Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
AOL - 3 fisioterapia em ortopedia e traulatologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. Pergunta 1 
/1 
Leia o trecho a seguir: 
“A cifose em termos anatômicos refere-se à curvatura primária torácica posterior e sacral. Em alguns casos, 
esta curvatura apresenta-se móvel, em outros se torna rígida e fixa. Mulheres sedentárias, após a 
menopausa, apresentam uma mudança nesta curvatura, aumentando o grau da cifose, e com isto, 
comprometendo toda a estrutura corporal, tanto o alinhamento axial e pélvico como também a função 
pulmonar. Em pessoas idosas com hipercifose, o aumento deste grau está associado às dificuldades em 
atividades diárias e o declínio no condicionamento físico [...].” 
Fonte: JUNGES, S. et al. Mudança da pressão expiratória com a aplicação do método Pilates em mulheres 
adultas com hipercifose. Fisioterapia Brasil. Rio de Janeiro, v. 18, n. 5, p. 644, 2017. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a deformidade da coluna vertebral em 
hiperlordose, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s). 
I. ( ) A curvatura hipercifótica se caracteriza pelo aumento da curvatura côncava posterior. 
II. ( ) A hipercifose causa a distensão dos músculos do tórax, dos membros superiores originados no tórax, 
da cervical e da região suboccipital. 
III. ( ) A hipercifose pode resultar de uma anomalia congênita, em que uma ou mais vértebras se 
desenvolvem em cunha. 
IV. ( ) A hipercifose pode estar associada a algumas doenças como a osteoporose e a doença de 
Scheuermann. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta: 
Ocultar opções de resposta 
1. 
F, F, V, V. 
Resposta correta 
2. 
V, F, F, F. 
3. 
V, V, F, V. 
4. 
F, F, F, V. 
5. 
V, V, F, F. 
2. Pergunta 2 
/1 
A avaliação cinesiológica funcional é o primeiro passo para a reabilitação física dos processos álgicos da 
coluna vertebral. A partir dessa avaliação e com o máximo de informações sobre o paciente, será possível 
determinar o diagnóstico cinesiológico funcional e elaborar o plano de assistência fisioterapêutico. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a avaliação cinesiológica funcional dos 
processos álgicos da coluna vertebral, analise as afirmativas a seguir: 
I. A observação da região acometida deve ser realizada com o paciente em pé, sentado, em decúbito dorsal 
e outras posturas que causem dor. 
II. O desempenho dos músculos do tronco pode ser mensurado por meio de goniômetro, inclinômetro 
digital e flexímetro. 
III. Os testes ortopédicos especiais para coluna vertebral buscam excluir ou confirmar diagnósticos 
suspeitos. 
IV. A análise de exames de imagem e laboratoriais permite complementar as informações obtidas na 
avaliação cinesiológica funcional. 
Está correto apenas o que se afirma em: 
Ocultar opções de resposta 
1. 
III e IV. 
2. 
II e IV. 
3. 
I, III e IV. 
4. 
I, II e III. 
5. 
I, II e IV. 
Resposta correta 
3. Pergunta 3 
/1 
O sacro é formado pela fusão de 5 vértebras e se articula com o íleo, formando a articulação sacroilíaca. A 
região coccígea, mais inferior na coluna vertebral, é formada por 4 vértebras, que servem de ancoragem 
para o músculo glúteo máximo. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a sacralgia e a coccidinia, analise as 
afirmativas a seguir: 
I. A região sacral apresenta muita mobilidade e isso faz com ela seja mais acometida por lesões. 
II. A dor no cóccix se manifesta como irritação do plexo coccígeo, dor persistente e restrições aos 
movimentos. 
III. As sacralgias são causadas por queda direta sobre a região e por outros traumas de impacto direto. 
IV. A coccidinia pode ser causada por torções, subluxações e fraturas das vértebras da região do cóccix. 
Está correto apenas o que se afirma em: 
Ocultar opções de resposta 
1. 
I, II e IV. 
2. 
I e II. 
3. 
III e IV. 
