Buscar

Relatorio de estagio Giovana..

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 25 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 25 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 25 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

UNIVERSIDADE JOSÉ DO ROSÁRIO VELLANO – UNIFENAS 
CURSO DE BIOMEDICINA 
GIOVANA MOREIRA ALMEIDA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO III 
BIOMEDICINA ESTÉTICA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Varginha 
2021 
 
 
2 
 
GIOVANA MOREIRA ALMEIDA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO III 
BIOMEDICINA ESTÉTICA 
 
 
Relatório de Estágio obrigatório, supervisionado por 
Flávia Lúcia Barbosa de Brito, Biomédica, apresentado à 
Comissão de Estágio do Curso de Biomedicina- 
UNIFENAS. 
Professor Orientador: Prof. Dr. Bruno Cesar Correa 
Salles. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Varginha 
2021 
 
 
3 
 
SUMÁRIO 
 
 
 
 
1 INTRODUÇÃO 4 
2 OBJETIVOS 5 
2.1 Objetivo Geral 5 
2.2 Objetivos Específicos 5 
3 CARACTERIZAÇÃO DO LOCAL DO ESTÁGIO 6 
3.1 Identificação 6 
3.2 Supervisor(a) do Estágio 9 
3.3 Organização e Estrutura 9 
4. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS 10 
4.1 Toxina Botulínica 11 
4.2 Microagulhamento 14 
4.3 Depilação a Laser 16 
4.4 Radiofrequência 18 
4.5 Limpeza de Pele 20 
5 CONCLUSÃO 22 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 23 
 
 
 
 
4 
 
1 INTRODUÇÃO 
 
A Biomedicina Estética é uma área que vem crescendo cada vez mais no mercado de 
atuação profissional. Pode-se afirmar que ela é uma área em constante expansão que tem se 
tornado bastante falada ao longo dos últimos anos (SCHUBERT et al., 2009). 
A valorização do aspecto visual se deve ao desejo das pessoas de atingirem padrões de 
beleza estabelecidos pela sociedade, a melhoria do seu bem-estar e a melhora da autoestima. 
Salienta-se que, nessa busca pelo ideal de beleza, intercorrências indesejadas podem acontecer. 
Por isso, as pessoas estão buscando com maior frequência por procedimentos estéticos 
realizados, preferencialmente, por métodos menos invasivos. (BENEDITO et al., 1999). 
A autoestima tem um papel de suma importância dentro da Biomedicina Estética. As 
pessoas que possuem autoestima elevada confiam mais em si mesmas e em suas possibilidades, 
evitando assim, sentimentos como o estresse e a insegurança. A elevação da autoestima propicia 
às pessoas o seu próprio domínio, o desenvolvimento de suas habilidades pessoais e o 
estabelecimento e busca por novos objetivos de vida. 
Considerando o contexto apresentado, a importância dos procedimentos estéticos para 
a autoestima das pessoas e a realização de um estágio supervisionado na área da Biomedicina 
Estética, foi elaborado um relatório de estágio visando demonstrar a utilização do conhecimento 
teórico adquirido durante o curso de Biomedicina da Universidade José do Rosário Vellano – 
Unifenas – em situações práticas, através do desenvolvimento do programa de estágio em uma 
Clínica Estética localizada no município de Três Pontas-MG. 
O presente relatório de estágio foi organizado de modo a facilitar o entendimento da 
maneira em que os conhecimentos teóricos adquiridos durante a formação universitária foram 
aplicados na prática, no decorrer do estágio. 
Primeiramente serão apresentados os objetivos gerais e específicos do estágio. Em 
seguida, haverá a caracterização do local onde o estágio foi realizado e a descrição das tarefas 
desenvolvidas pela estagiária. Por fim, serão apresentadas as conclusões e o referencial teórico 
utilizado na elaboração deste relatório. 
 
 
 
 
5 
 
2 OBJETIVOS 
 
2.1 Objetivo Geral 
 
A realização do estágio curricular obrigatório na área da estética avançada, com carga 
horária de 600 horas, teve o objetivo de propiciar à estagiária, a aplicação e aprimoramento dos 
conhecimentos obtidos durante a graduação, o confronto entre a teoria e a prática em situações 
reais e a aquisição de experiências profissionais necessárias para sua formação e atuação no 
mercado de trabalho. 
 
