A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
RELATÓRIO DE ESTÁGIO GESTÃO ESCOLAR

Pré-visualização | Página 1 de 3

CENTRO UNIVERSITÁRIO 
INTERNACIONAL UNINTER
RAFAELA GUIMARÃES, 1376741, 2016/03
RELATÓRIO DE ESTÁGIO
GESTÃO ESCOLAR
CURITIBA
2021
Sumário
Introdução	03
A Escola Estagiada.................................................................................................................................05
Desenvolvimento..................................................................................................................................06
Conclusão.............................................................................................................................................10
Plano de Ação.......................................................................................................................................11
Introdução
O objetivo deste estudo é apresentar as principais reflexões realizadas no estágio supervisionado em Gestão Escolar, a qual se centrou nas concepções e desafios do coordenador pedagógico sobre o trabalho coletivo.
O texto é oriundo do estágio supervisionado em Gestão Escolar realizado na Escola de Educação Municipal Viver e Conhecer localizado na cidade de Capinzal – SC. 
A partir dos dados obtidos em trabalho de campo foi possível verificar que os professores e coordenador pedagógico consideram importante o trabalho coletivo e que ele se materializada pela formação continuada. Não obstante, apontam alguns obstáculos para conseguir efetivar o trabalho coletivo.
Esse estágio o contato com a instituição escolar e a atuação do gestor escolar, contribuindo na formação dos profissionais da educação, a partir da articulação entre a teoria e a prática na área de gestão de processos educativos, constituindo-se em valioso espaço de reflexão.
Durante o período de estágio supervisionado, foram realizadas visitas ao local do estágio no intuito de observar, fazer os registros, entrevistar os sujeitos da escola, com vistas a contribuir para o suprimento de uma possível demanda da escola, bem como familiarizar-me com as tarefas da área de Gestão Escolar.
De uma forma geral, portanto, este estágio visa compreender a correlação teoria-pratica, mediante o desenvolvimento de atividades que vinculem o projeto pedagógico da escola à realidade completa da comunidade escolar. Este estágio se constitui por um conjunto de atividades de formação e pesquisa.
Trata-se de um trabalho obrigatório de campo, a partir do qual atividades são implementadas de maneira orientada, na perspectiva de convergir teoria e prática, numa espécie de síntese no processo formativo.
Durante o estágio orientado, cujo o objetivo é contribuir para o aperfeiçoamento acadêmico no curso de pedagogia, ficou evidente para esta aluna o quanto é importante o contato direto com situações diárias da rotina escolar.
A metodologia utilizada do estágio e no relatório foi a vista pessoal na instituição, entrevista com a equipe diretiva (direção e coordenação), e analise na documentação escolar.
1. A Escola Estagiada
Atualmente a Escola Municipal Viver e Conhecer atende 880 alunos e conta com uma equipe de aproximadamente 80 funcionários habilitados para buscar e oferecer um trabalho de qualidade aos alunos. A escola encontra-se no município de Capinzal, foi fundada em 1996 para suprir as necessidades de uma boa educação. 
Ela atende desde o pré-escolar até o 9º ano. Conta com vários projetos durante o ano letivo, dentre eles estão, Grêmio Estudantil Monteiro Lobato, Passeio Ciclístico, Feira Cientifica Interdisciplinar e Mostra de Trabalho, Festival da Canção, Grupo Teatral Camaleão, Leitor Nota 10, Feira Literária, Grupo Ambiental, Gincana Reciclar, Campanha do agasalho, etc. 
A instituição não tem sistema de ventilação com central de ar apenas 2 ventiladores nas salas de aula. Os ares – condicionados somente nas salas da direção, secretaria e professores. Porém já está determinado a instalação dos ares para que os alunos tenham um melhor desempenho. A estrutura escolar é de bom grado, tendo em vista os anos de atuação da instituição. Possui três pisos, com rampa de acesso, e também escadas.
