Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
exercicio resolvido- eritrograma

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. Um parâmetro hemantimétrico muito importante é o Volume Corpuscular Médio (VCM). O que este parâmetro demonstra 
em um hemograma? 
a) O tamanho dos leucócitos. 
b) O tamanho dos eritrócitos. 
c) A presença de hemoglobina glicosilada. 
d) A quantidade de hemoglobina eritrocitária. 
 
2. Os glóbulos vermelhos, também denominados de hemácias ou eritrócitos, são células: 
a) Nucleadas que se relacionam com o transporte de oxigênio. 
b) Anucleadas que se relacionam com o transporte de gás oxigênio para os tecidos. 
c) Anucleadas que atuam na defesa do organismo. 
d) Nucleadas que participam ativamente do processo de defesa do organismo. 
 
3. As hemácias, células de formato de disco bicôncavo, são formadas na medula óssea. O processo de formação, também 
chamado de eritropoiese, é um processo regulado por um hormônio chamado: 
a) Eritropoetina. 
b) Hemacialina. 
c) Adrenalina. 
d) Insulina. 
 
4. As hemácias fazem parte do tecido sanguíneo e no seu interior carregam uma proteína que dá cor ao sangue e realiza o 
transporte do oxigênio. Essa proteína recebe o nome de: 
a) Hemoglobina. 
b) Eritropoetina. 
c) Eritrócitos. 
d) Albumina. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Curso: Patricia Almeida Morais Período/Turma: 6º 
Disciplina: Análises histol ógicas e imunohematológicas 
Professor ( a): Paula N. Fernandes 
Exercício 1 - Eritrograma 
5. Trombocitose indica aumento de: 
a) Neutrófilos. 
b) Leucócitos. 
c) Plaquetas. 
d) Eosinófilos. 
 
6. Sobre o hematócrito é correto afirmar: 
a) Hematócrito baixo pode indicar doença pulmonar. 
b) Hematócrito alto pode indicar sangramento. 
c) Indica a porcentagem do volume de glóbulos vermelhos circulante. 
d) Diarréia prolongada pode diminuir o nível de hematócrito. 
 
7. A anisocromia corresponde a uma alteração do (a): 
a) Coloração dos eritrócitos 
b) Forma dos eritrócitos 
c) Número dos eritrócitos 
d) Tamanho dos eritrócitos 
 
8. O anticoagulante recomendado para o hemograma é: 
a) Heparina 
b) Oxalato de cálcio 
c) EDTA 
d) Fluoreto de sódio 
 
9. Não é característica de hemorragia aguda: 
a) Redução do hematócrito 
b) Alteração nos valores dos leucócitos 
c) Alteração nos valores das plaquetas 
d) Taxa normal de hemoglobina 
 
10. Um paciente, sexo masculino, 45 anos, vem à consulta para um “check-up”. Não possui nada de relevante na históriaclínica, 
exceto por uma discreta queixa de dispneia quando sobe um lance de escadas rápido que vem ocorrendo nas últimas 3 
semanas. Acredita que isto se deva à vida sedentária que leva há 2 anos. O exame físico do paciente é totalmente normal. 
Após solicitado hemograma, é evidenciado o seguinte resultado: eritrócitos:3.800.000/mm3; Hb:11,3g/dL; Ht:36%; 
VCM:70; HCM:21; RDW:18. Leucograma e contagem de plaqueta sem alterações. O hemograma deste paciente sugere 
que ele tenha: 
a) Anemia hipocrômica macrocítica. 
b) Anemia normocrômica normocítica. 
c) Anemia hipercrômica macrocítica. 
d) Anemia hipocrômica microcítica. 
 
11. T.S, 20 anos, sofreu um acidente de moto com repercussão para TCE e hidrocefalia, sendo necessário procedimento 
cirúrgico para colocação de válvula ventrículo-peritoneal, permanecendo 30 dias internado. Após 15 dias da alta hospitalar, 
o paciente reinterna e foi solicitado um hemograma. Conforme o quadro a seguir, assinale a alternativa que apresenta a 
classificação para o hemograma do paciente. 
 
a) Eritropenia microcítica hipocrômica e leucocitose 
b) Eritrocitose macrocítica hipercrômica e linfopenia 
c) Eritropenia hipercrômica com anisocitose e leucopenia 
d) Eritrocitose microcítica hipercrômica e leucocitose 
 
12. Caso Clínico 
 
A.A., 68 anos de idade, sexo feminino, natural e residente em Contagem, MG 
 
HMA: Paciente procura assistência médica com queixas de inquietação, irritabilidade, falta de energia, tremor 
nas mãos e palpitação. Desde os 20 anos de idade é “muito nervosa”, tendo sido internada por 2 vezes em 
hospital psiquiátrico. Já fez uso de diversos antidepressivos e ansiolíticos, sem melhoras significativas do 
quadro. Há 2 anos houve piora dos sintomas e, no momento, tem sentido, ainda, muito cansaço para realizar 
suas atividades habituais (limpar casa, cozinhar, etc) e falta de ar. 
 
HP: A paciente relata que teve anemia há 2 anos que melhorou com uso de sulfato ferroso. Menopausa aos 50 anos. 
G0P0A0. Nega cirurgias anteriores ou outras doenças além da descrita. 
 
