211_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006
1 pág.

211_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006


DisciplinaClimatologia2.221 materiais40.367 seguidores
Pré-visualização1 página
METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA
Mário Adelmo Varejão-Silva
Versão digital 2 \u2013 Recife, 2006
197
12.2 - Piranômetros.
Os piranômetros destinam-se a medir a quantidade de radiação solar que atinge a uma
superfície plana, proveniente de todo um hemisfério. São usados para determinar a radiação
global e, eventualmente, têm sido empregados para estimar a radiação difusa. Neste último
caso o sensor é protegido da radiação direta por meio de uma faixa de metal curva, cuja incli-
nação deve ser ajustada de modo a acompanhar o movimento aparente do Sol na abóbada
celeste. Mas essa faixa constitui, igualmente, um anteparo parcial à radiação difusa, introdu-
zindo um erro sistemático nas determinações, o que exige a aplicação de um certo fator de
correção para compensá-lo.
12.2.1 - Piranômetro Eppley.
Um equipamento muito difundido, principalmente na área de pesquisa, é o Piranômetro
Eppley (Fig. V.12), cujo elemento sensível é composto por uma série de junções cobre-
constantan, (termopares) dispostas radialmente, formando uma termopilha (Latimer, 1971). As
junções quentes são pintadas com tinta negra e as frias recebem um revestimento de sulfato
de bário (de cor branca). Quando expostas à radiação solar, essas junções produzem corrente
elétrica, posteriormente amplificada e registrada em unidades apropriadas. Existem diferentes
modelos, de acordo com o número de junções usadas. O Piranômetro Eppley pode ser facil-
mente empregado para medir radiação refletida. 
Fig. V.12 - Piranômetro Eppley.
12.2.2 - Actinógrafo bimetálico.
No Brasil, o mais difundido dos piranômetros é o actinógrafo bimetálico do tipo Ro-
bitzsch, totalmente mecânico (Fig. V.13). O elemento sensível desse instrumento é constituído
por uma lâmina bimetálica enegrecida, exposta à radiação solar e por mais duas outras, pinta-
das de branco e mantidas à sombra. A primeira lâmina deforma-se por efeito duplo da variação
da temperatura ambiente e da absorção de energia solar; nas outras duas a deformação é
apenas causada pela variação da temperatura ambiente. Um acoplamento mecânico compen-
sa o efeito térmico da primeira lâmina com o das outras duas, de tal modo que a deformação
resultante, apenas devido à radiação, é transmitida a uma pena registradora sob a qual se
move um diagrama (actinograma), preso a um tambor rotativo. A radiação global (faixa do visí