2.2 Objetivos Específicos 
 
Através da constante supervisão e orientação profissional, objetivou-se através da 
realização do estágio, a observação, o desenvolvimento, a execução e o aprendizado de diversas 
atividades e técnicas com o intuito de preparar a estagiária para o mercado de trabalho, firmando 
o domínio de conhecimentos teóricos e práticos, nas seguintes atividades: 
 
● Aplicação da Toxina botulínica; 
● Microagulhamento; 
● Radiofrequência; 
● Depilação a Laser; 
● Limpeza de Pele. 
 
 
 
 
6 
 
3 CARACTERIZAÇÃO DO LOCAL DO ESTÁGIO 
 
3.1 Identificação 
 
A Clínica de Estética Vitalis Embelleze LTDA, localizada em Três Pontas/MG, 
começou a ser construída em 1997, mas foi concluída apenas em 2018 e vem inovando cada 
vez mais, para melhor atender os seus pacientes. 
A Clínica é inscrita no CNPJ sob o nº 20.150.429/0001-72 e localiza-se na Rua Juvenal 
Corrêa de Figueiredo, 656 - Centro, Três Pontas/MG. O telefone para contato é (35) 98898-
1824 e a responsável técnica é a Biomédica Flávia Lúcia Barbosa de Brito (CRBM nº 11210). 
Nas figuras 01, 02 e 03 abaixo estão as fotos da clínica e da proprietária/responsável 
técnica: 
 
Figura 1- Clínica (espaço para atendimentos) 
 
 
7 
 
 
Figura 2- Clínica (espaço para anamnese) 
 
Figura 3- Flávia (Biomédica) 
 
 
8 
 
 
A Clínica é equipada com diversos equipamentos, entre os quais destacamos: 
- Macas; 
- Carrinhos e gaveteiros; 
- Aparelho para aplicação de Radiofrequência; 
- Aparelho para Depilação a Laser; 
- etc. 
 
Nas figuras 04 e 05 abaixo estão as fotos de alguns dos equipamentos mencionados: 
 
 
Figura 4- Aparelho de Radiofrequência 
 
 
9 
 
 
Figura 5- Aparelho de Depilação a Laser 
Na Clínica de Estética Vitallis é obrigatório o uso de todos os EPIs, incluindo jalecos, 
gorros, sapatos fechados e luvas, caracterizando zelo pela segurança e conforto dos pacientes. 
A missão da Clínica é promover o bem-estar dos pacientes de maneira personalizada, 
oferecendo atendimentos de qualidade em busca da satisfação pessoal e autoconhecimento. 
A visão da Clínica é tornar-se referência no mercado regional por meio da excelência e 
qualidade na prestação de serviços de estética, saúde e bem-estar, por meio da atualização 
constante nos tratamentos, técnicas, capacitação e investimentos na estrutura física da clínica. 
A atuação da Clínica é pautada em valores como o compromisso, o respeito ao cliente, 
a humanização dos tratamentos, a ética profissional e a responsabilidade social. 
 
 
3.2 Supervisor(a) do Estágio 
 
O Estágio Obrigatório executado no 8° período do curso de Biomedicina, realizado na 
Clínica Vitalis Embelleze LTDA em Três Pontas-MG, foi supervisionado pela biomédica 
Flávia Lúcia Barbosa de Brito, Estética. (CRBM nº 11210). 
 
 
3.3 Organização e Estrutura 
 
A Clínica Vitallis é administrada pela sua única proprietária, Flávia, profissional 
habilitada responsável pela aplicação dos procedimentos estéticos disponibilizados pela clínica. 
 
 
10 
 
Em relação à estrutura física da Clínica, cumpre mencionar que ela se encontra dentro 
das normas da Vigilância Sanitária, apresentando os seguintes ambientes: recepção, sala de 
avaliação para avaliar o paciente, sala de aplicações com macas, banheiro e espaço com 
equipamento de lavagem para maior segurança e confiabilidade dos procedimentos. 
 
