A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Prova-N1- Recursos cives-5 semestre

Pré-visualização | Página 1 de 1

No tocante aos recursos, é correto afirmar que:
	
	
	visam à invalidação, reforma, esclarecimento ou integração do pronunciamento jurisdicional impugnado ou recorrido.
	
	
	a sua desistência, pelo recorrente, só é eficaz caso haja a concordância do recorrido.
	
	
	a sua interposição enseja um novo processo instaurado.
	
	
	podem ser interpostos pelas partes e por terceiros prejudicados, mas não pelo Parquet como fiscal da ordem jurídica.
Qual o recurso cabível da decisão que rejeita liminarmente a reconvenção?
	
	a.
	Agravo de instrumento.
	
	b.
	Embargos de declaração.
	
	c.
	Apelação.
	
	d.
	Agravo interno.
Tendo percebido que um dos litisconsortes ativos era parte ilegítima, o juiz reconheceu ser ele carecedor do direito de ação, tendo determinado o prosseguimento do feito apenas em relação às demais partes. A natureza desse pronunciamento judicial é de:
	
	a.
	sentença.
	
	b.
	despacho.
	
	c.
	decisão interlocutória.
	
	d.
	ato ordinatório
Quanto aos princípios recursais, assinale a alternativa incorreta:
	
	a.
	só é considerado recurso aquilo que o legislador elencou expressamente no rol do artigo 994 do CPC,  princípio da taxatividade recursal.
	
	b.
	o princípio da fungibilidade é aplicado ao processo civil brasileiro, razão pela qual, havendo dúvida objetiva, o Tribunal pode receber um recurso por outro.
	
	c.
	o princípio da reformatio in pejus na apelação impossibilita a piora da situação do recorrente, na hipótese de recurso isolado.
	
	d.
	pelo princípio da singularidade ou unirrecorribilidade afirma-se que, como regra geral, só se admite uma espécie recursal como meio de impugnação de cada decisão judicial.
Em quais hipóteses é possível obter o efeito suspensivo no agravo de instrumento?
	
	a.
	nas hipóteses de periculum in mora.
	
	b.
	todas as alternativas estão corretas.
	
	c.
	nas hipóteses de risco.
	
	d.
	nas hipóteses de risco de dano grave, de difícil ou impossível reparação, e ficar demonstrada a probabilidade de provimento do recurso.
O agravo de instrumento pode ser indeferido pelo próprio relator:
	
	a.
	No caso de ser o recurso manifestamente contrário à súmula do respectivo tribunal.
	
	b.
	Quando for inadmissível.
	
	c.
	Quando contrariar entendimento firmado em incidente de resolução de demandas repetitivas.
	
	d.
	Todas as alternativas estão corretas.
Tácito ajuizou ação de cobrança contra Mélvio e os pedidos foram julgados procedentes em primeiro grau. No julgamento do recurso de apelação interposto pelo réu, o Tribunal pronunciou a prescrição de ofício, sem conceder às partes a oportunidade de se manifestarem sobre essa matéria, que não havia sido previamente ventilada no processo. De acordo com o que está disposto no Código de Processo Civil, o acórdão que decidiu o recurso de apelação é:
	
	a.
	nulo, de acordo com o efeito devolutivo, na modalidade profundidade.
	
	b.
	válido, pois, quando reconhecida em segundo grau de jurisdição, a prescrição pode ser pronunciada de ofício sem que antes seja dada oportunidade às partes de se manifestarem sobre ela.
	
	c.
	válido, pois a prescrição é matéria que pode ser apreciada de ofício, circunstância que dispensa prévia manifestação das partes.
	
	d.
	nulo, pois o juiz não poderá decidir com base em fundamento acerca do qual não se tenha dado às partes oportunidade de se manifestarem, nem mesmo em segundo grau de jurisdição, ainda que se trate de matéria pronunciável de ofício.
Qual o recurso cabível da decisão que versa sobre competência?
	
	a.
	Agravo interno.
	
	b.
	Apelação com juízo de retratação.
	
	c.
	Apelação.
	
	d.
	Agravo de instrumento
Assinale a alternativa incorreta:
	
	a.
	se, durante o prazo para a interposição do recurso, sobrevier o falecimento da parte ou de seu advogado, ou ocorrer motivo de força maior que suspenda o curso do processo, não será tal prazo restituído em proveito da parte.
	
	b.
	o recorrente que não comprovar, no ato de interposição do recurso, o recolhimento do preparo, inclusive porte de remessa e de retorno, será intimado, na pessoa de seu advogado, para realizar o recolhimento em dobro, sob pena de deserção.
	
	c.
	são dispensados de preparo os recursos interpostos pelo Ministério Público, pela União, pelo Distrito Federal, pelos Estados, pelos Municípios, e respectivas autarquias, e pelos que gozam de isenção legal.
	
	d.
	são cabíveis, de acordo com o CPC, os recursos de: apelação, agravo de instrumento, agravo interno, embargos de declaração, recurso ordinário, recurso especial, recurso extraordinário, agravo em recurso especial ou extraordinário e embargos de divergência.
Sobre Recursos no Código de Processo Civil, é CORRETO afirmar:
	
	a.
	O recurso pode ser interposto pela parte vencida, pelo terceiro prejudicado e pelo Ministério Público, como parte ou como fiscal da ordem jurídica.
	
	b.
	É obrigatório o recolhimento do porte de remessa e de retorno no processo em autos eletrônicos
	
	c.
	A desistência do recurso impede a análise de questão cuja repercussão geral já tenha sido reconhecida já tenha sido reconhecida e daquela objeto de julgamento de recursos extraordinários ou especiais repetitivos.
	
	d.
	A renúncia ao direito de recorrer, ao contrário da desistência, depende da aceitação da outra parte

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.