A limpeza dica por conta do zelador da escola e das faxineiras, que fazer um bom trabalho. A alimentação é balanceada e conta com o auxílio de uma nutricionista. O pátio onde os alunos passam o tempo do recreio, conta com aparelhos para transmitir recados aos alunos no início da aula e também para mantem os alunos atualizados.
Desenvolvimento
O presente relatório visa descrever as observações realizadas no período de estágio em Gestão Escolar, que teve como objetivo conhecer o espaço educacional, observar a metodologia utilizada pelos coordenadores e diretora, contrapondo o estudo teórico, adquirido durante o estudo da disciplina. 
A observação foi realizada na Escola Municipal Viver e Conhecer localizada na Rua Grácia Gramazio Pereira de Lima número 15, no município de Capinzal – SC, tendo início no dia 14 ao dia 22 de junho de 2021 no período matutino.
A observação foi supervisionada pela Diretora Viviane Sintnieski, com formação em Letras – Português e Inglês e respectivas Literaturas. Ela está a mais de 20 anos na área da educação, sendo 15 como professora, 5 anos na equipe gestora e 1 ano como diretora. Viviane tem o cuidado de fazer algumas observações em um caderno pessoal.
São 3 coordenadoras, Sharli atua do Infantil ao 1º ano, Jocineia do 2º ano ao 5º ano e Tania do 6ºano ao 9º ano. Foi priorizado que os alunos do 2º ao 9º ano tivessem aulas presenciais, mas existem turmas que as aulas estão sendo realizadas 100% remota. Os pais vão até a escola para pegar avaliações e trabalhos e o aluno os realiza em casa. Os alunos que expressão dificuldades no aprendizado é chamado até a escola para uma reunião com a coordenadora responsável.
A coordenadora Jocineia do Ensino Fundamental I, tem o hábito de olhar provas e avaliações que serão aplicadas em sala e ver se precisa fazer alguma correção. A escola é cobrada pelos pais para que os seus filhos aprendam o máximo possível. Nesse caso a professora elabora a atividade/avaliação, envia para coordenadora, ela corrige e devolve.
Durante a pandemia de COVID – 19, foi desenvolvido o Plano de Contingencia para COVID – 19, que consiste em normas tanto para os profissionais da educação como para os alunos. Há todo um cuidado em relação a isso, foram feitas demarcações no piso onde os alunos podem ficar na fila, todos os espaços possuem álcool em gel, todos devem usar máscara, nenhum material pessoal pode compartilhado, etc.
A instituição dispõe de um espaço externo bem amplo, para as crianças brincarem durante o recreio, ou para recreação, possui uma quadra de esportes, que em outros horários é alugado para jogos da comunidade, o valor do aluguel é revertido para benfeitorias na escola. A escola de forma geral busca estar sempre presente na vida dos alunos assim como na comunidade em geral. As crianças da pré-escola têm um playground, que por conta da Covid – 19 não esta sendo usado, mas que em outros momentos teve um bom uso. Os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio tem um laboratório de informática para uso nas aulas ou para algum trabalho. A sala dos professores conta com computadores, mural de recados, as mesas possuem demarcações de distanciamento social assim como todos os espaços de área comum. 
Durante o estágio observei que há independência entre os professores, só é elevado algum tipo de problema para os coordenadores quando não são resolvidos na sala de aula, a mesma situação acontece quando o coordenador não consegue resolver, aí sim é repassado para a diretoria, mas é sempre resolvido. 
A escola conta com o apoio do Conselho Tutelar, quando um aluno possui uma quantidade de faltas não justificadas, situação precária, desinteresse ou alguma atitude que a escola julgue como suspeita, nesses casos é feito a intervenção e assim dado total apoio.
A diretora Viviane, assim como as coordenadoras de turma, me esclareceu um fato que já havia notado, o dialogo vem sempre em primeiro lugar. As relações interpessoais