 
 
 
 
11 
 
4. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS 
 
Foi desenvolvido o estágio curricular, durante o período de 19/08/2021 a 02/12/2021, 
totalizando 600 horas. 
Segue abaixo, a descrição das atividades desenvolvidas pela estagiária: 
- Anamnese; 
- Preparo de produtos e equipamentos; 
- Realização de procedimentos estéticos, como: toxina botulínica, microagulhamento, 
radiofrequência, depilação a laser e limpeza de pele. 
Todas essas técnicas executadas e aperfeiçoadas durante o estágio, exigiram da 
estagiária conhecimentos da anatomia humana, fisiologia do corpo, farmacologia, histologia, 
patologia e biossegurança, exigindo também muito cuidado de modo a evitar acidentes e 
resultados não desejados. 
No decorrer do estágio, sob constantesupervisão da responsável técnica, a estagiária foi 
responsável por realizar avaliações dos pacientes num primeiro momento. Esse primeiro 
contato e avaliação, conhecido como anamnese, ocorre por meio da aplicação de questionários 
que são de extrema importância para conhecer o paciente e identificar a melhor forma de atender 
as suas demandas. 
Destaca-se a necessidade de saber se o paciente apresenta alguma alergia, se faz uso de 
alguma medicação, se faz o uso de cigarro, se já sofreu algum tipo de acidente, se está grávida, 
se já teve algum tipo de câncer na família, se é hipertenso ou hipotenso, se faz o uso de bebida 
alcoólica, se pratica atividades físicas, entre outros. Essas informações irão direcionar o 
tratamento mais adequado para cada paciente. 
É no momento da anamnese que a estagiária aprendeu a criar laços com seus pacientes, 
gerando confiança, transmitindo conhecimentos e traçando o melhor caminho para se atingir os 
objetivos desejados. 
Quanto ao preparo de produtos e equipamentos, a estagiária aprendeu como limpar e 
higienizar adequadamente os equipamentos utilizados entre uma sessão e outra, principalmente 
considerando a pandemia do COVID-19. Aprendeu a preparar a sala de atendimentos, macas e 
equipamentos e a organizar os materiais a serem utilizados de forma que otimizar a realização 
dos procedimentos de forma organizada e sem intercorrências. 
A estagiária também foi responsável por acompanhar e executar, sob supervisão, a 
realização dos seguintes procedimentos: 
 
 
 
12 
 
4.1 Toxina Botulínica 
 
Segue abaixo uma breve revisão bibliográfica sobre a Toxina Botulínica, seus usos e 
complicações e, em seguida, uma descrição das atividades desenvolvidas durante o estágio: 
 
No Brasil, em 1992, a droga BOTOX foi introduzida para o tratamento da hiperidrose e 
doenças neurológicas. Já em 2000, foi aprovada sua utilização na área da cosmética e, graças 
ao marketing, conquistou a população (BARBOSA; BRITO, 2020). 
 Ela deu o início à era das técnicas não–invasivas para conter o envelhecimento, que se 
utilizam de injeções intramusculares ou subcutâneas para promover o rejuvenescimento facial 
através de injetáveis (SILVA et al., 2014). 
A Toxina botulínica tipo A é eficiente em procedimentos terapêuticos e estéticos, tendo 
sido aprovada em 1989 para o tratamento de doenças faciais, sendo essas não relacionadas 
apenas com a estética. Porém, durante esses tratamentos, foi observado a diminuição de rugas, 
chamando a atenção dos cientistas para o aprofundamento de pesquisas específicas da Toxina 
botulínica tipo A para a área estética (LACORDIA; JANUÁRIO; PEREIRA, 2011). 
Além do benefício de diminuição de marcas faciais causadas naturalmente pelo tempo, 
a Toxina botulínica tipo A também apresenta benefícios para procedimentos como assimetrias 
faciais, hiperidrose nas mãos, pés, axilas, face e região inguinal, sorriso gengival, entre outros 
(RIBEIRO et al., 2014). 
Apesar de todos os benefícios amplamente estudados, as complicações podem ocorrer, 
principalmente por erro na dosagem, erros de aplicação ou por mera falta de conhecimento da 
anatomia muscular da face. Diversos efeitos indesejados já foram observados na literatura, 
como dificuldades de movimentações musculares voluntárias, ptoses dos lábios ou região 
infraorbitária, assimetria ou agravamento das linhas de expressão, entre outras (BARBOSA; 
BRITO, 2020). 
A aplicação da Toxina Botulínica tipo A é contraindicada para mulheres grávidas, 
pessoas com problemas psiquiátricos, transtornos emocionais, alérgicos, esclerose lateral, 
miastenia graves, entre outras enfermidades. Mesmo que a pessoa não apresente nenhuma 
enfermidade que possa resultar na influência negativa do uso da Toxina botulínica, não se 
recomenda a aplicação da Toxina botulínica tipo A em pacientes que estiverem fazendo o uso 
de medicamentos como: aminoglicosídeos, ciclosporinas, penicilamina, quinidina, entre outros 
(MAIO, 2011). 
 
