2022 Tonturas
 Hipotensão ortostática 	 	\u2022 Hipoglicemia
*
Corticoterapia Sistêmica
	Fatores que influenciam na supressão do eixo HHA: \u2022	Dose total do GC a ser usada: 						Baixa x Alta 
	\u2022	Tempo de tratamento: 				Curto x Prolongado 
	\u2022	Fracionamento da dose:								Única x Múltipla 
*
Corticoterapia Sistêmica
	Fatores que influenciam na supressão do eixo HHA: \u2022	Horário da administração: 			Manhã x Noite
	\u2022	Freqüencia: 			Alternada x Diária
	\u2022	Duração da ação: 			Curta x Intermediária x Longa 
*
Planejamento para Suspensão de Terapia com Corticosteróides
1) Concentrar a posologia em dose única matinal
2) Reduzir doses, segundo esquema a ser visto adiante
3) Ao atingir faixa fisiológica do GC, trocar para hidrocortisona (HC) 20 mg/dia 
4) Reduzir HC para 10 mg/dia, pela manhã 
*
Planejamento para Suspensão de Terapia com Corticosteróides
5) Passar HC (10 mg) para dias alternados
6) Suspender HC quando cortisol plasmático basal \uf0b3 10 \uf06dg/dl
7) Repor GC em situações de stress, até resposta normal do cortisol ao ACTH (> 20 \uf06dg/dl) 
*
Esquema para Retirada de
Terapia com Corticosteróides
	Com base na Prednisona(Meticorten), em uso crônico (> 2 meses):
\u2022	Reduzir a dose, segundo o esquema:
	 Dose Alta	 Dose Média	 Dose Baixa
 (40-100 mg/d)	 (15- 40 mg/d)	 (5- 15 mg/d)
 	 1/5 da dose	 1/4 da dose	 1/4 da dose 
	por 2 semanas	 por 2 semanas	 por 1 semana
\u2022	Tentar dias alternados após 1 a 2 meses 		
*
Esquema para Retirada de
Terapia com Corticosteróides
	Com base na Prednisona(Meticorten), em uso por tempo intermediário (2 sem. a 2 meses):
\u2022	Reduzir a dose, segundo o esquema:
	Dose Alta	 Dose Média	 Dose Baixa
	(40-100 mg/d)	 (15- 40 mg/d)	 (5- 15 mg/d)
 	 1/4 da dose	 1/3 da dose	 1/3 da dose 
	por 1 semana	 por 1 semana	 por 3 a 4 dias
\u2022	Tentar dias alternados após 1 mês, naqueles com doses altas 
*
Esquema para Retirada de
Terapia com Corticosteróides
	Com base na Prednisona(Meticorten), em uso por 	tempo curto (< 2 semanas): 
\u2022	Reduzir a dose, segundo o esquema:
	Dose Alta	 Dose Média	 	Dose Baixa
	(40-100 mg/d)	 (15- 40 mg/d)	(5- 15 mg/d)
 	 1/3 da dose	
	por 3 a 4 dias redução gradual não necessária
		
*
Prednisona(Meticorten ®) e Supressão Adrenal:
 Relação Dose X Duração da Terapia 						 (Thygeson, 1985)
 Dose		 		 Duração
(única, matinal)	 1 sem.	1 mês 6 meses 1 ano
dias alternados	 \u2013 	 \u2013		 \u2013 	 	 \u2013 	 
(qualquer dose)	
< 7,5 mg/dia 	 \u2013 	 \u2013		 \u2013 	 \u2013
	 10 mg/dia	 \u2013 	 \u2013	 +/\u2013 +
	 15 mg/dia 	 \u2013 	 +/\u2013		 + 	 ++ 
 > 30 mg/dia 	 + 	 ++	 +++ +++
Sinais indicam probabilidade de supressão do eixo HHA: 
\u2013: rara; +/\u2013: alguns; +:muitos; ++: maioria; +++: todos
*
Corticoterapia Emergencial
Dose		 Cortisol	 Metil-	 Betametasona
 Prednisolona (Celestone)
(mg/IV) (HC) Dexametasona
Maciça 400 - 2.000 80 - 400 	 20 - 100
 O uso de doses elevadas por até cinco dias, não é
Acompanhado de efeitos adversos significativos. 
*
 Dose ALTA de Prednisona (Meticorten)
 40-100 mg/dia
USO CURTO: Proc. inflamatórios e alérgicos agudos graves; imunossupressão; dose de ataque em transplantes; analgesia e quimioterapia em câncer
USO INTERMEDIÁRIO: Recidiva de processos inflamatórios graves ou degenerativos; imunos-supressão; iminência de rejeição de transplantes
USO PROLONGADO (raramente utilizado): Proc. inflamatórios graves, rebeldes ou resistentes
Indicações da Corticoterapia Sistêmica
*
 Dose MÉDIA de Prednisona (Meticorten)