Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Curso TCC

Pré-visualização | Página 2 de 2

e erros cognitivos;
· Busca de respostas adaptativas frente às diferenças;
· Report: técnica para ter uma relação de simpatia com outro pessoa;
PAPEL DO TERAPEUTA
· Os pensamentos eles vêm a partir das crenças que foram desenvolvidas ao longo da vida, mas os pensamentos são mais visíveis;
· O psicoterapeuta tem a função da identificação desses terapeutas e colaborar junto ao seu pacientes;
· Entender os pensamentos automáticos e como foram adquiridos é muito importante para o processo terapêutico;
· Identificar os componentes que interagem e resultam em comportamentos, tem como finalidade serem debatidos com o paciente;
· Avaliar, junto com o paciente, todos os comportamentos que interagem e resultam em comportamentos;
· Os problemas do passado precisam ser analisados, para entender qual a relação que tem com os problemas atuais.
A primeira sessão
· Coletar informações gerais: 
1. O que trouxe a psicoterapia;
2. Nome completo, idade, dn, endereço, estado civil;
3. Se tem filhos (quantos);
4. Com quem mora;
5. Grau de escolaridade;
6. Profissão;
7. Informações sobre;
8. Figura parentais;
9. Informações sobre;
10. Possíveis irmãos (breve árvore genealógica);
11. Religião;
12. Questões gerais de saúde;
13. Histórico psiquiátrico/psicológico
· As informações devem ser bem detalhadas para formar conceituação cognitiva correta;
· Muitas vezes a pessoa atua em uma área diferente da sua formação acadêmica;
· Se o paciente tiver irmãos, é importante situar se é o mais velho, o mais novo, entre outros;
· Precisamos entender a qual grupo de crença a pessoa está envolvida;
· É importante questionar quanto a doenças ou tratamentos contínuos, para nos dizer;
· Saber se fez tratamento psiquiátrico, quando, porque, como foi, e nome e telefone do médico psiquiatra (se houver), as medicações psiquiátricas e o histórico mental da família;
· Entender o motivo que levou o paciente a buscar o tratamento psicológico:
1. Queixa manifesta: aquilo que o paciente fala, traz de forma clara e objetivamente;
2. Queixa latente:aquilo que o paciente não está falando, mas precisa ter o feeling para compreender.
Sessões subsequentes
· Corresponde a aproximadamente 2 à 4 sessões;
· Na primeira sessão, o terapeuta deverá pegar as primeiras informações e também as queixas latentes e manifestas;
· A partir da segunda sessão, é utilizado a anamnese;
· A anamnese é a coleta minuciosa de dados;
· Adquire uma aliança de confiança → aliança terapêutica.
Processo psicoterapêutico 
· A avaliação é contínua;
· O psicoterapeuta deve estar atento para levantar hipóteses diagnósticas, sobre tudo que está sendo dito (problemas do passado, atuais e que vão surgindo);
· O processo psicoterápico é composto por compreensão e avaliações constantes;
· A TCC não é realizada APENAS em pessoas com problemas emocionais;
CONCEITUAÇÃO COGNITIVA
· É realizada pelo psicoterapeuta, após a identificação da queixa manifesta, a queixa latente, coleta de histórico de vida;
· Na maioria das vezes, a terapia pode seguir uma sequência de ações pré-definidas;
Dados relevantes de infância → 
Crença central → 
Suposições condicionais (regras) → 
Estratégias compensatórias → 
 Situação 01
 ↙ ↓ ↘
 
PA, Significado do PA, emoção
· Uma situação problema acaba levando à outras situações problemas;
· PA= Pensamentos automáticos.
Página12