 
13 
 
As possíveis complicações são dor, eritema, edema, equimose, cefaleias, náuseas, 
infecções, alterações musculares e assimetrias. Todas essas em grande frequência, são de grau 
leve e reversíveis, sendo o principal problema o desconforto momentâneo tanto do médico 
como do paciente (HEXSEL et al., 2011). 
 
Durante o estágio na Clínica Vitalis Embelleze, a estagiária foi responsável por 
encaminhar os pacientes para a sala de atendimento e acompanhar a anamnese conforme 
descrito anteriormente. Após a anamnese e, em sendo indicada a aplicação da toxina botulínica, 
é o momento de aplicar um anestésico na pele dos pacientes. A princípio, ele pode causar certo 
desconforto, mas, passados 30 a 40 minutos, o anestésico agirá da forma correta. 
Em seguida, a estagiária solicitava aos pacientes que se assentassem na maca para, 
acompanhada da dona da clínica, fazer as marcações nos pontos de aplicação com o uso de um 
lápis branco. A seguir, era feita a diluição da Toxina Botulínica, a qual estava pronta para 
aplicação. 
Nas figuras 06, 07 e 08 abaixo estão as fotos de uma ampola de toxina botulínica, de um 
rosto com as marcações para aplicação e de um comparativo “antes e depois” da aplicação da 
técnica: 
 
 
Figura 6- Ampola de Botox 
 
 
14 
 
 
Figura 7- Marcações para aplicação do Botox 
 
 
Figura 8- Antes e Depois (Botox) 
 
 
 
15 
 
4.2 Microagulhamento 
 
Segue abaixo uma breve revisão bibliográfica sobre a técnica do Microagulhamento, 
seus usos e contraindicações e, em seguida, uma descrição das atividades desenvolvidas durante 
o estágio: 
 
A técnica de microagulhamento, conhecida também como Indução Percutânea de 
Colágeno (IPC), é um procedimento utilizado por meio de microagulhas com a finalidade de 
provocar micropunturas na pele estimulando um processo inflamatório e consequentemente a 
produção de colágeno sem danificar totalmente a epiderme (DODDABALLAPUR et al., 2016). 
Este procedimento pode ser realizado em uma alta variedade de disfunções estéticas 
quando o propósito é estímulo da produção de novas fibras de colágeno e elastina, como rugas 
e linhas de expressão, cicatrizes de acne e queimaduras, melasmas, estrias, e por fim, flacidez 
cutânea (DODDABALLAPUR et al., 2016). 
A técnica é contraindicada para pacientes que apresentam: câncer de pele, ceratose solar, 
verrugas, infecções de pele, pacientes que fazem o uso de anticoagulantes, quimioterapia, 
radioterapia ou corticoterapia, diabetes mellitus não controlada, rosácea e acne nas fases ativas, 
uso de isotretinoína oral com pausa menor de seis meses e pele queimada de sol (ALBANO; 
PEREIRA; ASSIS, 2018). 
 
