A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
PROVA AV BIOQUIMICA CLINICA GABARITO P

Pré-visualização | Página 1 de 7

01/12/2021 23:00 EPS 
https://simulado.estacio.br/alunos/ 1/3 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Disciplina: BIOQUÍMICA CLÍNICA 
Aluno: 
Professor: 
@@ 
 
22.11.2021 
 
Avaliação: 
7,0 
Nota Partic.: 
 
 
EM2120500 - ANÁLISE DAS ENZIMAS, MARCADORES DO IAM E METABOLISMO MINERAL 
 
 
''O osso é um tecido metabolicamente ativo que está em constante renovação. Isso mantém sua integridade estrutural e a homeostasia mineral, ambas dependentes do equilíbrio entre os 
catabólico (reabsorção). A perda desse equilíbrio altera a matriz e a mineralização ósseas. Apesar de sofrer a influência da dieta, dos estímulos físicos e de fatores genéticos, o controle do 
fatores de crescimento, citocinas e pela comunicação celular.''Fonte: RIBEIRO A.F.C. et al. A osteoporose e os distúrbios endócrinos da tireoide e das gônadas. In: Arq Bras Endocrinol Meta 
 
A glândula que estimula a liberação do cálcio dos ossos, por meio do hormônio que produz, é o(a): 
 
Pâncreas 
Hipófise 
Suprarrenal 
Paratireoide 
Timo 
 
 
 
(IBFC-2016-EBSERH) O infarto agudo do miocárdio é a necrose da célula miocárdica resultante da oferta inadequada de oxigênio ao músculo cardíaco. A princípio, ocorre isquemia e, se es 
infarto do miocárdio, cuja extensão depende da artéria coronária obstruída, do grau de circulação colateral e das exigências de oxigênio do tecido suprido pela artéria. Os marcadores de le 
intracelulares liberadas após lesão da membrana do sarcolema dos miócitos decorrente de necrose. Sobre os marcadores utilizados na investigação do infarto agudo, assinale a alternativa 
 
A lactato desidrogenase é uma enzima da classe das oxidorredutases específica do músculo cardíaco. 
As transaminases podem ser utilizadas como marcadores de lesão cardíaca, sendo encontradas somente nesse tecido. 
O miocárdio contém quantidades expressivas de aldolase. A elevação da atividade plasmática da aldolase indica alterações cardíacas. 
A lipase é um importante marcador do infarto agudo do miocárdio. 
A elevação da enzima CK-MB (creatinoquinase M é um indicador específico de lesão miocárdica, particularmente de infarto agudo do miocárdio. 
 
 
 
EM2120501 - ANÁLISE DAS PROTEÍNAS E HEPATOGRAMA 
 
 
(Adaptado de IBFC - 2017 - EBSERH/RJ - Área: Hepatologia - Cargo: Médico) 
A tirosinemia hepatorrenal (tirosinemia do Tipo I) é um distúrbio autossômico recessivo. Sobre isso, analise as afirmativas a seguir: 
I. Há deficiência da enzima final do catabolismo da tirosina, a fumarilacetoacetato-hidrolase. 
 
II. O fumarilacetoacetato que se acumula é convertido não enzimaticamente em succinilacetona, substância tóxica para o fígado e rins e que inibe a enzima envolvida na síntese da porfirin 
neurológicas súbitas em alguns pacientes. 
 
III. O início das manifestações clínicas se dá na adolescência. 
IV. Os níveis de alfafetoproteína (AFP) são extremamente elevados, frequentemente excedendo a 100.000ng/ml. 
É correto o que se afirma em: 
II, III e IV 
I, III e IV 
I, II e III 
I, II e IV 
III e IV 
 
 
 
(VUNESP 2006 - Biomédico - Prefeitura de Sorocaba) 
 
A eletroforese de proteínas do plasma é usada para separação das frações (bandas) proteicas, utilizando-se suas cargas elétricas. Após a separação eletroforética, é possível fazer uma ava 
curva com diversos picos correspondentes a albumina, α1-globulina, α2-globulina, β-globulina, fibrinogênio e γ-globulina. As variações do teor destas proteínas plasmáticas têm valor no di 
patológicas. É correto afirmar que: 
 
Nas infecções crônicas (ex. tuberculose), há diminuição da fração de albumina com grande aumento da fração γ-globulina. 
A diminuição da banda β-globulina reflete a gravidade e cronicidade da hepatopatia. 
No mieloma múltiplo, observa-se uma grande diminuição da γ-globulina, com elevação da banda de albumina. 
Nas infecções agudas e processos inflamatórios, ocorre uma proteinemia total aumentada e crescimento da fração β-globulina. 
O aumento da banda γ-globulina demonstra alterações do fluxo biliar. 
 
