A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2486 pág.
Manual de Direito Processual Penal - Renato Brasileiro de Lima (Todos os volumes)

Pré-visualização | Página 1 de 50

Rua	Mato	Grosso,	175	–	Pituba,	CEP:	41830-151	–	Salvador	–	Bahia
Tel:	(71)	3363-8617	/	Fax:	(71)	3363-5050	•	E-mail:	fale@editorajuspodivm.com.br
Copyright:	Edições	JusPODIVM
Conselho	Editorial:	Eduardo	Viana	Portela	Neves,	Dirley	da	Cunha	Jr.,	Leonardo	de	Medeiros	Garcia,	Fredie	Didier
Jr.,	José	Henrique	Mouta,	José	Marcelo	Vigliar,	Marcos	Ehrhardt	Júnior,	Nestor	Távora,	Robrio	Nunes	Filho,	Roberval
Rocha	Ferreira	Filho,	Rodolfo	Pamplona	Filho,	Rodrigo	Reis	Mazzei	e	Rogério	Sanches	Cunha.
Capa:	Rene	Bueno	e	Daniela	Jardim	(www.buenojardim.com.br)
Lima,	Renato	Brasileiro	de.
L732m
Manual	de	processo	penal:	volume	único	/	Renato	Brasileiro	de	Lima	–	4.	ed.	rev.,	ampl.	e	atual.	–	Salvador:	Ed.	JusPodivm,	2016.
1.824	p.
Bibliografia.
ISBN	978-85-442-0670-6.
1.	Direito	processual.	2.	Direito	processual	penal.	I.	Título.
CDD	341.43
Todos	os	direitos	desta	edição	reservados	à	Edições	JusPODIVM.
É	terminantemente	proibida	a	reprodução	total	ou	parcial	desta	obra,	por	qualquer	meio	ou	processo,	sem	a	expressa
autorização	do	autor	e	da	Edições	JusPODIVM.	A	violação	dos	direitos	autorais	caracteriza	crime	descrito	na
legislação	em	vigor,	sem	prejuízo	das	sanções	civis	cabíveis.
A	Deus.	Ao	meu	pai	Mauro,	pelo	exemplo	de	luta	e	perseverança;	À	minha
mãe	Graça,	pelo	carinho	e	pelo	amor;	À	minha	querida	esposa	Vanessa:
difícil	acreditar	que,	enfim,	consegui	concluir	“nosso”	Manual	de	Processo
Penal	(vol.	único).	Digo	“nosso”	porque	tenho	a	consciência	de	que	jamais
teria	conseguido	concluir	a	obra	sem	você.	Durante	esses	anos	de
dedicação	à	conclusão	deste	trabalho,	você	sempre	esteve	ao	meu	lado:
quando	desanimava,	era	você	que	me	dava	força	e	motivação	para	seguir
adiante;	quando	precisava	de	alguém	para	discutir	minhas	reflexões	e
agonias	acerca	do	processo	penal,	era	você	que	estava	sempre	disposta	a
me	ouvir.	Pela	paciência,	pelo	companheirismo,	pelo	carinho	e	pelo	amor,
Excelência,	minha	eterna	gratidão!
APRESENTAÇÃO	À	4ª	EDIÇÃO
É	chegado	mais	um	especial	momento	para	nós:	a	apresentação	de	mais	uma	edição	do	nosso	“Manual
de	Processo	Penal”,	agora	em	sua	4ª	edição.
E	 o	 fazemos	 com	 um	 sincero	 e	 singelo	 agradecimento	 a	 todos	 os	 leitores,	 alunos,	 professores,
advogados,	Delegados	de	Polícia,	Defensores	Públicos,	Magistrados	 e	 colegas	do	Ministério	Público,
que	acolheram	nosso	trabalho	com	enorme	receptividade.
