Buscar

ATIVIDADE REFLEXIVA de micro feita

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 5 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

ATIVIDADE REFLEXIVA
Disciplina: Microbiologia e Imunologia Geral
Profa. Lorena Neris Barboza
Temática: Sistema imune inato e adaptativo
1. Objetivos:
· Estrutura e função do sistema imunológico;
· Aspectos básicos da imunidade inata e adquirida;
· Estrutura e função dos anticorpos;
2. Contextualização/Problematização
Ana Carolina, 25 anos, estudante de farmácia, inicia as atividades de estágio em um hospital escola, ela deverá acompanhar de perto o que acontece com a rotina laboratorial de diagnóstico de doenças infecciosas, imunes e virais. Nesse mesmo dia, deu entrada no hospital a Sra. Maria do Carmo Pereira, casada, 42 anos, mãe de três filhos, residente na área rural, e seria a primeira vez, em muitos anos, que a família faria uma consulta médica. Ela estava acompanhando o seu marido Joaquim Maria Pereira, 45 anos de idade com queixa de cansaço extremo, e pensava que poderia ser porque estava acordando várias vezes durante a noite para urinar. A dona Maria também reclamava de cansaço por acordar para amamentar o caçula da família. O pequeno José Felipe tem apenas três meses e a Sra. Maria do Carmo está pensando em desmamá-lo. Ana Carolina presenciou o atendimento da Sra. Maria do Carmo, que prontamente autorizou o acompanhamento da estudante na entrevista com a assistente social. Esta estava conversando com a Sra. Maria do Carmo sobre a importância de acompanhar a consulta do marido, o Sr. Joaquim Maria, auxiliando que ele fizesse todos os exames necessários, mas enfatizou a necessidade da mãe em manter a amamentação do seu filho José Felipe, de apenas três meses. A assistente social ressalta a importância da amamentação até pelo menos seis meses de idade. 
Ana Carolina refletiu sobre os diferentes aspectos dessa conversa com a Sra. Maria do Carmo. Por que a amamentação é tão importante para a criança? Ana Carolina se recordou das aulas de imunologia enfatizando a associação entre o leite materno e a redução do risco da criança em contrair doenças infecciosas e alérgicas. Como isso acontece? É um tipo de imunização natural?
Por causa desses questionamentos, Ana Carolina resolveu estudar os aspectos básicos da imunidade. 
Vamos ajudar a Ana Carolina a resgatar esses conhecimentos?
3. Apresentação da atividade / Exercício
1) Como o sistema imunológico é definido e qual a sua importância?
Resposta:
O sistema imunológico, também chamado de sistema imune, é o que garante proteção ao nosso corpo, evitando que substâncias estranhas e patógenos afetem negativamente nossa saúde. É um sistema complexo que envolve uma série de células e órgãos que funcionam, em conjunto, como uma grande barreira de proteção.
2) Quais são as principais linhas de defesa contra situações consideradas agressivas ao organismo?
Resposta:
 O corpo humano tem três linhas de defesa preliminares a lutar contra invasores estrangeiros, incluindo vírus, bactérias, e fungos. As linhas do sistema imunitário são três incluem barreiras físicas e químicas, respostas inatas não específicas, e respostas adaptáveis específicas.
3) Caracterize os componentes do sistema imune inato:
Resposta: 
Barreiras epiteliais ,Células fagocitárias e NK
Antibióticos naturais dos epitélios
4) Caracterize os componentes do sistema imune adaptativo:
Resposta: 
Os principais componentes celulares da imunidade adaptativa são os linfócitos T do tipo (CD4 + ou helper se CD8 + ou citotóxicos) ou linfócitos T do tipo encontrados em mucosas.
5) Caracterize as três formas de induzir a imunidade: imunidade por infecção, imunidade ativa e passiva:
Resposta:
 Imunidade pela infecção - contato com o patógeno e desenvolve
imunidade contra os seus antígenos;
Imunidade pela vacinação (imunidade ativa) - exposição ao
antígeno de um patógeno e desenvolve uma resposta ativa -
criação de resistência;
Imunidade pela vacinação (imunidade passiva) - administração de
anticorpos ou células viáveis (provenientes de indivíduo imune) -
transferência placentária ou pelo leite materno; 
6) Caracterize as principais propriedades das respostas imunológicas adquiridas: especificidade, memória e diversidade:
Resposta: 
Especificidade: Garante que antígenos distintos ativem respostas especificas.
Memoria. Leva a uma resposta aumentada a exposições repetidas ao mesmo antígeno.
Diversidade. Permite que o sistema imunológico responda a uma grande variedade de antígenos.
Fonte: slides da matéria 