4. 
II e IV. 
Resposta correta 
5. 
I, II e III. 
4. Pergunta 4 
/1 
Leia o trecho a seguir: 
“Por mais atenção que se dedique aos princípios gerais da prevenção de lesões, a natureza da participação 
em atividades físicas dita que cedo ou tarde ocorrerá alguma lesão. Tradicionalmente as lesões têm sido 
classificadas em agudas ou crônicas, no entanto, alguns profissionais da área de saúde argumentam que 
esses termos causam confusão. Todas as lesões são agudas – algo dá início ao processo lesivo. Quando a 
lesão aguda não cicatriza do modo adequado, em algum momento, ela se transforma em crônica.” 
Fonte: PRENTICE, W. E. Fisioterapia na prática esportiva: uma abordagem baseada em competências. 14. 
ed. Porto Alegre: Artmed, 2012. p. 180. 
 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre os traumatismos dos tecidos moles, analise as 
asserções a seguir e a relação proposta entre elas: 
I. O traumatismo dos tecidos moles resulta da atuação de forças externas, como compressão, cisalhamento, 
torção, flexão e tensão. 
Porque: 
II. A atuação das forças externas provoca alterações internas nas diferentes estruturas anatômicas, pois 
imprimem magnitude superior ao que os tecidos conseguem suportar. 
A seguir, assinale a alternativa correta: 
Ocultar opções de resposta 
1. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. 
2. 
As asserções I e II são proposições falsas. 
3. 
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. 
4. 
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. 
5. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e II é uma justificativa correta da I. 
Resposta correta 
5. Pergunta 5 
/1 
Leia o trecho a seguir: 
“A dor na região cervical vem sendo considerada um dos mais onerosos problemas osteomusculares, com 
enorme impacto sobre a saúde e qualidade de vida dos indivíduos e na sociedade como um todo. Esta 
disfunção vem aumentando consideravelmente nos últimos anos. Estima-se que, aproximadamente, 50% 
dos indivíduos adultos experimentarão dor cervical em algum momento da vida, sendo que 75% destes 
terão recorrência da dor nos próximos cinco anos.” 
Fonte: SOARES, J. C. et al. Influência da dor no controle postural de mulheres com dor cervical. Revista 
Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Florianópolis. v. 15, n. 3, 2013, p. 371, 2013. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre as cervicalgias, analise as afirmativas a 
seguir: 
I. As causas da cervicalgia são traumas, esforço repetitivo e/ou alteração postural. 
II. A coluna cervical apresenta pouca mobilidade, o que favorece a ocorrência de tantas lesões e alterações 
posturais. 
III. A alteração postural mais comum na região cervical é a hipercifose da curvatura dessa região. 
IV. A cervicalgia pode se manifestar como cefaleia, dor nos ombros, no tórax, no dorso ou parestesia e dor 
em membros superiores. 
V. A dor cervical pode ser resultado de hérnia de disco, entorses ligamentares, lesões em chicote, luxações 
vertebrais e estenose da região cervical. 
Está correto apenas o que é afirmado em: 
Ocultar opções de resposta 
1. 
III e IV. 
2. 
I e II. 
3. 
I e III. 
4. 
I, III e IV. 
5. 
I, IV e V. 
Resposta correta 
6. Pergunta 6 
/1 
A coluna vertebral desempenha um papel fundamental para a mobilidade humana, visto que ela fornece 
estabilidade, para que os membros superiores e inferiores realizem diferentes movimentos necessários para 
as atividades de vida diária e esportivas, recebe e distribui as cargas mecânicas, e protege a medula 
espinhal. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a coluna vertebral, pode-se afirmar que a 
maior parte da estabilidade necessári 
para que a coluna vertebral cumpra suas funções vem: 
Ocultar opções de resposta 
1. 
da ativação dos músculos do tronco. 
Resposta correta 
2. 
do suporte fornecido pelas vértebras. 
3. 
dos discos intervertebrais. 
4. 
das cinturas pélvica e escapular. 
5. 
dos inúmeros
Página12