Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
HERNIAS

Pré-visualização | Página 1 de 1

HERNIAS 
Abaulamento / protrusão ao exterior 
Saída ocasional ou permanente de uma víscera ou tecido (Intestino delgado / epiplon), por um 
orifício ou defeito da parede abdominal 
ANATOMIA DO ABDOME 
Anteriores Músculos largos Reto anterior do abdome 
Piramidal (inconstante) 
Lateral Músculos anchos Obliquo externo e interno 
Transverso 
Posteriores Quadrado lombar 
Psoas maior 
Psoas menor (inconstante) 
 
ZONAS DE DEBILIDADE ANATOMICO 
TIPO LIMITES 
Triangulo hesselbach: 
Essa é uma hérnia congênita e direta, 
que atravessa o orifício miopectinio 
(frauchaud) 
• Lateral: Linha semilunar da margem lateral do 
musculo reto abdominal 
• Súperolateral: Vasos epigástricos inferior (rama da 
ilíaca externa) 
• Inferior: Ligamento inguinal y pectíneo 
 
Triangulo de Jean luis petit 
Lombar inferior 
Later medial: Obliquo externo 
Lateral: Dorsal 
Inferior: Crista ilíaca 
Quadrilátero de grynfelt 
Lombar superior 
Obliquo interno 
Musculo eretor da coluna 
12 costela 
Musculo serrato posterior inferior 
Linha semilunar de spiegel 
Borda superior das aponeuroses 
Musculo transverso do abdome 
Triangulo de perigo - SCHAWARTZ Triangulo de DOR 
Schwartz + michans 
Triangulo mortal - Michans (5) Círculo da morte: Vasos ilíacos comum, interno, 
externo, obturatriz e epigástrica inferior 
 
TIPOS DE HERNIAS 
• Redutível: O conteúdo herniaria regressa ao 
abdome espontaneamente ou por pressão 
manual 
• Estrangulada: O anel é um elemento 
estrangulante dos vasos podendo levar a 
inflamação e isquemia do saco herniario. 
• Irredutível: Seu conteúdo não regressa ao 
abdome, porque pode estar atrapalhado por um 
anel estreito 
• Amyand: Protusão do apêndice vermiforme, no 
saco herniaria pode ser inflamado ou não 
 
 
 
DIRETA X INDIRETA 
➢ Hernia em cima do Ligamento inguinal, medial aos vasos epigástricos e atravessa uma 
zona de debilidade em terço médio é uma hernia inguinal direta 
➢ Hernia que passa abaixo do ligamento Inguinal, lateral aos vasos epigástricos e dentro 
do anel inguinal é uma hernia femoral ou crural indireta + frequente nas mulheres 
 
COMPLICAÇÕES 
• Eventração: Deiscência da aponeurose no pós operatório imediato com alças intestinais 
contidas pela pele. 
• Evisceração: Deiscência da aponeurose no pós operatório imediato com alças intestinais 
que ultrapassam a pele 
• Estrangulação 
• Encarceramento em hernias irredutíveis 
• Obstrução intestina 
• Infarto do intestino 
FATORES PRÉ DISPONENTES 
Elevação da pressão intra-abdominal 
Diâmetro do anel femoral 
➢ 75% hernias inguinal 
• 50% indireta 
• 25% diretas 
➢ 10% Pós incisional – eventração 
➢ 5% Femoral (40% estranguladas) 
➢ 3% umbilical 
Diagnóstico: 
Clínica + manobra de valsava + USG 
Clínica: Tumor na região inguinal, pequeno no início, que aparece e desaparece com esforço e 
aumenta de tamanho. Pode ser acompanhada de alguns sintomas como dor, peso, constipação, 
de acordo com o conteúdo da bolsa ou estrangulamento. 
Manobra de valsava: Essa é uma técnica em que se prende a respiração, segurando o nariz 
com os dedos e, em seguida, é necessário forçar a saída de ar tossindo, fazendo pressão. 
Manobra de Andrews: Se realiza a manobra de valsava com a ponta do dedo sobre a hernia 
• Indireta: Choca contra a ponta de dedo 
• Direta choca contra a cara palmar do dedo 
Manobra de landivar: Se realiza a manobra de valsava 
• Indireta: Tumoração não evidente 
• Direta: Tumoração evidente 
Manobra de amussat: É usada para diferenciar hernias inguinais de femoral ou associada a 
apendicite 
TRATAMENTO 
Herniorrafia Hernioplastia 
 
 
• Shouldice Liechtenstein (malha mais usada) 
• Bassini Rutkow y robbins 
• Mc vay (usado para hernia inguinal e femoral) 
 
 
Classificação Anatômica do anel femoral e integridade da parede posterior – NYHUS 
TIPO - I Hernia indireta com anel abdominal interno normal. É comum é lactante e 
crianças. 
TIPO - II Hernia indireta com aumento em diâmetro do anel interno sem lesão em piso de 
conduto inguinal, também não se estendendo ao escroto 
TIPO – IIIA Hernia Direta 
TIPO - IIIB Hernia indireta que alcança a parede posterior do abdome, pode haver 
deslizamento escrotal e ou hernia em calças 
TIPO - IIIC Hernia femoral 
TIPO - IV Hernia recorrente (a - indireta, b- direta, c -femoral e d-mista) 
 
Bibliografia: Schwartz – princípios de cirurgia 8º edição