Em	conjunto	com	o	Legislação	Criminal	Especial	Comentada,	 foram	vendidos	cerca	de	quinze	mil
exemplares	 no	 ano	 de	 2015.	 Para	mim,	 uma	 grata	 surpresa.	 Essa	 acolhida,	 já	 verificada	 inclusive	 em
alguns	julgados	isolados	do	Supremo	Tribunal	Federal	e	do	Superior	Tribunal	de	Justiça,	nos	motivam	a
continuar	 na	 empresa	 de	 fazer	 um	 livro	 que,	 tentando	 ser	 didático,	 consiga	 servir	 aos	 seus	 diferentes
destinatários:	 graduandos,	mestrandos,	 doutorandos,	 concursandos	 e	 operadores	 do	Direito	 Processual
Penal,	tarefa	reconhecidamente	muito	difícil.
Para	 a	 publicação	 desta	 4ª	 edição,	 o	 livro	 foi	 revisado,	 atualizado	 e	 ampliado.	 Erros	 pontuais	 e
episódicos	localizados	na	edição	anterior	foram	devidamente	corrigidos.	Aliás,	para	tanto,	contamos	com
a	valorosa	colaboração	de	diversos	leitores,	que	gentilmente	nos	comunicaram	a	sua	localização.
Sem	dúvida	alguma,	o	trabalho	mais	árduo	em	relação	à	conclusão	desta	nova	edição	diz	respeito	à
necessária	 atualização	 do	 livro	 à	 luz	 do	 novo	Código	 de	 Processo	Civil.	 É	 bem	 verdade	 que	 o	 novo
diploma	processual	civil	entrará	em	vigor	tão	somente	em	março	de	2016,	já	que	sua	vacatio	legis	é	de	1
(um)	ano	(art.	1.045	do	novo	CPC).	No	entanto,	são	tantas	as	repercussões	no	âmbito	processual	penal
que	não	poderíamos	admitir	a	possibilidade	de	publicar	um	Manual	de	Processo	Penal	sem	a	necessária
atualização,	até	mesmo	para	evitar	que	esta	edição	se	tornasse	obsoleta	em	tão	curto	espaço	de	tempo.
Ao	analisarmos	o	texto	do	novo	Código	de	Processo	Civil,	não	tivemos	a	pretensão	de	nos	imiscuir
nas	novidades	introduzidas	pelo	novo	Codex.	Esta	árdua	tarefa	incumbe	aos	experts	do	Processo	Civil.
Na	 verdade,	 em	 um	 primeiro	 momento,	 procuramos	 nos	 restringir	 à	 citação	 dos	 dispositivos	 legais
aplicáveis	ao	processo	penal,	como,	por	exemplo,	a	citação	por	hora	certa,	doravante	prevista	nos	arts.
252	 a	 254	 do	 novo	 CPC.	 Para	 além	 disso,	 também	 procuramos	 fazer	 uma	 análise	 das	 alterações
produzidas	pelo	novo	CPC	que	terão	o	condão	de	repercutir	no	âmbito	criminal,	a	exemplo	da	extinção
da	possibilidade	jurídica	do	pedido	como	condição	da	ação	e	o	afastamento	do	princípio	da	identidade
física	do	juiz	(art.	132	do	antigo	CPC).	A	título	de	curiosidade,	são	mais	de	250	(duzentas	e	cinquenta)
remissões	ao	novo	CPC	constantes	da	nova	edição	do	nosso	Manual	de	Processo	Penal.
Dentre	as	novidades	constantes	da	4ª	edição	do	nosso	Manual	de	Processo	Penal,	merecem	destaque
especial	as	seguintes:	a)	tópico	específico	acerca	da	audiência	de	custódia,	permitindo	um	contato	sem
demora	entre	o	flagranteado	e	o	juiz	para	fins	de	convalidação	judicial	da	prisão	em	flagrante	(CPP,	art.
