A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
PROJETO- TEMAS TRANSVERSAIS EM DESIGN (A4) respondido

Pré-visualização | Página 1 de 2

NOTA 9
Teste: ATIVIDADE 4 (A4)
Curso: GRA1351 PROJETO: TEMAS TRANSVERSAIS EM DESIGN GR2843211 - 202110.ead-7510.05 (202110.ead-7510.05)
Iniciado: 26/03/21 19:15 
Enviado: 29/03/21 01:52 
Tempo utilizado: 54 horas, 36 minutos 
PERGUNTA 1
No processo de criação no Design, alguns elementos podem se tornar fundamentais, principalmente se o elemento pode elevar significativamente a qualidade do trabalho, mesmo em um projeto com poucos recursos visuais, e fazer com que se possa atingir a significação e a personalidade do projeto. 
 
Nesse sentido, assinale a alternativa que apresenta o nome do conceito descrito:
Slogan.
Logotipo.
Cores.
Marca.
Símbolos.
PERGUNTA 2
Refere-se a um projeto visual e funcional de um determinado produto e é responsável pela adaptação de um produto às necessidades de seus usuários. Ao contrário do que muitos pensam, não está associado somente à produção de imagens; outros fatores também estão envolvidos.
 
Nesse sentido, assinale a alternativa que indique se a afirmação está correta.
A afirmação refere-se exclusivamente ao papel do Design.
A afirmação refere-se ao Planejamento estratégico.
A afirmação refere-se ao conceito de Projeto e Planejamento.
A afirmação indica que há Marca e seus elementos.
A afirmação está mais propensa ao conceito de Briefing.
PERGUNTA 3
O Designer, quando se volta para as questões sociais, deseja que seu trabalho atinja a sociedade como um todo e, muitas vezes, para isso, é necessário que se alie a grupos sociais que farão parte do seu projeto de Design Social, sabendo que nem sempre terá disponibilidade de recursos suficientes para seguir adiante com seu intento. 
 
A respeito do designer social, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) Verdadeira(s) e F para a(s) Falsa(s). 
 
I. ( ) No Design Social, o profissional da área, com um bom projeto, poderá buscar recursos públicos para que possa levar adiante suas ideias.
II. ( ) O Design Social tem como propósito desenvolver ideias para uma comunidade carente suprindo a necessidade de determinado recurso.
III. ( ) Para envolver trabalho social, não há necessidade de conhecer a fundo uma determinada comunidade carente, basta disposição em ajudar.
IV. ( ) O Design Social envolve comunidades pobres, exclusão de pessoas com deficiência ou necessidades especiais, além de questões ambientais. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
F, F, F, V.
V, V, V, V.
F, V, F, V.
F, F, F, F.
V, V, F, F.
PERGUNTA 4
É necessário que um projeto de Design seja conduzido por um profissional que observe os resultados de nível de capacidade das pessoas, de forma individual e em equipe, levando em conta os ambientes interno e externo, a cordialidade com clientes e fornecedores do projeto, que mensure custos, prazos e qualidade de forma realista. 
 
Nesse sentido, assinale a alternativa que indique qual o melhor perfil para exercer essas atividades.
Perfil de Liderança que tem o poder de influenciar pessoas.
Perfil de Liderança Autocrática com poder coercitivo.
Perfil de Gestor que trabalha em parceria com os gerentes.
Perfil de Designer autocrático que dialoga com gerentes.
Perfil de chefe autoritário que conduz com poder coercitivo.
PERGUNTA 5
Em uma frase sobre acessibilidade e inclusão na área do Design, a autora Vania Ulbricht afirma que todos nós formamos uma sociedade complexa, pois, segundo ela, nós, como seres humanos, não alcançamos a evolução dentro do meio ambiente, mas somente conseguimos, até então, evoluir dentro de uma cultura que inclui seres humanos e animais.
 
