A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Anatomia Geral - Sistema Circulatório

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema Circulatório 
Informações gerais 
• Leva material nutritivo e oxigênio às células. 
• Circulação dupla (antes de ir pro corpo passa duas 
vezes pelo coração) e completa (sangue venoso e 
arterial não se misturam) 
• Sistema fechado (sem comunicação com o exterior), 
constituído por tubos (vasos) onde circulam os 
humores (sangue e lifa), controlados pelo órgão 
central, o coração. 
• A permeabilidade seletiva permite que o material 
nutritivo e o oxigênio passe dos capilares para os 
tecidos e que os resíduos metabólicos (como o CO2) 
passem dos tecidos para os capilares. 
SANGUE: plasma + leucócitos + eritrócitos 
LINFA: plasma + leucócitos 
 
DIVISÃO 
SISTEMA CARDIOVASCULAR: vasos condutores de sangue 
(artérias, veias e capilares) + coração 
SISTEMA LINFÁTICO: vasos condutores de linfa (capilares, 
vasos e troncos linfáticos) + órgãos linfoides (linfonodos 
e tonsilas) 
ÓRGÃOS HEMATOPOIÉTICOS: medula óssea + órgãos 
linfoides (baço e timo) 
- Nos órgãos hematopoiéticos são produzidos os 
componentes do sangue e da linfa 
 
CORAÇÃO: 
• Órgão muscular que funciona como uma bomba 
contrátil-propulsora, formado por tecido muscular 
estriado cardíaco (miocárdio). 
Camadas do coração: 
- Epicárdio: membrana externa de tecido conjuntivo, 
contém fibras elásticas (serosa) 
- Miocárdio: camada média 
- Endocárdio: endotélio que reveste internamente o 
coração, onde os vasos chegam e saem 
• Sua cavidade é dividida em quatro câmaras (dois 
átrios e dois ventrículos), entre estes existem as 
valvas, dispositivos que orientam o fluxo sanguíneo. 
Faces do coração: 
- Esternocostal: atrás do esterno 
- Pulmonar: entre os sacos pleurais 
- Diafragmática: acima do diafragma 
• A maior porção do coração está na esquerda do 
plano medial (base medial, ápice lateral). 
 
 
 
• O septo átrio-ventricular possui dois orifícios, os 
óstios. Esses dispositivos permitem a passagem do 
sangue do átrio para o ventrículo e são chamados 
de valvas. As valvas são recobertas por endocárdio, 
formadas por lâmina de tecido conjuntivo denso que, 
por ser descontínua, apresenta subdivisões 
incompletas, as cúspides/válvulas. A valva átrio-
ventricular direita tem três cúspides, sendo chamada 
de valva tricúspide, já a esquerda tem dois cúspides, 
sendo chamada de valva mitral. 
• Quando há sístole (contração) ventricular, ocorre 
diástole (relaxamento) do átrio, além disso, a tensão 
no ventrículo aumenta e a valva que impede o 
refluxo do sangue, pois as cordas tendíneas 
prendem as valvas nos músculos papilares, projeções 
do miocárdio nas paredes internas do ventrículo 
ÁPICE 
BASE 
Septo inter-ventricular 
Septo átrio-ventricular VALVA 
TRICÚSPIDE 
 
VALVA MITRAL 
 
Sistema Circulatório 
VASOS DA BASE: 
• Os vasos que levam (artérias) ou trazem (veias) 
sangue do/para o coração têm suas raízes situadas 
na base. 
No átrio direito: veia cava (superior e inferior) 
- sangue venoso 
No átrio esquerdo: veias pulmonares 
- sangue arterial 
Do ventrículo direito: artérias pulmonares 
- sangue venoso 
Do ventrículo esquerdo: artéria aorta 
- sangue arterial 
• As valvas do tronco pulmonar e aórtica, que 
impedem o retorno do sangue na diástole 
ventricular, são formadas por três válvulas 
semilunares 
 
PERICÁRDIO: 
• Saco fibro-seroso que envolve o coração, limitando 
sua expansão durante a diástole ventricular. 
Camadas do pericárdio: 
- Fibroso: camada externa 
- Seroso: camada interna 
 
Seroso 
 
 
- A lâmina parietal fica aderida ao pericárdio fibroso e a 
visceral ao miocárdio, a cavidade que existe entre estas, 
por causa da camada líquida, permite o deslizamento das 
lâminas quando há alteração no volume do coração. 
 
