Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
DEFINIÇÃO DE FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO RESUMO

Pré-visualização | Página 1 de 1

2. DEFINIÇÃO DE FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO RESUMO
A partir do ponto de vista teórico, a administração pode ser definida como o processo de tomada de decisão em relação aos recursos disponíveis, tendo como objetivo gerenciar para atingir metas que são previamente estipuladas. Basicamente, o ato de administrar consiste em fiscalizar todas as atividades realizadas em um determinado espaço. Na teoria parece “relativamente simples”, mas acredite, tornar-se um empresário de sucesso e bom administrador é muito difícil, exigindo estudos, prática e perseverança.
Definitivamente, administrar não é uma tarefa simples, pois é composta por várias etapas que se complementam. Por exemplo, a administração bem sucedida de um estabelecimento comercial depende da fiscalização do processo de vendas, pedidos dos fornecedores, abastecimento do estoque, relacionamento com os clientes, entre outras coisas que são essenciais para mantê-lo funcionando. Por isso, será necessário estudar e administrar todas as áreas da sua empresa, ainda mais se é de pequeno/médio porte, na qual você não terá funcionários especializados para gerir cada setor, sendo obrigado a administrar/gerir você mesmo. Perceba, o administrador passa a ser uma pessoa que tem que saber como fazer em todos os setores do seu negócio, isso é realmente difícil.
Tipos de administração
A administração é um processo complexo, que se aplica de acordo com as necessidades de cada setor do mercado e as peculiaridades da empresa. Foi pensando nisso que a administração foi dividida em categorias, tendo como objetivo atender as necessidades específicas de cada área. Veja, esta “subdivisão” é tão importante que empresas de médio/grande porte possuem “sub administradores” para cada área, além de um administrador geral.
Administração é a realização dos objetivos organizacionais de uma forma eficaz e eficiente, através do planejamento, organização, liderança e controle. o Função de conseguir fazer as coisas por meio de pessoas e com os melhores resultados, ser eficaz é atingir os objetivos propostos; fazer o que foi combinado, do jeito combinado, conseguindo o que a eficácia caracteriza como alcance dos objetivos da forma planejada lucro no ano, percentual de clientes satisfeitos.
Papel do administrador: 
o Interpretar os objetivos propostos pela organização e transformá-los em 
ação organizacional por meio do planejamento, organização, direção e 
controle dos esforços 
o Administração esta relacionada com o alcance de objetivos por meio dos 
esforços de outras pessoas
Papel do administrador: o Interpretar os objetivos propostos pela organização e transformá-los em ação organizacional por meio do planejamento, organização, direção e controle dos esforços o Administração está relacionada com o alcance de objetivos por meio dos esforços de outras pessoas.( https://www.passeidireto.com).
3. GERENCIAMENTO DE PESSOAS
O que é gestão de pessoas de acordo com Chiavenato?
Segundo Chiavenato (1999), as definições para a Gestão de pessoas são: Conjunto de políticas e práticas necessárias para conduzir os aspectos da posição gerencial relacionados com as pessoas ou recursos humanos, incluindo recrutamento, seleção, treinamento, recompensas e avaliação de desempenho. E é uma das áreas que mais tem sofrido mudanças e transformações nestes últimos anos. A visão que se tem hoje da área é totalmente diferente de sua tradicional configuração, quando recebia o nome de Administração de Recursos Humanos (ARH).
4. CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO
A criatividade antecede à inovação. A criatividade é o momento em que reunimos as referências, idealizamos um produto e até o desenhamos. Porém, se ele não é colocado em prática, é apenas um produto criativo, na verdade podemos dizer que é um elemento importantíssimo e indispensável, para ser ampliada e cultivada no ambiente de trabalho, para alavancar os cenários atuais das grandes organizações que enalteçam o grande ritmo e com celeridade nas diversas mudanças com maior teor de complexidade de atividades correlatas a tarefas de competição. 
A inovação deve nascer como uma ideia dentro de cada empresa e ser trabalhada como um objetivo que trará o verdadeiro sucesso para empresa – enquanto oferece valor real e perceptível para consumidores e a sociedade. Para inovar, basta que gestores e empresas se capacitem nessa missão. Primeiro, com o reconhecimento da inovação como uma necessidade real. Em seguida, com um planejamento de ações que deve ser transformado em resultados palpáveis e de valor para seu público. Aliando tudo isso à forma de pensar criativamente, será possível empreender de forma mais produtiva e inovadora.
A criatividade existe como uma habilidade que libera um potencial que nossa mente tem. De forma criativa, nosso cérebro consegue conceber ideias e formar pensamentos que costumam fugir de padrões. A criatividade existe dentro da nossa mente e pode ser canalizada para a ação. Já a inovação acontece quando a ideia é colocada em prática, os termos criatividade e inovação nas empresas se confundem. ... Não há inovação sem criatividade. Enquanto a criatividade é a capacidade de produzir ideias novas e únicas, a inovação é a implementação delas. 
Isso significa que a criatividade é a principal força por trás da inovação em processos empresariais, já a inovação está mais ligada à ação. Inovação é criar ou propor mudanças em sistemas considerados estáveis. Inovar significa oferecer uma nova ação, função, habilidade ou melhoria a um sistema que já conhecemos, realizando melhorias significativas nele. (escoladesignthinking.echos.cc)