Educational Performace Solution EPS ® - Alunos 
1. Ref.: 5260296 
2. Ref.: 5260287 
3. Ref.: 5266080 
4. Ref.: 5260724 
01/12/2021 23:00 EPS 
Educational Performace Solution EPS ® - Alunos 
https://simulado.estacio.br/alunos/ 2/3 
 
 
O técnico do laboratório que você gerencia solicitou sua ajuda para calcular manualmente a concentração aproximada de glicose de dois pacientes com base na curva padrão e equação da ret 
 
 
 
 
Os distúrbios acidobásicos podem ser classificados em metabólicos e respiratórios, e, ainda em acidose e alcalose. Sobre esses distúrbios analise as afirmativas a seguir: 
I. Uma das causas da acidose respiratória é a perda de bicarbonato pelo trato gastrointestinal. 
II. Na acidose metabólica o distúrbio primário é reduzir a concentração de bicarbonato de sódio. 
III. A compensação da alcalose metabólica é a hiperventilação. 
É correto o que se afirma em: 
I 
I e III. 
III 
II e III. 
II 
 
 
 
 
''A feocromocitoma é um tumor secretor de catecolaminas das células cromafins, tipicamente localizado nas adrenais. Causa hipertensão paroxística ou persistente. O diagnóstico se faz pe 
no sangue ou na urina.'' Para o diagnóstico pode ser solicitado a avaliação de qual marcador tumoral? 
 
NMP 22. 
CEA. 
BTA. 
Catepsina D. 
Cromogranina A. 
 
 
 
 
Paciente com histórico de diabetes entrou em uma emergência com sinais de confusão mental, alteração da consciência definida com a ofuscação da vista e escuridão do pensamento. Fora 
resultados apresentaram estes valores. 
 
Qual o tipo de diabetes, a complicação apresentada pelo paciente e as três características clínicas principais dessa complicação, respectivamente? 
 
Diabetes tipo II, cetoacidose metabólica, hipoglicemia, convulsões, dificuldade em acordar 
Diabetes tipo I, cetoacidose metabólica, hiperglicemia, alcalose, poliúria 
Diabetes tipo II, cetoacidose metabólica, hiperglicemia, cetonuria, hipotensão 
Diabetes tipo I, cetoacidose metabólica, hiperglicemia, desidratação, acidose 
Diabetes tipo I, cetoacidose metabólica, hipoglicemia, desidratação, acidose 
 
 
O diabetes mellitus refere-se a um grupo de distúrbios metabólicos comuns que compartilham do fenótipo de hiperglicemia. Sobre os diferentes tipos de diabetes e o diagnóstico laboratori 
I. O teste de tolerância à glicose avalia a resposta à glicemia após uma dose carboidrato. 
II. A excreção da albumina urinária é importante na avaliação da nefropatia diabética. 
III. Quando se avalia a curva glicêmica, a glicemia em jejum deve ser medida. 
IV. A frutosamida é o teste sempre empregado no diagnóstico do diabetes tipo II. 
V. Para indivíduos com anemia falciforme, os valores de hemoglobina glicada podem apresentar resultados falsamente elevados. 
Está correto apenas o que se afirma em 
I, II e IV 
II, III e IV 
I, II e III 
I, IV e V 
III, IV e V 
 
 
 
 
Ref.: 5420049 9. 
Ref.: 5425063 7. 
Ref.: 5421362 6. 
Ref.: 5424188 5. 
 
EM2120502 - ANÁLISE DA FUNÇÃO RENAL, DOS DISTURBIOS HIDROELETROLÍTICOS E ÁCIDO-BASE 
 
EM2120503 - HORMONIOS E MARCADORES TUMORAIS BIOQUÍMICAS 
 
EM2120700 - DIABETES MELLITUS E LIPIDROGRAMA 
Ref.: 5425095 8. 
 
EM2120985 - INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA CLÍNICA 
01/12/2021 23:00 EPS 
Educational Performace Solution EPS ® - Alunos 
https://simulado.estacio.br/alunos/ 3/3 
 
 
 
Qual opção apresenta a opção correta da concentração de glicose aproximada? 
 
Paciente 1: 125mg/dL; Paciente 2: 96mg/dL. 
Paciente 1: 112,5mg/dL; Paciente 2: 115,4mg/dL. 
Paciente 1: 193,4mg/dL; Paciente 2: 168,9mg/dL. 
Paciente 1: 91,1mg/dL; Paciente 2: 69,9mg/dL. 
Paciente 1: 130mg/dL; Paciente 2: 100mg/dL. 
 
 
Adaptado de (Prefeitura Municipal de Paulistana - 2019)) Sobre as cores dos tubos de coletas e o tipo de anticoagulante contido no tubo, a opção correta é: 
 
O tubo de tampa azul contém heparina e o tubo de tampa cinza contém citrato de sódio. 
O tubo de tampa azul contém citrato de sódio e o tubo de tampa lilás contém EDTA.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.