Durante o estágio na Clínica Vitalis Embelleze, a estagiária foi responsável por 
encaminhar os pacientes para a sala de atendimento e acompanhar a anamnese conforme 
descrito anteriormente. Após a anamnese e, em sendo indicada a aplicação da técnica de 
microagulhamento, a estagiária era responsável por aplicar um anestésico tópico na pele dos 
pacientes. 
Em seguida, a estagiária procedia à higienização da pele dos pacientes, utilizando-se, 
para tanto, de álcool 70%. Logo após, fazia o uso do Dermaroller. 
O Dermaroller é um pequeno cilindro recoberto por inúmeras microagulhas. Quando 
deslizado sobre a pele, ocasiona microperfurações, as quais estimulam a produção de colágeno 
e restaura a pele. O rolo deve ser passado em toda a face, no sentido horizontal, vertical e 
diagonal. Para evitar desconfortos é recomendável iniciar a aplicação pela testa, depois no 
queixo e, por fim, nas bochechas e área próxima dos olhos, por serem mais sensíveis. 
Após a aplicação, a estagiária era responsável por limpar a pele dos pacientes 
 
 
16 
 
delicadamente, preferencialmente com algodão e soro fisiológico e indicava o uso constante de 
filtro solar e dava instruções de modo a evitar queimaduras, inflamações e o surgimento de 
manchas durante o período de recuperação. 
Nas figuras 09 e10 abaixo estão as fotos de um dermaroller e de um rosto logo após a 
aplicação da técnica de microagulhamento: 
 
 
Figura 9- Dermaroller 
 
Figura 10- Rosto após aplicação do microagulhamento 
 
 
 
17 
 
4.3 Depilação a Laser 
 
Segue abaixo uma breve revisão bibliográfica sobre a técnica da depilação a laser e, em 
seguida, uma descrição das atividades desenvolvidas durante o estágio: 
 
A depilação a laser é uma técnica que vem sendo bastante utilizada para a retirada de 
pelos do corpo humano, sendo voltada para dois aspectos: beleza e higiene. 
Light Sheer é o nome do laser utilizado na depilação com os resultados mais satisfatórios 
até hoje. Sendo aprovado pela ANVISA no Brasil, o equipamento foi projetado na intenção de 
remover os pelos indesejados de forma permanente e sendo muito segura. O Light Sheer pode 
ser aplicado em qualquer parte do corpo, podendo ser indicado para todos os tipos de pele 
(DRUMMOND, 2007). 
O processo da depilação a laser Light Sheer, vai se iniciar com um gel especial, logo 
depois vai começar o disparo dos feixes de luz, que vão atuar na melanina presente no pelo, 
enquanto a pele vai recebendo menos energia, com isso, a área que fica em torno do tecido não 
será afetada. A captação da energia através do pelo é transmitida através do folículo piloso que 
vai aquecer a área obtida e destruir o pelo, atingindo assim as células da raiz, e impedindo que 
o pelo volte a crescer. 
Durante o procedimento, o paciente pode sentir um pequeno incômodo, no entanto isso 
vai depender da sensibilidade da área do corpo e do paciente (BORGES, 2006). 
O resultado da depilação a laser Light Sheer costuma ser notado após seis sessões, com 
intervalos de 30 a 44 dias entre uma e outra. É importante salientar que o tratamento atua apenas 
nos pelos que já existem, não vai atuar nos pelos que passarão a existir. Diante disso, os pelos 
novos passam a crescer cada vez mais fracos (MACEDO, 2001). 
 
Durante o estágio na Clínica Vitalis Embelleze, a estagiária foi responsável por 
encaminhar os pacientes para a sala de atendimento e acompanhar a anamnese conforme 
descrito anteriormente. Após a anamnese e, em sendo indicada a aplicação da técnica de 
depilação a laser, e definidas as áreas de aplicação da técnica, era a hora de informar ao paciente 
o melhor momento para se iniciar o procedimento e indicar que o paciente se hidrate, evite 
exposição solar nos dias que antecedem a sessão e raspem os pelos da área a ser depilada com 
certa antecedência da sessão. 
É indicado ao paciente raspar os pelos com certa antecedência. O tempo varia conforme 
 