7) Quais são as características funcionais e estruturais dos anticorpos?
Resposta:
Os anticorpos são moléculas que atuam na defesa do organismo e são produzidos pelos plasmócitos, células formadas a partir da diferenciação dos linfócitos B. Essas moléculas são bastante específicas, ou seja, cada anticorpo atua apenas contra determinado antígeno (molécula que se liga a um anticorpo). Além disso, eles apresentam diferentes de formas de agir contra um antígeno, como a neutralização e a opsonização. Podemos diferenciar cinco classes de anticorpos: IgM, IgG, IgA, IgD e IgE.
	Você se lembra da estagiária Ana Carolina e da Sra. Maria do Carmo, mãe do pequeno José Felipe, de apenas três meses? A assistente social ressaltou a importância da amamentação do bebê pelo menos até os seis meses de idade. Ana Carolina pensou sobre os diferentes aspectos dessa conversa com a Sra. Maria do Carmo. 
8) Por que a amamentação é tão importante para a criança? 
Resposta: 
O colostro é rico em proteínas e anticorpos. Por isso, é considerado a primeira vacina do recém-nascido. A proteção conferida pelo leite também diminui as chances de o bebê sofrer com infecções nos ouvidos, vômitos, diarreia, pneumonia, infecções do trato urinário e até certos tipos de meningite.
Isso acontece porque o leite materno possui substâncias que beneficiam o sistema imunológico da criança, como anticorpos, fatores imunes, enzimas e células brancas do sangue. Tais componentes protegem o bebê contra uma série de doenças e infecções não só enquanto está mamando, mas também depois de ele ter desmamado.
9) Qual a relação entre leite materno e a redução do risco da criança em contrair doenças infecciosas e alérgicas. Como isso acontece? 
Resposta: 
No contexto da imunologia e da fisiologia, os discursos que respaldam as propriedades benéficas do leite materno, afirmam que este, especialmente o colostro, apresenta elevadas concentrações de anticorpos (IgA, IgM, IgE e IgD), com predominância da IgA. Estas células, durante o aleitamento praticado pela puérpera, começam a colonizar a isenta e vulnerável mucosa gastrointestinal do neonato, impedindo, continuamente, a aderência e colonização da mucosa do trato digestivo deste por patógenos entéricos. Outra característica imunizante do leite materno é a presença de células polimorfonucleares (macrófagos, neutrófilos e eosinófilos) que fagocitam microorganismos patogênicos. Há ainda, no néctar da genitora, a presença de substâncias com propriedades probióticas e antibióticas como a lisozima, lactoferrina e o fator bífido que combatem a instalação de agentes envolvidos na etiologia de doenças diarreicas e alergias.
10) O sistema imunológico é responsável por proteger o organismo eliminando os microrganismos invasores. É constituído de certos tipos de leucócitos, principalmente os linfócitos, e também por órgãos onde ocorre a síntese, maturação e multiplicação desses leucócitos. Os linfócitos são as únicas células do nosso organismo que apresentam receptores específicos para antígenos e são células-chaves para a imunidade adaptativa, são morfologicamente semelhantes, no entanto são heterogêneos em algumas características.
Diante disso, analise as seguintes afirmativas:
	I- Os linfócitos apresentam populações diferentes que desempenham funções diversas e que podem ser diferenciadas pela expressão de determinadas moléculas na membrana.
II - Os linfócitos B são as únicas células que produzem anticorpos.
III - A imunidade do tipo humoral é mediada por um grupo de proteínas denominadas como anticorpos enquanto que a imunidade celular é mediada pela ativação de linfócitos T.
É corretoo que se afirma em: 
a) I apenas
b) I e II apenas
c) I e III apenas
d) II e III apenas
e) I, II e III
	
4. Referência Bibliográfica
Fonte: https://www.danonenutricia.com.br
Fonte: mundoeducacao.uol.com.br
Fonte: https://www.redalyc.org
SEHNEM, N. T. Microbiologia e imunologia. 1ed. São Paulo, SP: Pearson Education do Brasil, 2015.
SCUTTI, J. A. B. Fundamentos da imunologia. 1 ed. São Paulo, SP: Rideel, 2016.
ABBAS, Abul K. Imunologia:Celular e Molecular. Rio De Janeiro: Editora Elsevier Ltda, 2012.
5. Fonte de pesquisa (Biblioteca virtual)
SCUTTI, J. A. B. Fundamentos da imunologia. 1 ed. São Paulo, SP: Rideel, 2016. Tópico imunidade inata e adquirida - página 16 - 71
SEHNEM, N. T. Microbiologia e imunologia. 1ed. São Paulo, SP: Pearson Education do Brasil, 2015. Tópico imunidade inata e adquirida - página 160

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes