A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Excitação ritmica do coração

Pré-visualização | Página 1 de 1

Permite o relaxamento do coração entre os
batimentos
Não deixa outro potencial de ação acontecer
enquanto um ainda não acabou
Impede a tetania (contração mantida), que
pode causar até morte
Contração involuntário
Suprimento constante de oxigênio e energia
Auto excitação 
Musculo atrial (contráteis
Músculo ventricular (contráteis)
Fibras especializadas exitatórias e condutoras
(excitáveis)
Três tipos principais:
FISIOLOGIA HUMANA
E X C I T A Ç Ã O R Í T M I C A D O C O R A Ç Ã O
Fisiologia do Músculo
Cardíaco
3 0 / 0 9 / 2 0 2 1
Larissa Victória
Potencial de ação
Unem uma fibra a outra
Conduz o potencial de ação de uma fibra a
outra
Junções Gap ou comunicantes
Período refratário
União das células
Por esse motivo que cada cavidade contrai
independente da outra
Sincício atrial e ventricular:
Se inicia pela entrada de sódio e cálcio
Potencial de ação prolongado
Entrada rápida de sódio e entrada lenda de
cálcio
Não há saída de íons, diminuindo a
permeabilidade da membrana
Depois os canais de cálcio de fecham, o potássio
tem um retorno imediato 
Abertura:
Platô:
Excitação - Contração 
Impulso gerando a contração. PA provocando a
contração das miofibrilas
Os íons cálcio provocam o deslizamento dos
filamentos de actina e miosina
Necessita de mais íons cálcio
Depende da concentração de cálcio extracelular
Começa poucos milissegundos após o PA
Duração inclui o plato 
Termina poucos milissegundos após o final do
PA
Sistema especializado com auto excitação e
condução por todo coração
Duração da contração:
Excitação rítmica do coração
Nodo sinoatrial
Onde o estimulo se inicia
Auto excitação, que gera o PA
Suas fibras se conectam com as fibras
musculares atriais
Marca passo fisiológico
Nodo atriventricular
Gera um atraso na propagação do PA
Faz com que os átrios se contraiam primeiro
que os ventriculos
Gerado no Nodo sinusal
Vai para as vias internodais
Chega no nodo atrioventricular, que atrasa um
pouco esse estimulo
É encaminhado para o feixe de His, que
percorre o septo interventricular
Vai para os ramos direito e esquerdo
Termina nas fibras de purkinje, na parede dos
ventrículos
1.
2.
3.
4.
5.
6.
FISIOLOGIA HUMANA
E X C I T A Ç Ã O R Í T M I C A D O C O R A Ç Ã O
Sequência fisiológica dos
estímulos
3 0 / 0 9 / 2 0 2 1
Larissa Victória
Sistema condutor rápido 
Uma vez que o PA chega nessa fibras, se
dispersa de forma imediata nos ventrículos 
Fibras de Purkinje
Situação patológica, ondo o inicio do
estimulo de contração é outra estrutura além
do nodo sinoatrial
A excitação das estruturas ocorrem quase ao
mesmo tempo, garantido a contração rápida do
coração
Marca passo ectópico: 
Sistema Nervoso
Todas as porções do coração
Principalmente nos ventrículos
Aumento da excitabilidade, da força de
contração, frequência cardíaca e da velocidade
de condução
Libera norepinefrina, aumentando a
permeabilidade para o sódio e cálcio,
facilitando o PA, aumentando a força de
contração
Controlado pelo nervo vago
Principalmente nodo sinoatrial e
atrioventricular
Muito pouco nos ventrículos 
Libera acetilcolina, aumentando a
permeabilidade para o potássio
Causa hiperpolarização, diminuindo a
frequência cardíaca
S. simpático
S. Parassimpático

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.