HF/HS: Pais falecidos, não sabe informar a causa. Duas irmãs saudáveis (65 e 60 anos de idade). Alimentação 
e hábito intestinal regulares. Sem queixas urinárias. Relata que emagreceu 2 Kg nos últimos 6 meses. Reside 
com uma das irmãs. Recebe proventos de aposentadoria do INSS. 
 
Exame físico: 
 
 TA = 36,8 C Peso = 65 Kg PA = 140/85 mmHg FC = 
110 bpm 
Estado geral regular, mucosas hipocoradas (++/4+), hidratada, anictérica, acianótica, afebril. Linfonodos cervicais da 
cadeia cervical anterior palpáveis bilateralmente, medindo, o maior deles, cerca de 0,5 cm de diâmetro, móveis, não 
dolorosos. 
AR : eupnéica, murmúrio vesicular fisiológico. Ausência de ruídos adventícios. ACV: bulhas 
rítmicas, taquicárdicas. 
AD: Abdômen normotenso, não doloroso à palpação superficial e profunda. Fígado e baço não palpáveis. 
 
Hipótese diagnóstica: 
 
Exames complementares: 
Hemograma 
 Hemácias = 4.100.000/mm3 Hemoglobina = 9.0 g/dL Hematócrito = 28% 
 V.C.M. = ? H.C.M. =? C.H.C.M. = ? R.D.W. = 
18% 
 
Leucócitos = 9.800/mm3 Neut. bast. = 1% Neut. seg. = 65% Linf. = 26% Mon. = 7% Eos. = 1% Baso. = 0% 
 
Plaquetas = 200.000/mm3 Contagem de reticulócitos 
= 1,5% 
Ferro sérico (colorimétrico) = 30ug/dL 
Capacidade Total de Ligação do Ferro 
(colorimétrico) = 500ug/dl 
Ferritina sérica (quimioluminescência) = 8ng/mL Após 
avaliar os resultados acima, foi solicitado: 
Pesquisa de sangue oculto nas fezes (imunocromatografia) = positivo 
 
 
Questões: 
 
 
a) Monte o laudo de Eritrograma desse paciente e calcule os índices hemantimétricos. 
 
 
 
 
Hemácia 4100.000/ mm3 
Hemoglobina 9.0 g/dl 
hematocrito 28% 
VCM 68fl 
HCM 22pg 
CHCM 32g/dl 
RDW 18% 
 
leuc 9800/mm3 
Neut bast. 1% 
Neu seg 65% 
linf 26% 
mon 7% 
eos 1% 
bas 0% 
 
Plaquetas: 200.000/ mm3 
 
Anisocitose com presença de microcitose hipocromia, poiquilocitose 
 
VCM= 28/4,1 X 10 = 68fl 
HCM=9,0/4,1 X 10= 22 pg 
CHCM= 9,0 / 28 X 100= 32 g/ dl 
 
 
 
 
 
 
 
 
b) Desenhe a morfologia ou coloque uma imagem que represente as hemácias desse(a) paciente. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
VALORES DE REFERÊNCIA ( Estes dados devem ser usados para a resolução da atividade) 
 
ADULTOS 
 
Parâmetro Sexo 
masculino 
Sexo feminino Parâmetro 
Hemácias (106/mm3 ) 4.3 – 5.7 3.8 –5.1 Leucócitos (103/mm3) 4 – 11 
Hemoglobina (g/dl) 13.5 – 17.5 12 – 16 Neutrófilos (103/mm3) 1,8- 7,8 
Hematócrito (%) 39 – 49 35 – 45 bastonetes (103/mm3 ) 0,0 – 0,7 
VCM (fl) 80 – 100 80 – 100 segmentados (103/mm3 ) 1,8 – 7,1 
HCM (pg) 26 – 34 26 – 34 Linfócitos (103/mm3) 1,0 – 4,5 
CHCM (g/dl) 31 – 36 31 – 36 Monócitos (103/mm3) 0,2 – 1,0 
RDW (%) 12 - 15 12 – 15 Eosinófilos (103/mm3) 0,02 – 0,60 
 Basófilos (103/mm3) 0,02 – 0,20 
 
CRIANÇAS 
 
Idade Hemácias 
(106/m m3) 
Hemoglobina 
(g/dl) 
Hematócrito 
(%) 
VCM 
(fl) 
HCM 
(pg) 
CHCM 
(g/dl) 
RDW 
(%) 
RN (cordão) 3.9 – 5.5 13.5 – 19.5 42 - 60 98 - 
118 
31 - 37 30 –36 12 - 15 
1 semana 3.9 – 6.3 13.5 – 21.5 42 - 66 88 -126 28 - 40 28 –37 12 - 15 
1 mês 3 – 5.4 10 - 18 31 - 55 85 - 
123 
28 - 40 29 –37 12 - 15 
2 – 6 meses 2.7 – 4.9 9 - 14 28 - 42 74 – 
108 
25 - 35 29 - 37 12 - 15 
0.5 – 2 anos 3.7 – 5.3 10.5 – 13.5 33 - 39 70 - 86 23 - 31 30 –36 12 - 15 
2 – 6 anos 3.9 – 5.3 11.5 – 13.5 34 - 40 75 - 87 24 -
Página12