A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Fisiologia celular

Pré-visualização | Página 1 de 1

Josué Mallmann Centenaro 
Célula 
É a unidade morfofisiológica do ser vivo. 
 Morfologia: como a célula é formada e é 
estudado na biologia celular; 
 Fisiologia: como a célula funciona e é estudado 
na fisiologia; 
Em cada animal, célula é a soma de unidades vitais 
cada uma das quais leva em si as características 
completas da vida. 
 Principal consequência dessa teoria: 
descoberta de que uma célula se origina de 
outra preexistente, explicando o fenômeno da 
perpetuação da espécie. 
Características comuns 
Oxigênio reage com carboidratos, gorduras e proteínas 
para a liberação de energia. 
Mecanismos de transformação de nutrientes em 
energia, ocorre dentro da mitocôndria. 
Liberação de produtos finais das reações químicas, 
pode ser energia, sódio, potássio, proteína, CO2. 
Capacidade reprodutiva, até mesmo os neurônios. 
Líquido intracelular (LIC) e líquido extracelular (LEC), 
maior parte de água do corpo. 
 O intracelular também é chamado de sincicial; 
LIC e LEC 
LIC: íons (potássio, magnésio e fosfato) e nutrientes 
(proteína). 
LEC: íons (sódio, cloreto, bicarbonato e cálcio) e 
nutrientes (oxigênio, glicose, ácidos graxos e 
aminoácidos). 
Homeostasia 
É a manutenção de condições quase constantes no 
meio interno. 
A modificaçã dos parâmetros fisiológicos ocorre dentro 
de faixas estreitas de variação. 
 
Espécie F/R F/C °C Pulso 
Equino 8 – 16 23 – 70 37,5 – 38 35 
Bovino 10 – 30 60 – 70 37,5 – 39 60 
Suíno 10 – 20 55 – 86 38 – 40 70 
Canino 10 – 30 100 – 130 37,5 – 39 90 
Felino 20 – 30 110 – 140 38 – 39 120 
Ovino 10 – 30 60 – 120 38,5 – 40 75 
Caprino 10 – 30 70 – 135 38,5 – 40 75 
Galinhas 12 – 36 220 – 300 39 – 40 220 
A homeostasia regula: 
 Coordenação e integração; 
 Excreção e termorregulação; 
 Frequência cardíaca, pressão sanguínea e fluxo 
sanguíneo; 
 Digestão, absorção e excreção; 
 Trocas gasosas; 
 Metabolismo e distribuição; 
 Excreção, equilíbrio ácido-base, e pressão 
sanguínea; 
Retroalimentação ou feedback nos sistemas 
biológicos. 
 Estímulo -> sistema -> efeito fisiológico; 
 Feedback negativo: quando diminui os efeitos 
do estímulo; 
 Feedback positivo: quando amplifica os efeitos 
do estímulo; 
Procariontes e eucariontes 
Procarióticas 
 Bactérias: DNA sem envoltório, sem histonas, 
organelas sem membranas; 
Eucariontes 
 Citoplasma com reações vitais. Hialoplasma 
(parte líquida – água e substâncias dissolvidas), 
e parte sólida (conjunto de organelas); 
 Núcleo com material genético; 
 
Organelas 
Núcleo 
 Armazena o material genético; 
Retículo endoplasmático 
 Rugoso: tem a função de síntese de proteínas, 
ligado aos ribossomos; 
 Liso: tem a função de sintetizar lipídeos, 
hormônios esteroides (proteínas alteradas pois 
precisam de lipídeos), armazena cálcio e 
participa de processos de desintoxicação 
(álcool, drogas, veneno...); 
Mitocôndrias 
 Respiração celular; 
 O acetil-coa tem função de energia, mas 
necessita de oxigênio para gerar energia; 
 A mitocôndria tem origem materna; 
 Respiração celular: C6H12O6 + 6O2 -> 6H2O + 
6CO2 + ATP; 
Complexo de golgi 
 É um amontoado de sacos achatados e 
delimitados por membranas. Recebe 
frequentemente vesículas provenientes do RER 
(recebe proteínas e as modifica, deixando no 
formato para elas serem utilizados, formação 
da parede celular, formação do acrossoma do 
espermatozoide, formação dos lisossomos, 
formação das membranas plasmáticas e 
nuclear; 
 Forma vesículas de secreção; 
Lisossomos 
 Digestão celular (moléculas que não serão mais 
utilizadas), brotam do complexo de Golgi, 
autólise (morte celular); 
Ribossomos 
 União de RNA e proteínas; 
 Sistematização das proteínas pela junção dos 
aminoácidos; 
 Proteínas que formam membranas ou são 
exportadas para o exterior da célula; 
Centríolos 
 Estruturas locomotoras denominadas cílios e 
flagelos; 
 Feixe chamado de axonema para orientar a 
divisão celular; 
Membrana celular 
 Glicoproteínas, fosfolipídios, colesterol, 
glicolipídios, proteínas integradas, proteínas 
periféricas; 
 55% proteínas, 25% fosfolipídios, 13% 
colesterol, 4% outros lipídeos, 3% carboidratos; 
 Funções: limite estático, separa reações 
químicas LIC e LEC, transdução de energia, 
aderência, condução de impulsos nervosos, 
movimentação seletiva de íons e moléculas, 
regulação de funções receptoras; 
Transporte membranoso 
Transporte passivo: não há gasto de energia 
 Osmose: a água se movimenta livremente 
através da membrana, sempre do local de 
menor concentração de soluto (meio 
hipotônico) para o de maior concentração 
(hipertônico). Ocorre a diluição do meio 
hipertônico. Hemólise, célula normal e célula 
crenada (enrugada, saiu água); 
 Difusão simples: as moléculas de um soluto 
deslocam-se do meio de maior concentração 
para o meio de menor concentração (a favor do 
gradiente de concentração). A velocidade é 
diretamente proporcional a concentração. O2, 
CO2 e íons minerais; 
 Difusão facilitada: as moléculas de um soluto 
deslocam-se do meio de maior concentração 
para o meio de menor concentração (a favo do 
gradiente de concentração) com intervenção 
de proteínas transportadoras (permeases). 
Acontece com aminoácidos, monossacarídeos e 
vitaminas; 
Transporte ativo: há gasto energia 
 Gasto de energia, ocorre contra o gradiente de 
concentração, necessita de permeases 
(proteínas), íons de sódio, potássio, ferro, 
hidrogênio, cálcio e alguns tipos de açúcares e 
de aminoácidos. Bomba de sódio e potássio; 
o Após o parto algumas fêmeas não 
conseguem exercer suas funções 
principais, por conta da falta do cálcio, 
pois o parto necessita de muita energia; 
Fatores que afetam a velocidade da difusão: diferença 
de concentração, potencial elétrico, diferença de 
pressão. 
 
Endocitose e exocitose 
Endocitose é dividida em: 
 Fagocitose (sólidos); 
 Pinocitose (líquidos); 
 Ocorre a formação de vesículas; 
 
Na exocitose ocorre a excreção de substâncias. 
 
Diferenciação celular 
Resulta da expressão diferencial de genes que ocorre 
no desenvolvimento dos seres multicelulares. 
Alterações das propriedades físicas e funcionais da 
célula à medida que proliferam no embrião para 
formar as diferentes estruturas corporais. 
Tecidos: 
 Epiteliais: são os que revestem; 
 
 Tecidos conjuntivos: são os preenchem (frouxo, 
denso, adiposo, cartilaginoso); 
 
 Tecidos musculares: são os que movimentam; 
 
 Tecido nervoso: são os que coordenam;

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.