 
 
 
 
 
SISTEMA DE CONDUÇÃO 
• O controle da atividade cardíaca ocorre em função 
da invervação, pelo nervo vago (inibe) e o simpático 
(ativa). 
• O sistema parassimpático, ao liberar acetilcolina, 
diminui a frequência cardíaca, já o simpático aumenta 
a frequência, pois libera noradrenalina. 
• Nó sinoatrial (marcapasso) regula os batimentos 
cardíacos, emite um impulso nervoso que se 
dissemina pelos átrios, que se contraem ao mesmo 
tempo e chegam no nodo atrioventricular que 
propaga o impulso através dos ramos de feixe. 
 
TIPOS DE CIRCULAÇÃO 
Pulmonar/PEQUENA: ventrículo direito > artéria pulmonar 
> pulmão > veia pulmonar > átrio esquerdo 
- Nos pulmões ocorre a hematose, o sangue, antes rico 
em CO2, faz trocas gasosas e fica oxigenado 
SISTÊMICA/GRANDE: ventrículo esquerdo > artéria aorta 
> tecidos > veia cava > átrio direito 
COLATERAL: comunicação entre ramos de veias e artérias 
entre si, ocorre apenas quando há obstrução de um vaso 
importante, sendo um mecanismo de defesa 
PORTAL: uma veia se interpõe entre duas redes de 
capilares, o sangue não passa por um órgão 
intermediário; ocorre na circulação portal-hepática, por 
causa da veia porta. 
 
OBS: lado direito recebe sangue venoso, lado esquerdo 
recebe sangue arterial 
 
 
Lâmina parietal 
Cavidade pericárdica 
Lâmina visceral 
 
 
Sistema Circulatório 
 
ARTÉRIAS: 
• Tubos cilindroides, elásticos, vasos eferentes, levam 
sangue do coração para todo o corpo 
(centrifugamente). 
• Maior pressão, passa mais sangue, tem mais músculo 
liso que as veias 
• A maioria é profunda, filia aos ossos, fobia à pele 
-Artérias coronárias são bifurcações da artéria aorta, 
responsáveis pela irrigação do miocárdio. 
 
VEIAS: 
• Tubos aferentes, trazem sangue do corpo para o 
coração (centripetamente). 
• Menor pressão, passa menos sangue, pois têm 
válvulas no endotélio que impedem o refluxo; a 
contração muscular comprime as veias e impulsiona 
o sangue venoso a retornar para o coração. 
 
Capilares: 
• Menores vasos sanguíneos, atuam nos locais mais 
inóspitos, interpostos entre as veias e artérias, 
realizando troca de substâncias (nutrientes e gases) 
com os tecidos. 
- Artérias > arteríolas > capilares > vênulas > veias 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SISTEMA LINFÁTICO 
• Responsável pela absorção de ácidos graxos, pela 
retirada do excesso de líquidos dos tecidos e pela 
produção de células do sistema de defesa. 
• Auxilia o sistema venoso. 
• É constituído de capilares de fundo cego, onde 
ocorre a absorção do líquido tecidual. 
• Não possui órgão central. 
LINFONODOS: interpostos no trajeto do sistema linfático, 
são barreiras contra a penetração de substâncias 
estranhas ao organismo na corrente circulatória; 
produzem glóbulos brancos 
• A circulação da linfa é lenta durante a inatividade e 
acelerada durante o peristaltismo e aumento dos 
movimentos respiratórios 
Órgãos linfoides: 
- Baço 
- Timo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.