A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
tabela - histologia dos intestinos

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO 
 
MEDICINA SBC – SABRINA JUTKOSKI 
 
1 
 
INTESTINO DELGADO 
DUODENO JEJUNO ÍLEO 
Possui glândulas na camada submucosa Rico em células caliciformes 
 
 (todas essas 
glândulas são criptas) 
 
 
 
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO 
 
MEDICINA SBC – SABRINA JUTKOSKI 
 
2 
 
Mucosa: 
A1. Epitélio simples colunar 
A2. Enterócito 
A3. Célula caliciforme 
A4. Cripta (glândulas intestinais) 
A5. Lâmina própria 
A6. Muscular da mucosa 
Mucosa: 
B1. Epitélio simples colunar 
B2. Enterócito 
B3. Célula caliciforme 
B4. Célula de Paneth 
B5. Glândulas intestinais 
B6. Lâmina própria 
B7. Muscular da mucosa 
 
Mucosa: 
C1. Epitélio simples colunar 
C2. Enterócito 
C3. Célula caliciforme 
C4. Glândulas intestinais 
C5. Lâmina própria 
C6. Placa de Peyer ou GALT 
C7. Muscular da mucosa 
 
Lâmina própria altamente vascularizada 
e com muitas células para melhorar a 
absorção 
Capilar linfático: quilífero central 
(lipídios grandes são levados até os 
quilíferos, que são capilares linfáticos 
 
Nódulos linfáticos solitários 
Vilos baixos e em menor quantidade 
MUITAS CÉLULAS CALICIFORMES 
Alta quantidade de células de Paneth 
GALT 
CÉLULAS M 
(células de Paneth ➔ cora bem com eosina) 
 
Submucosa: 
A7. Glândulas duodenais (glândulas de Brunner) (único do 
intestino delgado com glândula na submucosa) 
Muscular externa: 
A08. Tecido muscular liso (camada circular interna) 
A09. Plexo nervoso mioentérico (de Auerbach) 
A10. Tecido muscular liso (camada longitudinal externa) 
 Camada serosa 
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO 
 
MEDICINA SBC – SABRINA JUTKOSKI 
 
3 
 
 
INTESTINO GROSSO 
 
Mucosa do Intestino Grosso 
E1. Epitélio simples colunar 
E2. Enterócito 
E3. Célula caliciforme 
E4. Glândulas intestinais 
E5. Lâmina própria 
E6. Muscular da mucosa 
NÃO POSSUI VILOS 
Grande quantidade de tecido adiposo na camada submucosa 
Camada serosa (mesotélio (tecido epitelial simples pavimentoso) + tecido conjuntivo frouxo) 
Possui mais caliciformes do que no intestino delgado e menos enterócitos 
 
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO 
 
MEDICINA SBC – SABRINA JUTKOSKI 
 
4 
 
Criptas de Lieberkuhn (glândulas intestinais) ➔ abrigam células-tronco ➔mais longas do que no delgado 
Apêndice vermiforme: células de Paneth, GALT e células M 
Ceco: células de Paneth 
Cólon intestinal: arranjo longitudinal externo (o resto só possui circular interna) ➔ Tênias cólicas: proporcional movimento típico do cólon intestinal 
 Possui camada adventícia (cólon ascendente e descendente) 
 
(cólon ➔ glândulas) 
 
(órgão ➔ intestino grosso; região que apresentas tênias cólicas ➔ cólon intestinal) 
 
 
 
 
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO 
 
MEDICINA SBC – SABRINA JUTKOSKI 
 
5 
 
RETO CANAL ANAL 
(reto e ânus) ➔ transição 
 
 
 
 
(já é o anus, mas não tem queratina, pois é transição) 
 
epitélio simples cilíndrico com muitas células caliciformes 
 
Epitélio estratificado pavimentoso queratinizado 
 
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO 
 
MEDICINA SBC – SABRINA JUTKOSKI 
 
6 
 
 
Esfíncter interno: músculo liso 
Esfíncter externo: músculo estriado esquelético

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.