Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
ATIVIDADE CONTEXTUALIZADA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Pré-visualização | Página 1 de 1

ATIVIDADE CONTEXTUALIZADA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE 
 
Leandro Santos das Virgens 
Matrícula 01371758 
Enfermagem 
 
 
A prevenção é uma ação antecipada para impedir o aparecimento e progressão 
de doenças (COSTA, 2018). Baseado na definição apresentada de prevenção, 
pode-se entender a importância da prevenção, pois essas ações visam 
justamente impedir o surgimento de agravos e doenças e mesmo quando esses 
agravos e doenças já estão presentes as medidas preventivas atuam com o 
objetivo de minimizar seus efeitos dando qualidade de vida ao indivíduo, família 
e comunidade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) 
aproximadamente 73% das mortes no Brasil são resultados de doenças não 
transmissíveis, ou seja, poderiam ser evitadas. Sabendo que a prevenção está 
presente desde antes do adoecimento até o período de reabilitação, seu modo 
de atuação é organizado ou dividido em níveis, os quais são: 
 Prevenção primordial: são ações que visam impedir a exposição a 
fatores de risco para o aparecimento de doenças. Nesse nível de 
prevenção os cuidados tomados não são específicos para determinada 
doença, são cuidados gerais. Exemplo: alimentação saudável, prática de 
exercícios físicos regularmente, higiene do sono, etc. 
 Prevenção primária: age quando a existência do fator de risco está 
presente, evitando o adoecimento. Exemplo: controle de pragas e vetores, 
campanhas de vacinação, não fumar, controle do peso corporal, dentre 
outros. 
 Prevenção secundária: nesse nível de prevenção a doença está 
presente, porém é diagnosticada precocemente. Como exemplo de 
prevenção secundária pode-se citar o rastreio do câncer de mama e o 
rastreio do câncer de próstata. 
 Prevenção terciária: age reabilitando o indivíduo acometido pela doença. 
Exemplo: realização de seções de fisioterapia, implantação de órtese e 
próteses, seções de fonoaudiologia com pacientes acometidos por 
acidente vascular encefálico, etc. 
 Prevenção quaternária: esse nível de prevenção tem o objetivo de 
proteger o paciente e a população do risco de sobremedicalização e 
procedimentos desnecessários (COSTA, 2018). Como exemplo desse 
nível de prevenção pode ser citado o trabalho de profissionais de saúde 
em aconselhar o paciente a não se expor a exames radiológicos sem 
necessidade ou também alertar quanto ao risco da automedicação. 
 
Fonte: 
https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/noticias/saude-qual-a-
importancia-da-prevencao 
 
https://www.infomama.com.br/blog/tipos-de-prevencao-na-area-da-saude/ 
 
 
 
https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/noticias/saude-qual-a-importancia-da-prevencao
https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/noticias/saude-qual-a-importancia-da-prevencao
https://www.infomama.com.br/blog/tipos-de-prevencao-na-area-da-saude/