 
18 
 
a área a ser depilada (barba, pernas, axilas, etc). 
No momento da aplicação da técnica, a estagiária era responsável por higienizar a pele 
dos pacientes com álcool 70% para remover qualquer vestígio de oleosidade e/ou creme 
hidratante, auxiliar no manuseio do equipamento, limpar a pele após a aplicação da técnica e 
aplicar loção calmante na região depilada. 
Obs: É importantíssimo o uso de óculos de proteção durante as sessões. E é muito 
importante ressaltar ao paciente estar fazendo entre 10 a 12 sessões para ocorrer toda retirada 
do pelo, se não fizer esse número de sessões só irá diminuir a quantidade de pelos. 
Nas figuras 11 e 12 abaixo estão as fotos do equipamento de depilação a laser utilizado 
na clínica e de um comparativo “antes e depois” da aplicação da técnica: 
 
Figura 11- Aparelho de Depilação a Laser 
 
Figura 12- Antes e Depois (Depilação a Laser) 
 
 
19 
 
 
 
4.4 Radiofrequência 
 
Segue abaixo uma breve revisão bibliográfica sobre a técnica de Radiofrequência e, em 
seguida, uma descrição das atividades desenvolvidas durante o estágio: 
 
A radiofrequência é um equipamento que foi criado nos Estados Unidos para tratamento 
da flacidez cutânea, apresentando reestruturação e formação de colágeno. Além disso a RF é 
um tratamento com várias modalidades sendo utilizado no tratamento de queimaduras, 
hematomas, inchaços, descamações, equimoses, sinais de envelhecimento, flacidez tissular 
facial e corporal, gordura localizada e rugas (BORGES, 2010). 
O mecanismo fisiológico da radiofrequência é o aquecimento seletivo da derme por 
meio de uma resistência natural dos tecidos à passagem de uma corrente, provocando assim 
rotação alternativa muito rápida das moléculas de água (TAGLIOLATTO,2015). 
Segundo os fisioterapeutas, o uso da técnica leva à diminuição da flacidez, 
melhoramento do tônus da pele e redução das rugas estáticas, proporcionando uma pele mais 
renovada e hidratada (MACEDO; TENÓRIO, 2015). 
Quanto às contraindicações, todos os profissionais concordam que a gravidez é de 
grande risco sendo uma contraindicação absoluta para o uso da radiofrequência. Acrescentam 
também que pacientes com tratamentos de câncer e portadores de marca-passo devem evitar 
tal procedimento (AGNE, 2013). 
 
Durante o estágio na Clínica Vitalis Embelleze, a estagiária foi responsável por 
encaminhar os pacientes para a sala de atendimento e acompanhar a anamnese conforme 
descrito anteriormente. Após a anamnese e, em sendo indicada a aplicação da técnica de 
Radiofrequência, a estagiária era responsável por encaminhar os pacientes para a sala de 
aplicação, higienizar a pele do paciente na qual a técnica seria aplicada, aplicar óleo ou gel 
condutor sobre a pele limpa e manusear o equipamento em movimentos circulares. 
A técnica assemelha-se a um ultrassom. 
Após a sessão, a estagiária deveria retirar o excesso de óleo ou gel da pele do paciente, 
higienizá-la novamente e aplicar uma camada de loção ou creme calmante. Sugere-se que sejam 
à base de Aloe vera. A estagiária era responsável também por instruir os pacientes a beber 
 
 
20 
 
bastante água e, se necessário, aplicar compressas frias na região. 
 
Nas figuras 13 e 14 abaixo estão as fotos do equipamento de radiofrequência utilizado 
na clínica e de um comparativo “antes e depois” da aplicação da técnica: 
 
 
Figura 13- Aparelho de Radiofrequência 
 
Figura 14- Antes e Depois (RF) 
 
 
21 
 
 
 
 
 
4.5 Limpeza de Pele 
 
Segue abaixo uma breve revisão bibliográfica sobre a técnica de Limpeza de Pele e, em 
seguida, uma descrição das atividades desenvolvidas durante o estágio: 
 