ULBRICHT, Vania; FADEL, Luciane; BATISTA, Claudia R. Design para acessibilidade e inclusão. São Paulo: Blucher, 2017. p. 14.
 
 
A respeito do design social e suas explicações e pensamentos, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) Verdadeira(s) e F para a(s) Falsa(s). 
 
I. ( ) A autora quis dizer que a sociedade não é simples, pois a humanidade não se adaptou ou nem tentou se adaptar ao meio ambiente tal como era, mas criou a sua própria cultura na qual incluem-se somente pessoas e animais, o que certamente é invasivo e destrutivo do ponto de vista social.
II ( ) O designer em um projeto social pode interagir com os indivíduos da comunidade, porém somente ações como essa não são suficientes para provocar grandes mudanças sociais; uma verdadeira transformação social se realiza se pessoas ligadas à comunidade entendem a própria posição cultural.
III. ( ) O design sempre atende a alguma deficiência ou necessidade dentro de alguma comunidade, servindo como ferramenta de construção e modificação, e este precisa sempre se adaptar às necessidades do ser humano, e à estética em que se encontra naquele momento.
IV. ( ) O termo Social especificamente diz respeito à carência de recursos financeiros de comunidades pobres, à exclusão principalmente de pessoas com deficiência ou necessidades especiais e também em relação à questão dos aspectos ecológicos voltados à produção de bens de consumo.
 
 Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
F, F, F, V.
V, V, V, V.
 
F, V, F, V.
V, V, F, F.
F, F, F, F.
PERGUNTA 6
Leia o trecho a seguir:
 
O Designer sempre atende a alguma deficiência ou necessidade dentro de uma comunidade, servindo como ferramenta de construção e modificação dela. É justamente esse seu papel social. O profissional da área tem a função de considerar não só a adaptação nos modos de produção, mas também a maneira como as peças atendem às necessidades do homem e a estética em que se encontra (FERNANDES, 2017, p.2).
 
FERNANDES, Ivana. Design e sociedade: o papel social e o social elitizado. Suldesign Científico, Pelotas- RS, Vol. 4, N.1, 2017.
 
A partir do apresentado, analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. 
 
I. O ser social da profissão já está implícito na própria atividade. Desde o início do projeto, no qual o designer inicia o processo com a definição do público-alvo, metas e modo de projetação, a responsabilidade perante a audiência já está contida. A grande problematização está na contradição do discurso com a prática.
Pois:
II. Essa ocultação da autoria do designer acarreta uma criação de subcultura própria, e talvez por estar inundado pelos hábitos oriundos dessa cultura compartilhada apenas entre os profissionais, pode não atender a todas as necessidades da audiência, por apenas perceber o conhecimento dos designer, e não o conhecimento, costumes e hábitos do público-alvo a qual se pretende atingir.
 
A seguir, assinale a alternativa correta.
 
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a asserção II é uma proposição falsa.
As asserções I e II são proposições falsas.
PERGUNTA 7
O primeiro passo para delinear um projeto social pelos processos de Design é definir as diretrizes para a construção de um Briefing, que servirá como um norteador e, em seguida, certificar-se de que houve compreensão das partes envolvidas em relação ao que tem que ser feito, por quem e quando. 
 
Nesse sentido, assinale a alternativa que descreva o Briefing corretamente:
Somente em projetos de Design um Briefing é aconselhável, pois seus detalhes estão estruturados especificamente com ferramentas da área.
O Briefing é um processo obrigatório para o Designer que está responsável por um projeto, por envolver elementos específicos, além do Design.
Em um Briefing da área de Design, mais importante que os objetivos do cliente é o da empresa que está envolvendo esforços e recursos financeiros.
O Briefing tem o mesmo grau de complexidade que um planejamento estratégico.
 
O registro do Briefing esclarece aspirações específicas como metas, objetivos, prazos e orçamento disponível para o projeto.
PERGUNTA 8
Em um projeto de Design Social, o líder, mesmo já com as equipes formadas, centralizou

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.