A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
PROVA AVALIAÇÃO RESPONDIDA COM RESPOSTA MACROSISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA ENGENHARIA CIVIL UFAM - SANEAMENTO AMBIENTAL, SANEAMENTO BÁSICO, ESTUDO DE CONCEPÇÃO, SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE AGUA, CO

Pré-visualização | Página 2 de 2

5) A) alcance de plano, 20 a 30 anos.
B) método aritmético.
C) captação, estação de tratamento de água, reservatório, rede de
distribuição/rede.
D) diária, horária.
E) produzido, faturado.
6) A) Manaus é uma cidade muito quente e úmida durante o dia inteiro, sem
grandes quedas de temperatura entre o dia e a noite, portanto, a necessidade
de banhos é consideravelmente maior que em outros locais, o que pode
explicar o consumo maior que o comum. Além disso, o consumo exagerado
ou incorreto, ao deixar torneiras e chuveiros abertos por longos períodos ao
invés de fechá-los quando não está sendo necessário também é válido para
analisar essa questão. Outro aspecto relevante é lembrar que existem muitas
indústrias na cidade devido ao Polo Industrial de Manaus, que dependendo
do tipo de material produzido podem utilizar grandes quantidades de água em
seus processos, além do volume utilizado para uso comum de trabalhadores,
cozinha, banheiros e etc. Fora esses, as fraudes, ligações irregulares, perdas
ao longo do sistema são fatores que também contribuem para o aumento do
consumo total.
B) O consumo per capita efetivo da cidade seria feito dividindo o volume
consumido medido pelos hidrômetros pela multiplicação do número médio de
economias (residências), do número de dias de medição e do número de
habitantes por ligação.
Para considerar as perdas de água no consumo per capita efetivo, divide-se o
resultado do cálculo anterior por 1-i, sendo “i” o índice de perdas em número
decimal. Esse índice de perdas pode ser obtido dividindo-se a diferença entre
volume produzido e volume faturado pelo volume produzido.
Quando não há hidrômetros para a medição adotam-se valores de consumo
médio per capita de água e os coeficientes de vazão encontrados em
medições de lugares ou sistemas semelhantes.
CÁLCULO PRO 
RESULTADO 
DA CÉLULA AO 
LADO
HABITANTES 5000
POPULAÇÃO FUTURA 7000
1)
b) 
K1 (coeficiente de variação diária) = maior consumo diário do ano / consumo médio diário no ano 
DIA DE MAIOR CONSUMO: 15
VOLUME DO DIA DE MAIOR CONSUMO: 920
CONSUMO MÉDIO DIÁRIO NO ANO: 699,425 (25190+24000+22000+21000+19200+18000+17500+17500+20800+21900+23600+24600)/365
K1 = 1,315 (699,425/920)
K2 (coeficiente de variação horária) = maior vazão horária no dia / vazão média horária do dia
PERÍODO DE MAIOR VAZÃO HORÁRIA NO DIA: 8-10H
VOLUME: 121
VAZÃO MÉDIA HORÁRIA DO DIA: 75,417 (46+38+46+97+121+70+78+83+72+85+95+74)/12
K2= 1,604 (75,417/121)
a) CONSUMO PER CAPITA
139,885 L/HAB*DIA 699,425*1000/5000
2) 
Q1= 23,032 L/s ((1,315*7000*139,885)/(16*60*60))*1,03
Q2= 22,361 L/s ((1,315*7000*139,885)/(16*60*60))
Q3= 23,918 L/s (1,315*1,604*7000*139,885)/86400

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.