O ser humano está cada vez mais preocupado em manter uma boa aparência física 
agradável aos seus olhos da sociedade (OLIVEIRA,2008). 
Visando essa busca, surgem cada vez mais tecnologias para satisfazer o ego da 
população. Dentre diversos outros protocolos que podem ser realizados, um delas é a limpeza 
facial, que visa melhorar o aspecto da pele por meio da eliminação de células mortas, 
proporcionando uma renovação celular e equilibrando assim, a oleosidade, retirando os cravos 
e miliuns, revitalizando e clareando a pele (KEDE; SABATOVICH, 2003). 
O protocolo da limpeza facial, é composto pelos seguintes componentes: assepsia, 
esfoliação, tonificação, emoliência, cauterização com alta frequência, aplicação de máscara e 
por último, a aplicação de fator de proteção que é o filtro solar (MACEDO, 2001). 
A limpeza de pele é contraindicada em pacientes que apresentam acne inflamatória de 
forma evitar uma disseminação da infecção, provocar dor ou cicatrizes. Nesse caso, o mais 
indicado é recomendar que o paciente vá a um dermatologista, para tratar primeiramente a acne 
(TAUB, 2007). 
Ela também é contraindicada para pacientes que apresentam quadro de rosácea, pele 
sensível ou que costumam desenvolver algum tipo de alergia e irritações cutâneas com 
facilidade (KEDE; SABATOVICH, 2003). 
Durante a gestação também não é recomendado fazer a limpeza de pele ou qualquer 
outro procedimento que cause irritação e estresse. No período da gravidez, a mulher está em 
uma fase hormonal altíssima e a incidência de manchas também é alta (KEDE; SABATOVICH, 
2003). 
 
Durante o estágio na Clínica Vitalis Embelleze, a estagiária foi responsávelpor 
encaminhar os pacientes para a sala de atendimento e acompanhar a anamnese conforme 
descrito anteriormente. Após a anamnese e, em sendo indicada a aplicação da técnica de 
Limpeza de Pele, a estagiária era responsável por encaminhar os pacientes para a sala de 
 
 
22 
 
aplicação, acomodá-los sobre a maca e proceder a uma higienização completa da pele. Em 
seguida, era feita uma esfoliação em movimentos circulares, a aplicação de loção tonificante e 
emoliente para suavizar a pele. Logo após utiliza-se da alta frequência para cauterizar e acalmar 
a pele, máscara hidratante e, por fim, aplica-se filtro solar. 
Na figura 15, abaixo, está uma foto de um comparativo “antes e depois” da aplicação da 
técnica de limpeza de pele: 
 
 
Figura 15- Antes e Depois (Limpeza de Pele) 
 
 
 
 
 
 
 
23 
 
5 CONCLUSÃO 
 
Conforme demonstrado neste relatório, a teoria aliada à prática faz toda a diferença na 
formação de um bom profissional. O biomédico é um profissional de grande importância na 
atualidade e deve ter consciência do seu papel na medida em que contribui para o bem-estar da 
população, para a elevação da autoestima e da qualidade de vida de seus pacientes. 
O biomédico deve estar sempre em desenvolvimento, procurando se capacitar e se 
atualizar permanentemente como forma de se adaptar às inovações no mercado da estética 
proporcionando aos seus pacientes o que há de melhor no mercado. 
O profissional da estética deve, acima de tudo, seguir os protocolos, normas e leis à 
risca, visando sempre o bem-estar do seu paciente e o seu desenvolvimento profissional. 
Cumpre dizer que a realização do estágio foi de grande importância para a aplicação 
prática dos conhecimentos adquiridos na graduação, o contato com pacientes e suas mais 
variadas demandas e o conhecimento de técnicas e aparelhos que acompanharão a estagiária 
em sua trajetória profissional. 
 
 
Varginha, ...........de..................................................de................... 
 
 
 
_____________________________________________________ 
Aluna “Giovana Moreira Almeida” – matrícula nº 202431171 
 
 
 
_____________________________________________________ 
Profissional “Flávia Lúcia Barbosa de Brito” – Supervisora do Estágio Obrigatório 
 
 
 
_____________________________________________________ 
Professor Orientador do Estágio – Curso de Biomedicina 
 
 
 
_____________________________________________________ 
Coordenador(a) – Curso de Biomedicina 
 
 
 
24 
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
 
ALBANO, R. P. S.; PEREIRA, L. P.; ASSIS, I. B. Microagulhamento–A terapia que induz a 
 produção de colágeno–revisão de literatura. Saúde em Foco, São Lourenço, v. 10, p. 455- 
 473, 2018. 
 
