Máscaras de sub
8 pág.

Máscaras de sub


DisciplinaRedes sem Fio759 materiais26.008 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1.048.574
30
5
255.248.0.0
524.286
62
6
255.252.0.0
262.142
126
7
255.254.0.0
131.070
254
8
255.255.0.0
65534
 
Redes de classe B
N.º de sub-redes
Bits necessários
Mascara de sub-rede
Computadores por sub-rede
0
1
Não válido
Não válido
2
2
255.255.192.0
16.382
6
3
255.255.224.0
8.190
14
4
255.255.240.0
4.094
30
5
255.255.248.0
2.046
62
6
255.255.252.0
1.022
126
7
255.255.254.0
510
254
8
255.255.255.0
256
 
Redes de classe C
N.º de sub-redes
Bits necessários
Mascara de sub-rede
Computadores por sub-rede
Não válido
1
Não válido
Não válido
1-2
2
255.255.255.192
62
3-6
3
255.255.255.224
30
7-14
4
255.255.255.240
14
15-30
5
255.255.255.248
6
31-62
6
255.255.255.252
2
Não válido
7
Não válido
Não válido
Não válido
8
Não válido
Não válido
 
	Cálculo do novo endereço de sub-rede (Network ID)  
1. Conte o numero de bits de alta ordem usados na Network ID. Por exemplo, se for usado 2 bits da mascara de sub-rede, o valor binário será 1100 0000. Se for usado 4 bits na mascara de sub-rede então o valor binário será 1111 0000.
2. Converta para decimal o bit de menor ordem. Este será o valor do incremento que determina  cada sub-rede. Por exemplo, se usarmos 2 bits o bit de menor ordem é igual a 64 (100 0000). Se usarmos 4 bits então o bit de menor ordem é 16 (1 0000).
3. Para determinar o numero máximo de sub-redes, devemos converter para decimal o numero de bits, mas agora de baixa ordem, e subtrair 1. Por exemplo, para 2 bits teríamos 0000 0011 = 3 - 1 = 2 sub-redes. Para 4 bits teríamos 0000 1111 = 15 - 1 = 14 sub-redes. Outra maneira de calcular o numero máximo de sub-redes, seria sabermos o numero de bits necessário, 2 elevado ao n.º de bits necessário depois subtraindo 2. Por exemplo 22-2 = 4 - 2 = 2 sub-redes. 24 - 2=16 - 2 = 14 sub-redes.
4. Começando por zero, incremente o valor calculado no passo 2. para cada combinação de bits até atingirmos o valor de 256. Com a parte baixa do valor 64 o primeiro intervalo da Network ID seria de 64 até 127, e a parte alta seria de 128 até 191.
 
	Calculo dos "Host IDs" para a sub-rede? 
Se já definiu as network IDs então já tem definidas as Host IDs para cada sub-rede. O resultado de cada valor incremental indica o inicio de cada conjunto de Host IDs para a sub-rede. 
Para calcular o numero de computadores (hosts) por cada sub-rede:
1. Calcule o numero de bits disponíveis para o Host ID. Por exemplo, para um endereço de classe B que usa 16 bits para a Network ID e 2 bits (emprestados) para a Subnet ID, sobra-nos 14 bits (6 + 8) para o Host ID.
2. Converter o valor binário para decimal. Por exemplo para o caso de termos 14 bits para os Host IDs, seria 1111 1111 1111 = 16.383 computadores.
3. Subtrair 1.
Outro processo de calcular o numero máximo de computadores seria sabendo o numero de bits usados para o Host ID. 2 elevado ao n.º de bits usados no Host ID - 2.
 
	Exemplo de uma divisão de uma rede de classe C 
As redes de classe também podem ser sub divididas embora seja mais difícil pois o numero máximo de computadores é já de si baixo (256 computadores).
Vamos partir do principio que a FCCN atribui-nos o seguinte Network ID: 192.1.1.0. Queremos criar 6 sub-redes onde cada sub-rede vai ter no máximo 30 computadores.
Usando os 8 bits disponíveis da parte do Host ID, devemos usar os 3 bits mais significativos para emprestar ao Network ID, usando os restantes 5 bits para os Host ID. Assim vamos ter 6 sub-redes com 30 computadores cada. A máscara de sub-rede tem de ser 255.255.255.224.
A seguinte tabela mostra as sub-redes de classe C (o valor 32 é o incremento entre sub-redes)
As 6 sub-redes possíveis na rede de classe C (192.1.1.0) com uma máscara de sub-rede 255.255.255.224
Valor binário
Valor em decimal
0010 0000
32 (192.1.1.32)
0100 0000
64 (192.1.1.64)
0110 0000
96 (192.1.1.96)
1000 0000
128 (192.1.1.128)
1010 0000
160 (192.1.1.160)
1100 0000
192 (192.1.1.192)
 
Analise dos 256 valores do ultimo Byte do endereço IP
Valor do último Byte
Valido?
Razão
0 - 31
Não
Não faz parte de qualquer sub-rede
32
Não
1º endereço da sub-rede
33-62
Sim
Computadores da 1ª sub-rede
63
Não
Endereço de broadcast da 1ª sub-rede
64
Não
2º endereço da sub-rede
65-94
Sim
Computadores da 2ª sub-rede
95
Não
Endereço de broadcast da 2ª sub-rede
96
Não
3º endereço da sub-rede
97-126
Sim
Computadores da 3ª sub-rede
127
Não
Endereço de broadcast da 3ª sub-rede
128
Não
4º endereço da sub-rede
129-158
Sim
Computadores da 4ª sub-rede
159
Não
Endereço de broadcast da 4ª sub-rede
160
Não
5º endereço da sub-rede
161-190
Sim
Computadores da 5ª sub-rede
191
Não
Endereço de broadcast da 5ª sub-rede
192
Não
6º endereço da sub-rede
193-222
Sim
Computadores da 6ª sub-rede
223
Não
Endereço de broadcast da 6ª sub-rede
224
Não
Máscara de sub-rede
225-255
Não
Acima da máscara de sub-rede
Usando a sub-rede 192.1.1.160 como exemplo, podemos tirar as seguintes conclusões:
Endereço de sub-rede: 192.1.1.160
Endereços válidos de computadores: 192.1.1.161 até 192.1.1.190
Endereço de broadcast: 192.1.1.191
 
Algumas questões que deve saber responder para garantir que uma dada mascara de sub-rede funcione: 
1) Qual a classe de endereços IP indicada pelo seu primeiro octeto?
2) Qual é a mascara de sub-rede por defeito para essa classe?
3) Há algum bit ou bits emprestados para a criação da mascara de sub-rede personalizada?
4) Baseado na parte personalizada da mascara de sub-rede, quantas posições de bits da parte do Host ID foram emprestados?