310);	 b)	 tópico	 específico	 acerca	 do	 mandado	 de	 condução	 coercitiva,	 medida	 cautelar	 de	 coação
pessoal	 cada	 vez	 mais	 utilizada	 pela	 Polícia	 e	 pelo	 Ministério	 Público	 no	 curso	 de	 investigações
preliminares;	 c)	 capítulo	 novo	 referente	 à	 interpretação	 da	 lei	 processual	 penal,	 com	 um	 tópico
específico	 acerca	 da	 possibilidade	 de	 aplicação	 subsidiária	 do	 novo	 Código	 de	 Processo	 Civil	 ao
processo	penal;	d)	Lei	n.	13.104/15,	que	 introduziu	o	 feminicídio	como	circunstância	qualificadora	do
crime	 de	 homicídio	 (CP,	 art.	 121,	 §2º,	 VI),	 rotulando-o,	 ademais,	 como	 crime	 hediondo;	 e)	 tópico
específico	acerca	do	princípio	do	favor	rei;	f)	Lei	n.	13.142/15,	que	introduziu	mais	uma	qualificadora	ao
crime	de	homicídio,	denominado	de	homicídio	funcional	(CP,	art.	121,	§2,	VII).
Com	o	objetivo	de	manter	a	atualização	jurisprudencial	da	obra,	também	foram	acrescentados	ao	livro
os	julgados	mais	relevantes	dos	informativos	do	ano	de	2015	do	Supremo	Tribunal	Federal	e	do	Superior
Tribunal	de	Justiça.	Isso	resultou	no	acréscimo	de	mais	de	uma	centena	de	julgados,	os	quais	se	somam
aos	quase	3.000	que	já	constavam	do	livro.	Acrescentamos,	ademais,	novas	súmulas	aprovadas	em	2015
pelo	STF	e	pelo	STJ.
Por	derradeiro,	lembrando	que	a	maior	virtude	que	se	pode	ter	é	a	gratidão,	imprescindível	pontuar
nossos	 sinceros	 agradecimentos	 às	 pessoas	 que	 estiveram	 ao	 nosso	 lado	 durante	 a	 elaboração	 deste
trabalho,	 em	 especial	 à	 minha	 família	 –	 minha	 querida	 esposa	 Vanessa	 e	 minha	 princesinha	 Laura
(“Lala”).	Agradeço	também	a	todos	os	alunos	aos	quais	tive	o	prazer	de	dar	aulas	de	processo	penal	e
legislação	criminal	especial	ao	longo	desses	12	anos	de	docência:	sem	a	carinhosa	cobrança	de	cada	um
de	vocês,	jamais	teria	conseguido	concluir	esta	obra.
E,	principalmente,	agradecemos	a	Deus,	por	tantas	oportunidades	de	vida	e	que,	renovando	a	nossa	fé,
possibilite	sermos	instrumentos	de	sua	Obra.
Ao	 leitor,	 esperamos	propiciar	uma	agradável	 leitura,	aguardando	as	eventuais	críticas	e	 sugestões,
que	 tanto	nos	permitem	aprimorar	 a	obra.	Aliás,	o	nosso	 livro	é	 fruto	da	colaboração	permanente	dos
leitores.	Até	porque,	como	dizia	o	sempre	 lembrado	Gonzaguinha,	“toda	pessoa	sempre	é	a	marca	das
lições	diárias	de	outras	tantas	pessoas”.
Para	 revisões,	vídeos,	perguntas,	 respostas,	sugestões	e	críticas,	pedimos	que	utilizem	nossa	página
facebook.com/profrenatobrasileiro
São	Paulo/SP,	19	de	dezembro	de	2015.
RENATO	BRASILEIRO	DE	LIMA
PREFÁCIO
O	presente	livro	corresponde	ao	Manual	de	Processo	Penal	(vol.	único)	do	amigo	e	professor	Renato
Brasileiro	de	Lima,	que	a	Editora	Juspodivm	traz	a	público.
Conheci	 o	 Renato	 Brasileiro	 de	 Lima	 como	 aluno	 no	 curso	 de	 Pós-Graduação	 da	 Faculdade	 de
Direito	da	Universidade	de	São	Paulo.	Logo,	suas	qualidades	se	fizeram	notar.	As	observações	precisas,
o	 domínio	 dos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.