BORGES, COELHO, P. C. A. Depilação com Luz Intensa Pulsada. Up to Date, São Paulo, 
v.11, n.59, p.58-61, 2006. 
 
BARBOSA, Daniela Borges Marquez; BRITO, Aline de Souza. A utilização da toxina 
 botulínica tipo a para alcançar a estética facial. Revista Terra & Cultura: Cadernos de 
 Ensino e Pesquisa, Goiânia, v. 36, n. 70, p. 75-86, 2020. 
 
BRITO, A. S.; BARBOSA, D. B. M. A utilização da toxina botulínica tipo A para alcançar a 
estética facial. Revista Terra & Cultura: Cadernos de ensino e pesquisa, Londrina, v. 36, ed. 
70, p. 75-83, 2020. 
 
CARVALHO, G. F.; SILVA, R. M. V.; Evaluation of the radiofrequency effects on 
 connective tissue. Especial Dermatologia, v. 68, pag. 10-25, 2011. 
 
DODDABALLAPUR , S. Microneedling with Dermaroller. Journal of Cutaneous and Aesthetic 
Surgery, India, v. 2, n. 2, p. 110-111, jul.- dez. 2009. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2016. 
 
DRUMMOND, A . M . C; MONTEIRO, E. C; GOUVÊA, P . M . V. Confiabilidade 
neurológica de equipamentos de eletro médicos a laser e a luz intensa pulsada. 2007 
 
FABBROCINI, G. et al. Tratamento de rugas periorbitais por terapia de indução de colágeno. 
Surgical & Cosmetic Dermatology, Naples, v. 1, n. 3, p. 106-111, maio 2009. 
 
Hexsel D M, de Almeida A T, Rutowitsch M et al. Multicenter, double-blind study of the 
efficacy of injections with botulinum toxin type A reconstituted up to six consecutives weeks 
before application. Dermatol Surg 2011; 29: 523 
 
KEDE, M.P.V.; SABATOVICH, O. Dermatologia estética. São Paulo: Atheneu, 2003. 
 
 
25 
 
 
LACORDIA, M.H.F.A; JANUÁRIO, F.S.M.; PEREIRA, J.C.C. Estrabismo após 
toxina botulínica para fins estéticos. Rev Bras Oftalmol. V 70, n3; 2011. 
 
MACEDO, O. R.. Segredos da boa pele: preservação e correção. 2. ed. São Paulo: SENAC 
São Paulo, 2001. 
 
MACEDO, M. C. A.; TENÓRIO, C. A. Tratamento de rugas: uma revisão bibliográfica sobre 
carboxiterapia, radiofrequência e microcorrente. Revista Visão Universitária, v.2, n.1, p.59-
78, jun. 2015. 
 
MAIO, Maurício. Tratato de Medicina Estética. 2.ed, v.2, São Paulo: Roca, 2011. 
 
OLIVEIRA, A. L.; PEREZ, E. Estética Facial:Curso Didático de estética. Vol. 2. São Caetano 
do Sul, SP: Yendis, 2008. 
 
RIBEIRO, I. et al. O uso da toxina botulínica tipo A nas rugas dinâmicas do terço superior da 
face. Revista da Universidade Ibirapuera, São Paulo, v.7, p. 31-37, jan-jun 2014. 
 
SILVA, A. R., de Oliveira Santos, A. C., Gonçalvez, V. M., & da Cruz, E. F. (2014). 
 
SCHUBERT, Claudio. A construção do conceito estético Ocidental e sua implicação na 
formação valorativa e no processo educacional. In: Intercom – Sociedade Brasileira de 
Estudos Interdisciplinares da Comunicação - X Congresso de Ciências da Comunicação na 
Região Sul – Blumenau – 28 a 30 de maio de 2009. 
 
TAUB AF. Procedural treatments for acne vulgaris. Dermatol Surg. Malden, v.3, p.1005-26, 
2007. 
 
TAGLIOLATTO, Sandra. Radiofrequência: método não invasivo para tratamento da flacidez 
cutânea e contorno corporal. Surgical and Cosmetic Dermatology, v. 7, n. 4, p. 332-338, jun. 
2015.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes