A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Otite Média Aguda

Pré-visualização | Página 2 de 2

▪ Risco de broncoespasmo severo. Não pode ser usado por pct com asma
ou DPOC, nem aquele com ventilação mecânica
2. Relacionar as fases de um processo infeccioso com as manifestações clínicas.
http://revista.fmrp.usp.br/1994/vol27n1e2/febre.pdf
FASE AGUDA
● Febre
o Substâncias que podem causar febre são chamados de pirógenos e podem ser
do interior ou do exterior do corpo.
o Tanto patógenos podem criar toxinas como pirógenos como células de defesa
como monócitos e macrófagos.
o Distúrbios infecciosos, neoplásicos e inflamatórios.
o Em causas infecciosas, a febre costuma durar 4 dias ou menos
● Anormalidades metabólicas
o Aceleração do metabolismo, podendo gerar catabolismo por falta de ingestão
alimentar
● Taquicardia
o Aumenta cerca de 15 batimentos por minuto/°C de elevação de temperatura
● Hipotensão
● Desidratação
o Aumento da perda de água decorrente da febre, taquipneia, umidade e
temperatura ambiente
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/protocolo_tratamento_influenza_2017.pdf
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/protocolo_tratamento_influenza_2017.pdf
http://revista.fmrp.usp.br/1994/vol27n1e2/febre.pdf
o Há também perda eletrolítica pelo suor, diarreia ou vomito.
● Hiperventilação e alcalose respiratória
o Frequente na fase inicial de doenças febris
● Encefalopatia